Facebook

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Vereador Douglas cobra respostas e serviços do prefeito Kinca, de Salinas

Vereador Douglas (PV): "A Lei existe, mas o prefeito não cumpre"

SALINAS – Após dois anos do seu 2º mandato, o vereador Douglas Gomes Ferreira (PV) fez um balanço das suas ações parlamentares e apresentou os resultados dos trabalhos em plenário. Conforme o vereador, foram 35 Indicações ao Poder Executivo, 30 Requerimentos aprovados, 05 Moções, 01 Projeto de Emenda, 06 Decretos Legislativos, 02 Emendas Supressivas, 04 Emendas Modificativas e 03 Emendas Aditivas. “Faço um trabalho diário, com dedicação integral ao mandato”, disse o vereador Douglas, que já foi à Tribuna 20 vezes neste mandato.

Dentre as 35 Indicações feitas pelo vereador Douglas ao prefeito Kinca Dias, algumas merecem destaque pela importância para a população, como a de nº 033, que cobra do prefeito o cumprimento da Lei Municipal nº 2.320, aprovada em 2012, que visa o pagamento de insalubridade aos servidores públicos municipais do Fundo Municipal de Saúde. "A Lei existe, mas o prefeito não cumpre. Por isso, os servidores vivem cobrando o benefício", disse o vereador, que também já cobrou o reajuste do auxílio alimentação dos servidores.

O vereador também faz constantes indicações relacionadas à serviços públicos, como reformas das quadras dos bairros Maracanã e Vista Alegre, melhorias e iluminação na passarela Mãe Socorro e construção da rede de esgoto no bairro Santa Felicidade. "A cidade possui muitas estruturas abandonadas, que precisam de reformas e melhorias urgentes. Eu sempre estou atento e cobrando, mas parece que o prefeito ignora os pedidos, girando as costas para os anseios do povo". critica o vereador Douglas, lembrando também da urgência de um projeto de arborização na cidade, visando amenizar o calor.

Douglas trabalha para a reativação de dois importantes benefícios públicos, que atendia centenas de pessoas: o cursinho pré-vestibular, que funcionava na Escola Elídio Duque e a reabertura do cinema , que oferecia lazer e entretenimento à população. "A cidade perdeu estes dois espaços sem nenhuma explicação e o povo sonha com o retorno dos dois benefícios", disse o vereador, destacando que o cinema foi fechado, mas a prefeitura continua pagando aluguel de R$ 2.500,00 por mês.

Já entre os 30 Requerimentos, vários são de suma importantes para a coletividade, como o que foi aprovado no início de abril para a realização de uma audiência pública para debater a segurança pública, que, segundo o vereador, está atormentando a população. "Estão sendo registradas muitas ocorrências de assaltos, furtos, estupros, assassinatos e espancamento de idosos na cidade e na zona rural. Por isso, precisamos, urgente, reunir as autoridades responsáveis para cobrarmos providências", afirmou Douglas.

Prefeitos assinam convênios para Transporte Escolar, dentre eles: Kinca, de Salinas.

Prefeito Kinca, acompanhado do secretário Paulo Guedes, assina convênio para o transporte escolar em Salinas

O Governo de Minas assinou diversos convênios com prefeituras da região para manutenção do Transporte Escolar. Apenas no 1º dia de plantão, 111 prefeitos compareceram na sede da Secretaria de Estado de Educação (SEE) para firmar a parceria, que viabiliza a liberação dos recursos de 2015.

Entre os primeiros prefeitos que assinaram o convênio está o de Salinas, Kinca Dias, que comemora a liberação da primeira parcela dos recursos de 2015. O prefeito salinense estava acompanhado do secretário de Estado da Sedinor, deputado Paulo Guedes. O valor a ser repassado aos municípios do Estado totaliza R$ 221 milhões. Os recursos são destinados ao transporte dos alunos da rede estadual. O plantão da Secretaria de Educação para assinatura dos convênios termina nessa quinta (30).

Os prefeitos que assinar o convênio terão a liberação do recurso de forma imediata.

Em Taiobeiras, Varejão Bandeirantes é assaltado novamente

Na noite de quarta (29), uma Guarnição da Polícia Militar compareceu à Rua Santo Antonio, no bairro Sagrada Família, em Taiobeiras, para registrar mais um assalto no Varejão Bandeirantes. É o 4º assalto nessa filial do supermercado.

