Facebook

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Polícia Civil de Salinas prende mais um algoz do caminhoneiro Fabiano

Acusado Bochecha foi preso hoje à tarde em frente à sua residência

Na tarde dessa sexta, dia 28, uma equipe da Polícia Civil de Salinas, composta pelo delegado José Eduardo dos Santos e os detetives Adam e André, conseguiu efetuar mais uma operação bem sucedida. Eles conseguiram cumprir Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela Comarca de Salinas, contra o acusado Erivelto Martins dos Santos, conhecido popularmente na cidade como Bochecha.

Conforme as investigações da Polícia Civil, Bochecha é integrante da quadrilha acusada pelo latrocínio do caminhoneiro Fabiano de Oliveira, morto após assalto no dia 30 de novembro na BR-251. Ele também é apontado como um dos financiadores da suposta quadrilha.

Os investigadores conseguiram prender Bochecha em frente à sua residência, localizada no Centro de Salinas. Durante a operação, os policiais encontraram cerca de 100 caixas de cigarro da marca San Marino na residência, supostamente de contrabando, fato que agrava ainda mais a situação do acusado.

Deputado Bernardo Santana amplia sua atuação na região

Em São João, Bernardo terá o apoio de Mônica Mendes
O deputado federal Bernardo Santana (PR) está ampliando sua atuação na microrregião Alto Rio Pardo. Exemplo é São João do Paraíso, onde o deputado se reunirá hoje, às 18 horas, com a turma da líder de oposição Mônica Mendes e com o ex-prefeito José de Sousa.

Além de São João do Paraíso, o deputado terá apoio também em Taiobeiras, onde estará no palanque do prefeito Danilo Mendes; em Fruta de Leite, tudo indica que Santana subirá no palanque do prefeito Nixon Marlon; já em Indaiabira, o deputado é esperado no palanque do prefeito Lucim. Além dos prefeitos, Bernardo Santana está “namorando” com vários líderes de oposição da região, como João Carlos, em Berizal. E pelo que tudo indica, o deputado fechará mais apoios nas redondezas.

Terrorismo e grandes eventos no Brasil: Necessidade premente de inovações legislativas ANTES do mal

Por Marcelo Eduardo Freitas
Passados mais de 12 anos desde o maior ataque já sofrido pelos Estados Unidos em seu território continental, o “11 de setembro” revolucionou as relações internacionais e mantém sua influência sobre a pauta e o modo como a política internacional é conduzida pelos diversos países. Com sensíveis diferenças nos níveis de prioridade, o terrorismo passou a integrar, de forma permanente, os debates sobre a formulação de política externa em todas as nações do mundo. Nas palavras de Cassiana Borilli, “seja por legitimidade no tratamento do assunto, seja por instrumentalização política visando fins paralelos, as unidades estatais enfrentam a dificuldade em lidar com novas ameaças provindas de atores não estatais, assim como com comportamentos agressivos e unilaterais de algumas potências”.

A primeira vez em que o terrorismo internacional foi introduzido para debate em uma organização internacional foi em 1972, na Assembleia Geral da ONU. Na ocasião, muitas nações africanas passavam pelo processo de independência, sendo o terrorismo um dos mecanismos pelos quais as populações locais agiam como forma de forçar os colonizadores a negociar a independência.

Até a década de 1980, o mundo enfatizou as causas implícitas ao terrorismo e o direito à autodeterminação dos povos. A partir de 1985, o enquadramento do tema como conhecemos atualmente começou a tomar forma, no ensinamento de Ciro Leal Cunha, com a “consensual condenação e qualificação criminal de todos os atos, métodos e práticas de terrorismo, cometidos em qualquer lugar e por qualquer pessoa”.

A partir da década de 1990, todas as resoluções da ONU incluíam o repúdio ao terrorismo, mas em 1994 foi aprovada a resolução que convocou todos os países à cooperação internacional antiterrorista. Sem haver definição para o que seria considerado terrorismo e sem haver menção de combate das causas subjacentes, deu-se início à vertente repressiva e coercitiva do terrorismo internacional.

No Brasil, logo após os atentados daquele fatídico e inesquecível 11 de setembro de 2001, além do repúdio ao terrorismo, previsto na Constituição, houve certa convergência com a visão preconizada pelos Estados Unidos de que o terrorismo era uma afronta ao direito da liberdade. Aqui, classificou-se o terrorismo como um ultraje à democracia. Contudo, a postura brasileira foi diferente da norte americana, pois incentivou o aumento das liberdades e não a restrição dessas, e defendeu que uma medida necessária ao combate do terrorismo seria a luta contra a intolerância e o irracionalismo. Nas palavras do então presidente Fernando Henrique Cardoso, “depois de tanto avanço democrático no mundo, o terrorismo é inaceitável sob qualquer pretexto e qualquer argumento. Ele é um ato contra a razão, portanto é um ato contra a democracia. É o ato, portanto, contra a humanidade, é o ato contra o diálogo, é o ato contra a convivência entre os povos. Ele é inaceitável, em princípio, e nós, a uma só voz, protestamos imediatamente”.

Para o Brasil, entretanto, a temática do terrorismo não possui tanta relevância na agenda política interna, interpretando-o como uma espécie de criminalidade organizada, e não como uma forma de guerra de baixa intensidade que deve ser abordada por meios militares. Uma das razões para o discurso brasileiro é a conhecida (in)capacidade bélica do país. Por isso, a defesa do uso limitado da força, da autodeterminação e o repúdio à intervenção.

Em termos de cooperação internacional antiterrorista, o Brasil já negociou acordos bilaterais com 25 países, em que as principais contribuições têm ocorrido na coordenação da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e da Polícia Federal (PF) com outras agências de segurança e inteligência espalhadas pelo mundo, além do combate ao uso transfronteiriço criminoso de sistemas bancários. Nesse sentido, boa parte do esforço brasileiro se dá pelas políticas e pelo aparato estatal doméstico que o governo emprega na repressão e combate ao crime organizado e à lavagem de dinheiro.

Não obstante estarmos em uma zona tranqüila do globo terrestre, ao menos no que se refere ao terror, o entorno do Brasil tem demonstrado ser um espaço de iniciativas terroristas de caráter desafiador para o nosso país. Especialmente no que tange a região da Tríplice Fronteira em que, por exemplo, a cidade de Buenos Aires já foi alvo de dois ataques, respectivamente, nos anos de 1992 e 1994.

Assim, sem sombra de dúvidas, a necessidade de tipificação legal do terrorismo em nosso país é urgente, mormente em razão dos grandes eventos que o Brasil sediará muito em breve: Copa do Mundo de 2014 e os Jogos olímpicos de 2016. Precisamos, dessa forma, deixar claro se a queima de ônibus, com crianças indefesas dentro, representa ou não atos hostis ao Estado brasileiro. O uso de artefatos explosivos em manifestações populares contra pessoas indefesas será considerado ofensa a qual dispositivo legal? Serão ou não atos terroristas?

No Congresso Nacional existem alguns projetos de lei apresentados para tipificar o crime de terrorismo. Têm-se como exemplos os projetos apresentados pelo Deputado Feldman (PL nº 4.674, de 2012), pelo Senador Aloysio Nunes Ferreira (PLS nº 762, de 2011) e no bojo da reforma do código penal (PLS nº 236, de 2011). Contudo, nada de concreto e aplicável em caso de eventos extremos fora apresentado ao povo brasileiro. Estamos órfãos de uma legislação antiterror. Relembro que hoje nem mesmo a explosão de um homem-bomba no interior de um estádio de futebol, com milhares de pessoas ao seu redor, será considerado um atentado terrorista.

Dessa maneira, urge o estabelecimento de contornos jurídicos concretos e razoáveis para a repressão penal de atos terroristas, já que, de um lado, eles são expurgados pela Constituição Federal de 1988 e por muitos tratados ratificados pelo Brasil, gerando a obrigação jurídica de fazê-lo. Precisamente, nossa ordem constitucional considera o repúdio ao terrorismo como um princípio que rege nossas relações internacionais (art. 4º, inc. VII, da CF), além de reputá-lo como inafiançável e insuscetível de graça ou anistia (art. 5º, XLIII, da CF). De outro lado, em razão de não haver entre nós tipificação desse crime, torna-se confusa a aplicação pelos órgãos internos dos instrumentos legais existentes, o que implica na criação de doutrinas autônomas e, muitas vezes, contraditórias, por parte dos órgãos estatais.

Vale ressaltar, de outro giro, que o único tipo penal que expressamente menciona o terrorismo, aqui no Brasil, remonta ao final do regime militar, no contexto da lei de segurança nacional (Lei nº 7.170, de 1983), em seu artigo 20, ao mencionar a expressão “atos de terrorismo”, sem, entretanto, descrever quais seriam tais atos e como se configurariam.

Em recente reportagem, o Jornal Folha de São Paulo ressaltou a preocupação do “Planalto e do PT” com o atual formato proposto em virtude do risco de se abrir para que os movimentos sociais sejam criminalizados. “A preocupação do governo é que movimentos e manifestantes ligados ao partido possam responder pelo crime de terrorismo”, ressaltou a Folha.

A preocupação apresentada é relevante! Entretanto, não podemos deixar o Brasil sem uma legislação que defina claramente o que entendemos por terrorismo e quais são as conseqüências de eventuais atentados em nosso território, sejam estes praticados por extremistas externos ou por nacionais revoltosos. A resposta que daremos amanhã dependerá certamente do que faremos hoje! Acredito na passividade dos povos, mas não podemos esperar, silentes e inertes, a ação do mal. Ela pode vir sim! Devemos, entretanto, estar preparados! O alerta bíblico é perfeitamente aplicável em situações que tais: “vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir” (MT 25, 13). Estejamos atentos!

*Dr. Marcelo é delegado de Polícia Federal

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Caminhão que trazia mudança de Betim para Taiobeiras é roubado

Assaltantes de cargas aterrorizam caminhoneiros da região
Na madrugada de sábado, dia 22, foi registrado mais um assalto contra caminhoneiro da região. Conforme relatos da vítima, Natanael Santos, popular Tatá, natural de São João do Paraíso, o assalto aconteceu próximo à localidade identificada por Trevão, na BR-135, quando uma quadrilha de assaltantes, em um Fiat Uno, fortemente armada, o rendeu, juntamente com o ajudante. Os bandidos tamparam as cabeças das vítimas e os soltaram dentro de um matagal, cerca de 20 quilômetros da rodovia.

O motorista Tatá e seu ajudante só conseguiram retornar à rodovia no dia seguinte, quando depararam com uma viatura da Polícia Rodoviária Federal.

O caminhão baú VW 150, placa JOX-7390, cor branca, de São João do Paraíso, estava transportando uma mudança da cidade de Betim para Taiobeiras. Na lateral do caminhão está escrito: “SS Transportes de Mudanças”, e no pára-choque traseiro está escrito: “Qualidade em Movimento”.

Até o momento não existe nenhuma pista do paradeiro do caminhão, muito menos da carga. Quem tiver qualquer tipo de informação pode ligar para o 181 ou para (38) 9919-3308.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Em ação rápida, PM de Salinas prende autor de homicídio

Policiais de Salinas, após ação espetacular, apresenta o suspeito Diego Manchinha

A Polícia Militar de Salinas acaba de prender um dos suspeitos de assassinar o jovem Maxuel Pereira Silva, de 25 anos, que foi morto hoje de manhã com um tiro no peito. Conforme os militares, o autor é Diego Henrique Gonçalves Martins, o popular Diego Manchinha, de 25 anos, que estava escondido em um matagal próximo ao bairro Betel.

A prisão ocorreu após intenso rastreamento, até que militares velados localizaram o suspeito no matagal e montaram operação para capturá-lo.

O crime ocorreu neste sábado em uma oficina mecânica, localizada à Rua Professor Fontenelle, nº 147, no bairro Alvorada. O proprietário da oficina, Altarcísio Teixeira Costa, de 40 anos, foi atingido por um disparo no cotovelo direito, sendo socorrido no Hospital Municipal, sem risco de morrer. Já Maxuel morreu no local.

Os rastreamentos continuam para prender o co-autor do crime, identificado por Bel Preto. Quem tiver alguma informação é só ligar de forma anônima para os fones: 190 ou 181.

PM de Salinas está na caça dos autores que mataram o jovem Maxuel

Maxuel, de 25 anos, foi morto com tiro no peito

A Polícia Militar de Salinas já identificou o autor e co-autor do assassinato do jovem Maxuel Pereira Silva, de 25 anos, que foi morto hoje de manhã com um tiro no peito, dentro de uma oficina mecânica, localizada à Rua Professor Fontenelle, nº 147, no bairro Alvorada.

Maxuel morreu na hora e o proprietário da oficina, Altarcísio Teixeira Costa, de 40 anos, foi atingido por um disparo no cotovelo direito. Ele foi encaminhado para o hospital local e passa bem, mas, provavelmente, terá que ser submetido à cirurgia.

Conforme os primeiros levantamentos feitos pela Polícia Militar, a vítima Maxuel estava na oficina quando foi chamado pelo suspeito identificado por "Bel Preto" e quando a vítima saiu da oficina foi surpreendida pelo desafeto identificado por "Diego Manchinha", sendo iniciada uma discussão, momento em que Diego teria sacado uma arma e começado a disparar contra Maxuel, que também estava armado. Houve troca de tiros, mas apenas Maxuel foi atingido.

Ainda conforme a PM, os autores evadiram do local a pé. No local foi encontrada a arma portada pela vítima. Um vizinho entregou aos policiais uma arma que seria do suspeito Bel. Militares acreditam que a desavença teria sido pela disputa de armas e drogas.

Neste momento, intensos rastreamentos estão sendo feitos para localizar os autores. Quem tiver alguma informação é só ligar de forma anônima para os fones: 190 ou 181.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Arrombamentos preocupam comerciantes de Taiobeiras

Último arrombamento ocorreu no dia 16, na Rua Rio Pardo
Os comerciantes de Taiobeiras estão manifestando grande preocupação com os arrombamentos, furtos e assaltos. Um grupo cogita a contratação de segurança particular e até fechamento dos comércios por um dia em forma de protesto. “Precisamos unir todas as forças e solucionar o problema, pois a situação está muito complicada”, disse Helder Araújo, presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACE), durante reunião com o comando da Polícia Militar.

O Tenente Alan, da Polícia Militar de Taiobeiras, em reunião com os comerciantes, ressaltou que está fazendo o possível pela segurança pública, prova disso é a média de 400 ocorrências por mês na cidade. “Em dezembro os problemas eram os homicídios, em janeiro os arrombamentos. Os criminosos são ágeis e o efetivo da PM disponível na cidade está trabalhando no limite”, explicou o Tenente, lembrando que as providências prometidas em recentes reuniões das autoridades não foram cumpridas, como o projeto ‘Olho Vivo’, implantação do Centro de Reabilitação de Menores e a construção de cela especial para menores infratores.

Os comerciantes debateram também a inoperância da Polícia Civil de Taiobeiras, que não consegue desvendar os casos, acumulando muitos homicídios sem apurações e falta de investigações dos furtos e assaltos.

No último dia 18, a diretoria da ACE esteve reunida, com portas fechadas, com o delegado Alessandro da Silva, mas o conteúdo da reunião não foi divulgado.

Como solução para os problemas, a Polícia Militar projeta a criação da Rede de Comerciantes Protegidos, fechamento dos comércios com portas de aço ao invés de vitrines e intensificação do patrulhamento na área comercial.

Crianças no crime

É de assustar a situação da juventude de Taiobeiras. A cada dia a Polícia Militar se surpreende com a quantidade de crianças e jovens envolvidos com o mundo do crime. No arrombamento da loja ‘Xica Bakana’, por exemplo, a Guarnição Tático Móvel da Polícia Militar flagrou três crianças após destruição na boutique, uma delas tem apenas 10 anos e, sequer, pode andar na viatura, as outras duas tem 12 anos, inclusive com várias passagens pela polícia.

Os militares não descartam a possibilidade de essas crianças estarem envolvidas na dezena de arrombamentos que ocorreram na cidade.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Secretários de Esportes aprovam Copa Folha Regional com mudança no Regulamento

Secretários de Esportes da região debatem a realização de mais uma edição do evento esportivo

Na tarde dessa terça, dia 18, Secretários Municipais de Esportes da região estiveram reunidos para debater a realização de mais edição da Copa Folha Regional, ocasião em que foi aprovada as inscrições de dois atletas de outra região em cada seleção.

Os secretários aprovaram também o critério de disputa, o regulamento e o código disciplinar da competição, que será iniciada no dia 29 de março.

Os secretários de Esportes das cidades de Salinas e Taiobeiras não compareceram no Congresso Técnico e não mandaram representantes. Vargem Grande não participará por que o gramado do estádio está em reforma.

As cidades que não compareceram no Congresso têm prazo até o dia 25 de fevereiro para confirmar participação na Copa, caso as Secretarias de Esportes não se manifestem neste prazo, as seleções das referidas cidades poderão ser representadas por equipes particulares, com patrocínios de comerciantes e/ou empresários locais, desde que cumpram o regulamento aprovado.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Congresso Técnico da Copa Folha Regional 2014 será nesta terça, dia 18

Nesta terça-feira, dia 18 de fevereiro, às 14 horas, a direção do Jornal Folha Regional realizará Congresso Técnico visando a realização da 8ª edição da Copa Folha Regional, competição que reúne as principais seleções municipais de futebol de campo da microrregião Alto Rio Pardo.

O Congresso será no prédio da Associação Comercial e Empresarial de Taiobeiras (ACE), localizado à Rua Bom Jardim, nº 221, Centro.

Na ocasião, os Secretários Municipais de Esportes das cidades participantes deverão aprovar a realização do evento esportivo, consequentemente o Regulamento, Código Disciplinar e Critério de Disputa da competição regional.

Seleções campeãs da Copa Folha Regional:
2007: Rio Pardo de Minas
2008: Taiobeiras
2009: Divisa Alegre
2010: Santo Antônio do Retiro
2011: Divisa Alegre
2012: Salinas
2013: Salinas

Tráfico: menino de 14 anos é denunciado pela própria mãe

Droga apreendida com o menor
No sábado, dia 15, a Polícia Militar de Salinas foi acionada para atender mais uma ocorrência de tráfico de drogas. Mas, dessa vez, o caso chocou até os próprios militares, pois era um chamado desesperado de uma mulher, que denunciava o próprio filho, de apenas 14 anos.

Conforme a ocorrência, o menino, morador do bairro Nova Esperança, estava com 22 Buchas de maconha armazenadas para venda, além de mais 24 saquinhos para dolagem da droga. Ainda segundo os policiais, a mãe denunciou o filho por que não aguentava mais a incômoda situação vivida na moradia.

O menor, que não tinha nenhuma passagem pela polícia, não deu nenhum detalhe sobre a origem da droga. De acordo com o Tenente Vander, comandante do 2º Pelotão, o menor, juntamente com a droga, foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram tomadas as medidas subsequentes.

