Facebook

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Juíza concede “medidas protetivas” para mulher que foi espancada por ex-marido

Helenice resolveu denunciar as agressões e a Justiça acaba de tomar as primeiras providências
O Jornal Folha Regional acaba ser informado pela Comarca de São João do Paraíso de que a juíza Flavia Braga concedeu as “Medidas Protetivas” prevista na “Lei Maria da Penha” visando resguardar a integridade física da funcionária pública Helenice Sampaio, de São João do Paraíso, que foi espancada pelo ex-marido por não aceitar o fim do relacionamento.

Depois de várias ocorrências policiais, Helenice deu entrevista ao Jornal Folha Regional na manhã desta sexta denunciando as agressões e clamando por Justiça.

O caso foi encaminhado para a Comarca de São João do Paraíso pelo delegado da cidade, Dr. Everson Moura. A vítima já foi notificada pelo oficial de justiça na tarde desta sexta (11), já o autor das terríveis agressões ainda não foi encontrado para ser intimado. A informação é de que ele teria saído da cidade após as últimas agressões, ocorridas no dia 08 de agosto.

Assim que o oficial de justiça localizar o autor para intimá-lo, ele será obrigado a retirar seus pertences da residência e ficará proibido a manter distância mínima de 100 metros da vítima Helenice.


3 comentários:

  1. nossa região é desse jeito mesmo, a justiça só toma providencia depois que a imprensa cai matando

    ResponderExcluir
  2. E cadeia no vagabundo não? Ah, tá!

    ResponderExcluir