Facebook

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Governo reajusta o preço do leite

Valor pago ao produtor pode chegar a R$ 1,24
Além do aumento do valor contratado, que vai passar de R$ 0,97 para R$ 1,13 o litro, Governo de Minas pretende garantir reajuste de mais 10%. O reajuste visa atender reivindicação dos pequenos produtores de leite que estão deixando de fornecer para o programa Leite pela Vida devido ao baixo preço pago. Por isso, o Comitê Gestor Nacional do programa autorizou, na quinta (11/08), o aumento do valor pago ao produtor.

Em Minas, o aporte já autorizado pelo governo pode ser de até 10%, conforme determina o convênio, com isso o preço poderá chegar a R$ 1,24. Já para os laticínios e cooperativas que fazem a captação e o beneficiamento do leite, o preço sairá de R$ 0,70 para R$ 0,84. Os novos preços começarão a valer a partir da publicação no Diário Oficial da União. 

O diretor do Idene, Ricardo Campos, acredita que, para atingir a meta de atender 130 mil pessoas por dia – número de beneficiários cadastrados em 193 municípios do Estado – é preciso fortalecer a base do programa. “Quando compra o leite do pequeno produtor (obrigatoriamente pronafiano) para distribuir a famílias em situação de vulnerabilidade social, o governo está também gerando renda no campo. Esse é um dos grandes benefícios que o Leite pela Vida proporciona”, destacou.

Um comentário:

  1. Muito pouco 1.24 mais barato que uma água mineral em um supermercado eta que nos produtor rural sofre

    ResponderExcluir