Facebook

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Flagrante do homem que matou ex-esposa é ratificado

Sérgio se entregou à PM após o crime
O operador de máquinas, Sérgio Luiz Campos, de 39 anos, que matou a tiros a ex-esposa na manhã desta segunda (11) dentro da Câmara Municipal de Santo Antônio do Retiro, teve a sua prisão em flagrante ratificada pelo delegado da Polícia Civil de Rio Pardo de Minas. Ele foi enquadrado na nova lei do feminicídio, sancionada em 2015 e que trata de crime praticado contra a mulher por razões da condição de sexo feminino. O feminicídio é a nova modalidade de homicídio qualificado, entrando, portanto, no rol dos crimes hediondos, com pena maior.

Sérgio Luiz já está na cadeia pública de Rio Pardo de Minas à disposição da justiça. Conforme a Polícia Militar de Santo Antônio do Retiro, depois que ele efetuou os quatro tiros contra a ex-esposa Marivânia Cardoso da Silva, de 35 anos, dentro da Câmara Municipal, onde ela era secretária, o autor se entregou espontaneamente no quartel, inclusive com o revólver calibre 38.

A reportagem do Jornal Folha Regional apurou que Sérgio não se conformava com a separação e vinha fazendo ameaças contra a ex-esposa, que inclusive chegou a lavrar um boletim de ocorrência no ano passado, quando conseguiu uma medida protetiva na justiça.

O corpo de Marivânia foi encaminhado para o IML de Montes Claros e não tem horário definido para ser liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário