Facebook

domingo, 4 de junho de 2017

Justiça com as próprias mãos

Moradores da Barra de Alegria perseguem assaltantes, um deles caiu da moto e foi espancado 
Autor Ananias foi espancado por moradores da Barra

O distrito da Barra de Alegria, zona rural de Indaiabira, também foi alvo de arrastão cometido por violentos assaltantes na noite de sábado (03/06). Conforme os moradores, dois assaltantes armados chegaram em uma moto e roubaram um posto de combustíveis, dois bares e uma farmácia. Durante a ação, eles atiraram diversas vezes para o alto no intuito de intimidar as vítimas.

Além de dinheiro e celulares, os meliantes também roubaram uma moto Honda Broz, com isso, cada um evadiu com motocicletas diferentes sentido à São João do Paraíso.

No entanto, como os moradores da Barra de Alegria estão cansados do abandono por parte do poder público, especialmente em relação à segurança pública, um grupo de pessoas se uniu e resolveu perseguir os bandidos. Os cidadãos se dividiram em grupos e saíram à caça dos bandidos.

Depois de ferrenha perseguição, um dos moradores, que perseguia os bandidos de carro, conseguiu fechar um deles, derrubando-o da moto Broz que havia sido roubada. Logo em seguida, chegaram mais moradores e o bandido foi espancado. Quando a Polícia Militar chegou, o meliante estava rendido e sagrando. "Ele caiu da moto". O autor foi identificado por Ananias, morador da Fazenda Jacaré, no município de São João do Paraíso.

Incrivelmente, este foi o quarto assalto que os moradores da Barra de Alegria agiram em grupo e conseguiram recuperar motos tomadas em assaltos ocorridos no Distrito, que não possui Destacamento da Polícia, mesmo possuindo mais estabelecimentos comerciais do que a sede Indaiabira. Ou seja: Barra de Alegria é um retrato fiel do descaso político.

O arrastão de assaltantes em Barra de Alegria foi o terceiro em três dias nos povoados da região. O primeiro foi em Boa Sorte no dia 31 de maio, já o segundo foi em Mirandópolis, no dia 1º de junho.

Veja vídeo da captura do meliante no Facebook do Jornal Folha Regional.

11 comentários:

  1. Falta policiamento no distrito da Barra...O povo deveria pedir o prefeito junto com os deputados... Lá está violento... é claro que os policiais do municipio que moram na sede poderiam ir la com mais frequencia,principalmente final de feira... mas o certo mesmo é o policiamento morando lá.. outro atendendo Taipava,Pintado,Barra de Areia e Boa Vista...Qualquer hora vai ter algo pior:chacina,linchamento,sequestro..vítimas servindo de escudo humano... se bem que o linchamento vai ser a melhor solução...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns o povo de barra da alegria,já que não quem faz alguma coisa aí por vocês,é isso aí mesmo senta o pau nesses vagabundos.Quem sabe assim eles vai tomando medo e vai parando de roubar trabalhadores.Ainda bateu pouco e quem ficar com dó manda levar ele para casa e da comida e roupa lavada para ele,por que quem tem dó de um bandido desse é da mesma qualidade que ele.

    ResponderExcluir
  3. O bagulho na barra é louco, deu mole dançou fdp

    ResponderExcluir
  4. Só uma ressalva, Barra da Alegria não é zona rural de Indaiabira, é um distrito com uma quantidade de habitantes quase que equivalente à sede da cidade.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns aos moradores de barra de alegria que pegou esses bandidos,acho que esses não volta por lá mais.

    ResponderExcluir
  6. Tem que pagar o outro também pra não conta vitória agora ele vai acha que trabalha e melhor que rouba trabalha não fica parecendo etê de olho torto?

    ResponderExcluir
  7. Cadê os Direitos Humanos? Isso foi tortura

    ResponderExcluir
  8. Continuem assim,já que a "justiça" não resolve, a população vai dar seu jeito. Porque ninguém mais aguenta tanta violência por conta desses vagabundos. Pau e cacete na moleira deles toda hora.

    ResponderExcluir
  9. Vou mudar de Taio e ir morar na Barra la sim tem lei la tem delegado o povão

    ResponderExcluir
  10. Este prefeito poderia tomar vergonha na cara,lutar por um policiamento no distrito da barra.

    ResponderExcluir
  11. Toma vergonha sr prefeito vc ficou 8 anos não colocou polícia na barra.
    Agora de novo,acho que não vai colocar de novo.

    ResponderExcluir