Conforme a vítima, um indivíduo jovem, franzino, com capacete na cabeça e trajando calça jeans clara e moletom preto, adentrou no supermercado de arma em punho e anunciou o assalto. Também conforme a vítima, o assaltante levou cerca de R$ 400,00 em dinheiro.

Após o assalto, o bandido correu de encontro à uma motocicleta do comparsa, que aguardava nas imediações. Testemunhas relatam que a moto era uma Honda FAN, cor vermelha, mas ninguém soube relatar mais dados.

Policiais militares realizaram rastreamento pela cidade, contudo sem êxito na localização dos autores. Quem tiver algum tipo de informação é só ligar de forma anônima para 181 ou 190.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

PM de Salinas prende mais dois por tráfico

Documentos dos autores apresentados pela Polícia Militar

O tráfico de drogas em Salinas é crescente e a Polícia Militar está tendo muito trabalho para combater os traficantes. Na madrugada de hoje (29), durante patrulhamento pelas ruas da cidade, a Guarnição do Sargento Daniel e Cabo Heverton abordou um usuário de drogas, que confessou ter comprado a droga na residência de um suspeito de tráfico.

Com as informações, os militares passaram a monitorar a residência e depois de algumas horas, os suspeitos chegaram em uma motocicleta, sendo realizada a abordagem, ocasião em que os policiais encontraram com os autores uma Carteira de Habilitação adulterada.

Durante as buscas no interior da residência, os militares localizaram uma bucha de maconha e um papelote de cocaína, que o autor confessou ser o proprietário e alegou que seria para seu próprio consumo. Em continuidade, os policiais localizaram no cesto de lixo do banheiro um saco plástico com 21 papelotes de cocaína, além de grande quantidade de saquinhos plásticos, usados para embalar drogas.

Foi dada voz de prisão aos autores, sendo ambos conduzidos à Delegacia de Policia.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

PM de Taiobeiras flagra homem de 83 anos armado


Arma e munições apreendidas
Na tarde de ontem, domingo, dia 26 de abril, a Polícia Militar de Taiobeiras recebeu uma denúncia anônima de que um homem estaria andando armado. Ao averiguar a denúncia, os policiais depararam com um idoso de 83 anos, que estava de passageiro em um veículo Fiat Uno, de cor branca, placa HNX-0848, armado com um revólver calibre 22.

Ao efetuar a abordagem, os militares encontraram também 55 munições do mesmo calibre. Os policiais também fizeram buscas na residência do autor, onde encontraram mais 50 munições.

Ao ser questionado, o idoso alegou que estava portando a arma para a sua proteção, pois, segundo o idoso, por onde ele passa para ir de Taiobeiras à sua fazenda está acontecendo muitos roubos.

No jogo de abertura da Copa Folha Regional, Divisa e Ninheira ficam no empate: 1x1

Solenidade de abertura da Copa Folha Regional 2015

Na tarde de domingo, dia 26, aconteceu o jogo de abertura da Copa Folha Regional, ocasião em que a seleção de Divisa Alegre, tri-campeã da Copa Folha Regional, recebeu a seleção de Ninheira.

O estádio municipal recebeu um bom público e a Prefeitura de Divisa Alegre, através do prefeito Marcelo Soares e do secretário de Esportes Kiko Bahia, cumpriu todas as exigências do Regulamento, como sonorização, bolas novas, ambulância, maqueiros, redes novas, policiamento e outros, proporcionando uma bela festa.

Seleção de Ninheira resistiu à forte pressão em Divisa Alegre
O jogo – As duas seleções fizeram um jogo super disputado. A seleção de Divisa, comandada pelo treinador Joilson Brito, empurrada pela torcida, sempre buscava o ataque. Enquanto que Ninheira, do treinador Sidário, defendia com precisão e sempre levava perigo nos contra-ataques.

Aos 20, após troca de passes, o meia Bruno recebe bela enfiada dentro da grande área e deu toque sutil na saída do goleiro do Ninheira, mas a bola passou rente a trave.

Aos 30, Bruno fez bela jogada individual e tocou para Vei, que ajeitou dentro da área e tocou no canto esquerdo, fazendo 1x0 para Divisa, com grande vibração.

Aos 33, Ninheira perdeu duas grandes chances de empatar após cobranças de escanteios. Na 1ª, Robson testou bonito, mas a bola foi pra fora. Na 2ª chance, Edgar, que estava livre de marcação, chegou atrasado após cruzamento.

Aos 40, Romualdo cobrou falta e a bola sobrou para Robson, que quase empata. O goleiro Almir saiu muito bem no afaba.

Aos 44, a seleção de Ninheira fez bela troca de passes e Lucas deu um belo toque por cima, deixando Cleno na cara do gol. Ele só teve o trabalho de testar na saída do goleiro Almir, fazendo 1x1.

Torcida de Divisa empurrou a seleção durante todo o jogo
No 2º tempo, o jogo ficou tenso e com poucas chances de gols. A torcida de Divisa empurrava o time, mas Ninheira se defendia muito bem, sempre explorando os contra-ataques.

Aos 22, Mateus recebeu bom lançamento pela direita e chutou na saída do goleiro de Ninheira, mas a bola saiu rente a trave.

Aos 28, após cruzamento, Pisca, que está de volta à seleção de Divisa, acertou bela cabeçada, mas a bola foi pra fora.

Aos 35, após cobrança de falta do meia Bruno, a bola sobrou para Diu, que errou a cabeçada e perdeu uma chance incrível. E aos 37, Divisa perdeu outra boa chance, quando Jaimilton girou em cima da marcação dentro da área, mas chutou pra fora.

No final do jogo, Divisa partiu pro ataque, mas defesa de Ninheira, sempre bem postada, afastava todas as bolas e ainda levava muito perigo nos contra-ataques.

Foi o 4º jogo entre as duas seleções na Copa Folha Regional e o 3º empate.

Vereador Thiago Durães faz graves denúncias contra a administração do prefeito Kinca

Vereador Thiago Durães reclama também que o prefeito não responde as Indicações e Requerimentos

SALINAS – Preocupado com os rumos do setor de saúde no município, o vereador Thiago Durães (SD) vem promovendo fiscalização diária nas repartições e apresentando uma série de requerimentos visando melhorias para a população, além de várias indicações para o Poder Executivo tomar providências. “A situação é preocupante, pois faltam recursos, profissionais e até materiais básicos para o funcionamento do setor, prejudicando terrivelmente a população, especialmente os mais carentes”, lamenta o vereador.

Desde o mês de março, o vereador Thiago Durães vem cobrando do prefeito Kinca Dias (PT) as cópias xerográficas dos alvarás de funcionamento e sanitário do laboratório de análises clínicas do Hospital Municipal, bem como, do registro do conselho de classe do laboratório e do responsável técnico. “O meu Requerimento foi aprovado em plenário por unanimidade no dia 16 de março e até então o prefeito não respondeu, isso leva a crer que realmente está irregular”, reclama o vereador, que cobra também a relação de funcionários do laboratório e seus respectivos registros. “O povo precisa saber também quais são os valores gastos com a construção e com a aquisição dos equipamentos”, completou Thiago.

Outro grave problema levantado pelo vereador são as dívidas do Fundo Municipal de Saúde com os seis laboratórios particulares da cidade. “Existem dívidas que já duram oito meses e os laboratórios cortaram o convênio com a prefeitura por falta de pagamentos, com isso, muitas pessoas estão sendo prejudicadas”, lamentou Thiago. “Além dos laboratórios, a prefeitura ainda deve vários meses de serviços para clínicas particulares”, emendou Thiago, citando como exemplo a clínica oftalmológica de Dr. Sérgio e a clínica cardiológica de Dr. João Carlos.

Outra grave denúncia feita pelo vereador Thiago é em relação a perda de reagentes laboratoriais, que foram comprados antes do laboratório entrar em funcionamento junto ao Lab Shopping, de Belo Horizonte. “A prefeitura gastou 15 mil reais para comprar os materiais, mas tudo foi perdido, pois o laboratório demorou a ser concluído. Isso demonstra incrível falta de planejamento”, criticou o vereador.

Devido à enorme crise financeira vivida pela prefeitura de Salinas, a população não tem mais acesso a vários tipos de exames, considerados de suma importância. “Hoje, existem centenas de pedidos de exames acumulados. Na área oftalmológica, por exemplo, há mais de um ano nenhum exame é marcado para as pessoas carentes. Um caos terrível”, reclama o vereador.

Questionado sobre a atuação do atual Secretário Municipal de Saúde de Salinas, Clemente Petroni, popular Tuxo, o vereador Thiago diz entender a sua dificuldade no desempenho da função, “pois já recebeu a Secretaria totalmente deteriorada”. “Ele atende o povo da melhor forma possível e faz o que pode, mas a situação é preocupante, pois as dívidas não permitem melhorias no setor”, explicou Thiago, que considera Tuxo uma pessoa íntegra.

PSF’s sem médicos em Salinas

O vereador Thiago Durães também relata a grave crise vivida no Programa Saúde da Família em Salinas. Os chamados PSF’s estão sem médicos e faltam medicamentos. A pior situação é na comunidade de Matrona, onde o PSF está sem o profissional médico há dois meses. “A última médica que esteve na comunidade foi Monique, e depois que ela saiu não houve mais atendimento à população”, denuncia o vereador.

Sem médico, os moradores de Matrona precisam se deslocar até Salinas ou Taiobeiras para fazer consultas e até mesmo renovar receitas. “É inadmissível que uma comunidade do porte de Matrona fique sem médico no PSF por tanto tempo”, reclama Thiago. “Com isso, os pacientes precisam sair procurando médicos até para carimbar receitas”, emendou. 

O vereador lembra ainda que os PSF’s da Vila Canaã e Alto São João também estão sem médicos há mais de 60 dias.

sábado, 25 de abril de 2015

Neste domingo, Divisa e Ninheira se enfrentam pela Copa Folha Regional 2015

Partida promete bom duelo entre o experiente Romualdo, de Ninheira e o jovem Bruno, de Divisa Alegre

Na tarde deste domingo (25), às 15H:30min, a seleção de Divisa Alegre, tri-campeã da Copa Folha Regional, vai receber a seleção de Ninheira pela rodada de abertura da competição 2015.

Mais uma vez, a forte Divisa Alegre estará sendo comandada pelo vitorioso treinador Joilson Brito, já a seleção de Ninheira volta a ser comandada pelo treinador Sidário.

A grande expectativa para a partida é o duelo entre os meias Romualdo (Ninheira) e Bruno (Divisa). Será a experiência do lado de Ninheira e a juventude do lado de Divisa.

Os confrontos entre as duas seleções na Copa Folha Regional são raros. O primeiro embate aconteceu na Quartas de Finais de 2011, quando Divisa eliminou Ninheira ao vencer em casa por 1x0 e empatar fora em 2x2. Em 2012, as duas seleções se enfrentaram na Fase de Grupos e ficaram no empate em 0x0. São apenas três jogos entre as duas seleções: uma vitória para Divisa e dois empates.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Em São João, assaltante atira em motoqueiro

A violência continua assustando na zona rural de São João do Paraíso. Os casos de violência são cada vez mais graves. Exemplo é a ocorrência da manhã do dia 22, quando um bandido interceptou um motoqueiro e atirou no tórax para roubar a moto.

Conforme a ocorrência da Polícia Militar, a vítima conduzia sua motocicleta Honda NXR BROS, placa FYB-6959, cor vermelha, em uma ladeira da estrada que liga a cidade de São João à Fazenda São Pedro. Ocasião em que foi surpreendido pelo indivíduo, de estatura baixa e armado com revólver.

Ainda conforme a ocorrência, quando o bandido apontou a arma em sua direção, a vítima tentou arremessar a motocicleta contra o assaltante, momento em que o disparo foi efetuado.

O assaltante apoderou da moto e tomou rumo desconhecido. A vítima foi socorrida por terceiros ao hospital local. Policiais Militares deslocaram até o local dos fatos, mas não conseguiram colher nenhuma informação.

Polícia não tem pistas dos bandidos que roubaram relógio e joia em comércio de Taiobeiras

Assaltantes invadiram loja e levaram relógio e joia

Depois de sete dias, os investigadores de Taiobeiras ainda não conseguiram prender os dois ousados assaltantes que atacaram na loja “Patativa Acessórios” no último dia 16, ocasião em que uma vítima de 49 anos teve um relógio da marca Oriente e uma corrente de ouro, avaliada em R$ 3 mil roubados.

Segundo relatos da vítima, dois indivíduos chegaram ao local em uma motocicleta Honda Titan, cor vermelha. Um deles, trajando calça jeans preta, blusa preta da adidas e capacete, desceu da moto e veio ao seu encontro dentro  da loja, ocasião em que sacou um revólver e anunciou o assalto, obrigando a entrega do relógio e da joia.

O outro individuo, que ficou do lado de fora da loja com a motocicleta ligada, deu fuga para o comparsa, evadindo sentido ao terminal rodoviário.

As viaturas da PM fizeram rastreamentos, mas ninguém foi preso. E até o final do dia dessa quinta (23) os investigadores da Polícia Civil não anunciou qualquer pista dos bandidos.

Mulher tenta enviar maconha para a cadeia de Taiobeiras em embalagem de café

Droga estava acoplada na embalagem de café

Manhã dessa quinta (23), o agente penitenciário Aldo Pereira, que trabalha na cadeia pública de Taiobeiras, flagrou uma mulher de 26 anos tentando enviar maconha para o seu marido, que está preso sob acusação de tráfico.

A droga estava acoplada em uma embalagem de café moído e o agente só descobriu por que fez uma averiguação minuciosa, ocasião em que percebeu a violação no lacre da embalagem.

A mulher foi presa em flagrante e poderá responder na Justiça por tráfico.

Deputados discutem demandas dos hospitais da região

Comissão de Saúde debate também impactos da judicialização da saúde
Deputados Carlos Pimenta (PDT) e Arlen Santiago (PTB) são dois dos autores dos requerimentos
Debater as demandas e as dificuldades dos pequenos hospitais da região Norte de Minas, bem como o impacto da judicialização da saúde nos municípios. Esse é o objetivo da audiência pública que será promovida pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em de Montes Claros (Norte de Minas). A reunião será nesta quinta-feira (23/4/15), às 15 horas, na Câmara Municipal - Avenida Dr. João Luiz Almeida, 40, Centro.

Os deputados Arlen Santiago (PTB), Doutor Wilson Batista (PSD), Carlos Pimenta (PDT) e Gil Pereira (PP) são autores do requerimento para a realização da audiência pública. Segundo o deputado Arlen Santiago, presidente da comissão, a Assembleia já vem acompanhando a situação da saúde em Belo Horizonte. O objetivo, agora, seria expandir a visão para cidades do interior. “Na Capital, a situação é a mais precária possível. Há hospitais fechando e outros cancelando cirurgias”, afirmou. De acordo com o parlamentar, a reunião terá a finalidade principal de fazer um diagnóstico da situação dos hospitais das regiões. “Vamos ouvir as populações locais e, posteriormente, a comissão vai montar um documento que será referência sobre a realidade da saúde no interior do Estado”, explicou. 

Convidados – Para a audiência pública em Montes Claros, foram convidados o prefeito Ruy Adriano Borges Muniz; o presidente da Câmara Municipal da cidade, Jose Marcos Martins de Freitas; o secretário de Estado de Saúde, Fausto Pereira dos Santos; a superintendente regional de saúde de Montes Claros, Olívia Pereira de Loiola; o chefe da Divisão de Convênios e Gestão do Ministério da Saúde de Minas Gerais, Alencar Tadeu Winter; o juiz diretor do Foro de Montes Claros, Richardson Xavier Brant; e a secretária municipal de Saúde de Montes Claros, Ana Paula de Oliveira Nascimento.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Assalto na estrada de Curral de Dentro para Taiobeiras

Ao anoitecer do dia 15 de abril, dois homens e uma mulher que transitavam pela estrada de Curral de Dentro sentido Taiobeiras em um veículo Fiat Strada Working, placa PVV-8904, cor prata, foram abordados por três bandidos, que estavam em um veículo Gol "bola", cor branca. As vítimas relataram que diminuíram a velocidade devido um buraco na estrada, quando os assaltantes aproximaram e obrigaram a parar, apontando a arma para o motorista.

As vítimas foram rendidas e colocadas dentro do Gol, sendo levadas para um matagal. O Fiat Strada foi levado por um dos assaltantes, sentido à BR-251. As vítimas só conseguiram retornar à estrada cerca de uma hora depois, e conseguiram pegar carona com um caminhoneiro até Taiobeiras.

Além do Fiat Strada, os bandidos levaram telefones celulares das vítimas, documentos pessoais, cartões bancários, chaves e dinheiro.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Em Taiobeiras, ladrão é flagrado carregando TV nas costas

A Polícia Militar de Taiobeiras deparou com o suspeito N.R.M carregando uma TV de tela plana nas costas. Ao abordá-lo, os militares constataram que a referida TV era produto de furto. Os policiais fizeram contato com a vítima, que confirmou o furto sua em casa.

Ao ser questionado, o autor relatou que adentrou na residência da vítima pela janela e aproveitou que não tinha ninguém presente para furtar a TV. Ele preso em flagrante e conduzindo à Delegacia de Polícia.

Parceria visa agilizar execução do programa Água para Todos. Intenção é construir 962 barragens

Associações de municípios firmam parceria com a Sedinor para construções de barragens

Uma reunião na manhã do dia 14 marcou o início de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor) e as associações microrregionais de municípios, com o objetivo de dar celeridade às ações do programa Água para Todos. A primeira força-tarefa será para tirar do papel um convênio assinado, em 2013, entre o sistema Sedinor/Idene e o Ministério da Integração Nacional, no valor de R$ 100,9 milhões, que prevê a construção de 962 pequenas barragens.

O encontro reuniu representantes de dez associações microrregionais de municípios do Norte, Noroeste, Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce, que estão dispostas a ajudar na elaboração dos projetos para a construção das barragens. Segundo os prefeitos que são presidentes das associações, com a contrapartida dos municípios será possível avançar pelo menos dois anos na execução das obras.

O objetivo é não perder mais tempo, pois as famílias que sofrem com a seca têm pressa. A ideia é que as associações microrregionais, que já tem engenheiros e técnicos da área, possam elaborar esses projetos seguindo um modelo padrão do Ministério da Integração Nacional e sob a consultoria dos técnicos do programa.

O presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), César Emílio Lopes Oliveira, considera positiva a parceria e afirma que a Amams está disposta a ajudar no que for preciso para que as obras do programa Água para Todos sejam executadas mais rapidamente.

A parceria será formalizada a partir de um termo de cooperação técnica entre a Sedinor e as associações de municípios, envolvendo também os conselhos municipais de desenvolvimento rural sustentável (CMDRS), a Emater e a Ruralminas, que também trabalham com esses projetos.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Bandidos assaltaram bar na zona rural de Ninheira. Eles levaram cigarros e R$ 90

Na noite de segunda (13), dois assaltantes em uma moto Honda Titan 150, cor vermelha, atacaram um bar na comunidade de Mangueiro, zona rural de Ninheira. Conforme o dono do estabelecimento comercial, os homens tinham estatura mediana, ambos de pele negra e aparentavam ter 25 anos de idade.

Eles estacionaram a moto ao lado do bar e adentraram pedindo cigarros, quando a vitima virou-se para pegar, um dos autores sacou uma arma de fogo, um revólver prateado e anunciou o assalto.

Segundo a vítima, os autores adentraram também em sua casa, que fica ao lado do bar e reviraram seus pertences, encontrando a quantia de R$ 90,00 (noventa reais) em dinheiro. Os bandidos levaram também algumas caixas de cigarro.

Eles evadiram rumo à Lagoa Preta, no estado da Bahia. Testemunhas informaram que a placa da motocicleta estava encoberta para não ser identificada.


Bandidos roubam R$ 17 mil de idosa na zona rural de Rio Pardo de Minas

Na noite de ontem, 13 de abril, compareceu ao quartel da Polícia Militar, uma senhora de 61 anos, relatando que estava em sua residência localizada na Fazenda Peri-Peri, zona rural de Rio Pardo de Minas, momento em que chegaram dois indivíduos altos e magros. Eles estavam encapuzados e anunciaram o assalto.

Um dos autores estava com um facão na mão e o outro com uma arma de fogo. Eles amarraram a idosa e após revirarem toda a casa, roubaram R$ 17.000,00 (dezessete mil reais).

Os autores fugiram a pé, tomando rumo ignorado. Quem tiver qualquer informação pode ligar para os fones 181 ou 190.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Polícia Federal prende quadrilha que fraudava seguro DPVAT na região

Integrantes da organização agiam dentro da seguradora Líder dos Seguros DPVAT, fraudando a concessão de benefícios, inclusive em Taiobeiras e Salinas
Polícia Federal prende 41 pessoas envolvidas com a organização criminosa
A Polícia Federal deflagrou, na madrugada dessa segnda (13), a Operação Tempo de Despertar, para desmantelar uma organização criminosa, composta por uma extensa rede integrada de servidores públicos, policiais civis e militares, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentistas, agenciadores de seguros e outras pessoais, responsáveis por reiteradas fraudes ao Seguro Obrigatório de Danos Pessoais, causados por veículos automotores de via terrestre, o conhecido seguro DPVAT.