Polícia de Meio Ambiente usa novo fardamento

O Soldado Mateuslenio, Sargento Vieira e Cabo Alves apresentam o novo fardamento da Polícia Militar de Meio Ambiente

A Polícia Militar de Meio Ambiente da microrregião Alto Rio Pardo já está usando o novo modelo de farda, adotado pela corporação desde o último dia 21 de janeiro. A farda é muito parecida com a do Exército Brasileiro, tanto nas cores como modelagem.

A mudança da farda cáqui para camuflada tem como objetivo a rápida identificação da Policia Ambiental pelo cidadão. As viaturas também estão sendo modificadas, passando a ter como característica uma faixa verde e a inscrição “Meio Ambiente”.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Outra carga roubada na BR-251

Bandidos rendem caminhoneiro e levam toda a carga de ketchup e maionese
Trecho entre Vale das Cancelas e trevo de Padre carvalho é um dos mais perigosos da BR-251

Na madrugada dessa sexta, dia 14, aconteceu mais um assalto contra caminhoneiro na trágica BR-251. A ocorrência policial está sendo registrada neste momento na Polícia Federal de Montes Claros.

Conforme as primeiras informações, o caminhoneiro foi abordado no trecho entre de Bocaína e Vale das Cancelas, zona rural de Grão Mogol. Ele contou que havia um caminhão 124, cor branca, parado às margens da pista e um homem estava com um tambor nas mãos, como se estivesse pedindo um pouco de óleo, quando parou para ajudar, a quadrilha armada saiu do matagal e anunciou o assalto.

Posteriormente, o caminhoneiro e seu ajudante foram colocados em um veículo e levados para o matagal. Um dos bandidos assumiu a direção do caminhão, que estava carregado de ketchup e maionese.

As vítimas ficaram toda a madrugada em poder de um dos assaltantes. Eles foram liberados ao amanhecer do dia, próximo ao trevo de Padre Carvalho. O caminhão foi abandonado próximo ao local. Toda a carga foi roubada.

PM encontra cocaína escondida em mata de Salinas

Droga foi encontrada através de denúncia anônima

Na manhã dessa sexta, dia 14, uma guarnição da Polícia Militar de Salinas encontrou em uma mata grande quantidade de drogas. Conforme a ocorrência, durante policiamento rotineiro os policiais militares do 2º Pelotão receberam informações dando conta da existência de drogas escondidas, encaminhando os militares para uma trilha da mata fechada, onde foi encontrado um tablete prensado de cocaína, pesando 838 gramas.

Conforme o Tenente Vander, comandante do 2º Pelotão, os policiais encontraram também uma pedra de crack pesando 56 gramas e duas balanças eletrônicas de precisão. “Os materiais apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Salinas para as demais providências”, informou o Tenente.

Depois de denúncia anônima, PM prende um dos maiores traficantes de Taiobeiras

Objetos apreendidos na casa do autor
Na noite de quinta, dia 13, durante patrulhamento pelo bairro Planalto, a guarnição policial foi abordada por um cidadão, que não quis se identificar por medo de represálias, dando notícia da chegada de grande quantidade de drogas em uma residência da Rua Caraí.

Com a informação, os militares montaram operação e foram até a residência, quando depararam com o suspeito Maxuel de Almeida, de 20 anos, que, ao avistar os militares, correu para o interior da casa e saiu pulando muros.

A perseguição foi iniciada pelas imediações, até que um morador ligou para o 190 e informou que o autor estava escondido em uma residência na Rua São Gonçalo. Imediatamente a casa foi cercada e o suspeito foi abordado dentro do banheiro, quando recebeu voz de prisão, momento em que, segundo a ocorrência, o autor tentou reagir segurando a arma calibre 12, com munição de elastômero, do Soldado Naílson. Ambos se desequilibraram e caíram, ocasião em que ocorreu um disparo acidental, acertando o ombro direito do autor, que foi preso e levado ao Pronto Socorro.