Cerca de 220 policiais federais dos estados de Goiás, Espírito Santo, Bahia, Brasília e Minas Gerais estão dando cumprimento simultâneo a 229 mandados judiciais, sendo 41 mandados de prisão, 07 conduções coercitivas e 61 mandados de busca e apreensão, 12 afastamentos de cargo público, 51 sequestro de bens, 57 afastamentos de sigilo bancário.

A operação ocorre nas cidades de Almenara, Bocaiuva, Brasília de Minas, Capelinha, Capitão Eneas, Coração de Jesus, Corinto, Cristália, Curvelo, Diamantina, Espinosa, Francisco Sá, Janaúba, Januária, Japonvar, João Pinheiro, Juiz de Fora, Lontra, Manga, Minas Novas, Mirabela, Monte Azul, Paracatu, Pirapora, Porteirinha, Ribeirão das Neves, Salinas, São Francisco, São João da Ponte, Sete Lagoas, Taiobeiras, Turmalina, Várzea da Palma, Rio de Janeiro, Guanambi e Urandi, envolvendo os estados de Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro.

Foi identificado pelos investigadores que o grupo criminoso se utilizava de variadas maneiras para fraudar o seguro DPVAT, dentre as quais: 1) ajuizamento de ações judiciais por escritórios de advocacia sem conhecimento e autorização da parte autora, por meio da falsificação de assinaturas em procurações e declarações de residência falsas; 2) O ajuizamento de ações, de forma simultânea, em comarcas distintas, sem relação com o local da causa, quando os autores sequer tinham conhecimento do ajuizamento de ação em seu nome; 3) O pagamento de indenizações pela seguradora , em valores expressivos, antes da homologação do acordo e diretamente aos advogados da parte autora; 4)  O pagamento de indenizações pela seguradora, em valores expressivos, mesmo depois de ter sido negada a homologação por um juiz, diante da constatação de veementes indícios de fraude; 5) A formalização de acordo para pagamento à parte autora mesmo não havendo laudo pericial que atestasse que o segurado realmente tivesse sofrido o acidente ou o dano; 6) A formalização de acordo para pagamento à parte autora mesmo não havendo laudo pericial do IML, conforme exigência de lei; 7) Pagamento de indenizações pela seguradora , em valores muito altos, mesmo quando o alegado sinistro não decorreu de acidentes de trânsito; 8) Pagamento de indenizações pela seguradora com base em boletins de ocorrência policial falsificados por agentes policiais corrompidos ; 9) Pagamento de indenizações pela seguradora  com base em laudos periciais médicos falsificados, em que se fazia constar que a situação do acidentado era ainda muito  mais grave; 11) pagamento de indenizações pela seguradora com base em laudos periciais de fisioterapeutas com conteúdo falsificado, agravando-se artificialmente a real situação do acidentado.

No meio de diversos papeis de seguro fraudados, os investigadores encontraram documentos que compravam pagamento do seguro DPVAT, para pessoa que teria se utilizado de uma ocorrência de maus tratos domésticos relativos à Lei Maria da Penha.

As fraudes, até o momento, podem atingir o montante de 28 milhões de Reais.

Histórico – Os policiais federais constataram que, nos últimos anos, grande quantidades de operações haviam sido deflagradas por todo o Brasil com o objetivo de coibir as fraudes contra o seguro DPVAT, Algumas: Operação DPVAT, pela Polícia Militar do Maranhão, Operação Prêmio, Polícia Civil do estado do Ceará, Operação Assepsia, Polícia Civil do estado do Rio de Janeiro e Operação DPVAT seguro, da Polícia Civil do estado de Sergipe, já davam conta de que a atividade criminosa podia ser sustentada com um grupo organizado e com ramificações em diversas áreas da administração pública, envolvimento de policiais, empresários e empresas de seguro, além de número expressivo de advogados. Somente em uma operação da Polícia Federal, realizada em 2012, foi possível constatar fraudes da ordem de 30 milhões de Reais. De posse dessas informações, os policiais federais intensificaram as investigações para identificar os cabeças do esquema, que, pela sua natureza, deveriam se encontrar no interior da seguradora responsável pela gestão do seguro DPVAT. 

Cooperação – A investigação, que é fruto de uma parceria entre a Polícia Federal, o Ministério Público, Corregedoria da Polícia Civil e Polícia Militar de Minas Gerais. Os investigados responderão pelos crimes de formação de quadrilha, estelionato, falsificação e uso de documentos públicos, corrupção ativa e passiva, e facilitação ou permissão de senhas de acesso restrito a terceiros.