Na residência da Rua Caraí, os militares encontraram oito buchas de maconha prontas para venda e uma porção a ser embalada, além de aparelhos eletrônicos e bicicletas de origem duvidosa.

Conforme a PM, o autor tem várias passagens por tráfico e porte ilegal de armas. No dia 12, foi lavrada uma ocorrência relatando que Maxuel teria ameaçado o Sargento Neildo Oliveira.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Agência dos Correios é assaltada pela 4ª vez na vulnerável Padre Carvalho

Cidade de Padre Carvalho é alvo fácil para os assaltantes
Na tarde dessa quinta, dia 13, dois assaltantes de moto efetuaram mais um assalto à mão armada na Agência dos Correios da pequena cidade de Padre Carvalho. No momento do assalto havia apenas um cliente e um funcionário dentro da agência, que fica localizada na Rua São Geraldo, Centro da cidade.

Os dois bandidos não tiraram os capacetes e estavam de arma em punho, um deles atingiu o funcionário com uma coronhada na cabeça. Todo o dinheiro encontrado na agência foi roubado. A quantia não foi divulgada.

Em menos de um ano, a mesma agência foi assaltada quatro vezes. O 1º assalto ocorreu na manhã do dia 07 de maio de 2013, quando dois criminosos renderam os funcionários e esperaram a abertura programada do cofre, levando todo o dinheiro. O 2º e 3º assaltos ocorreram em um intervalo de uma semana no mês de outubro de 2013, sendo que em um dos assaltos os dois ladrões, também de moto, levaram cerca de R$ 100 mil após renderam os funcionários, que ficaram trancados no banheiro.

Outros alvos – Na desprotegida Padre Carvalho os assaltantes não visam apenas a Agência dos Correios. Lá, eles atacam também todos os setores que manuseiam dinheiro. No último dia 07 de janeiro, por exemplo, o alvo foi a Casa Lotérica da cidade, onde um bandido armado aproximou da atendente e a obrigou colocar todo o dinheiro – cerca de R$ 12 mil –  dentro de uma bolsa. Toda a ação foi gravada pelas câmeras de segurança. Como sempre, evadiu de moto.

Já na madrugada do último dia 15 de janeiro, o alvo foi o caixa eletrônico da agência do Bradesco na cidade, oportunidade em que os bandidos foram ainda mais audaciosos e explodiram o caixa eletrônico da agência, levando todo o dinheiro. Conforme a Polícia Militar, cinco meliantes participaram do assalto. A quantia roubada não foi divulgada.

No último dia 30 de janeiro, o alvo foi uma farmácia e mercearia no povoado de Vacarias, zona rural de Padre Carvalho. Nessa ação, três bandidos, um deles menor de 17 anos, todos armados, roubaram R$ 807,00. Dois fugiram e o menor foi apreendido com uma arma e dinheiro.

São João realizará “Mostra do Cinema Mineiro”

O primeiro filme exibido será "O Palhaço"
Nesta sexta, dia 14, a Prefeitura Municipal de São João do Paraíso, através do Departamento Municipal de Cultura, iniciará a 1ª Mostra do Cinema Mineiro, tendo como objetivo a divulgação da produção de audiovisual do estado. O evento será realizado no auditório da Secretaria Municipal de Educação, com encerramento previsto para o dia 22 de fevereiro.

Conforme Welton Andrade, diretor do setor de Cultura no município, os vídeos são produzidos através de incentivo do programa ‘Filme em Minas’, através de uma parceria do Governo mineiro com a Cemig. “O programa visa estimular profissionais da área em todo o país”, destaca Welton.

As exibições dos filmes acontecerão nos dias 14, 15, 21 e 22 de Fevereiro, sempre às 19h:30min. “Serão exibidos filmes de curta e longa metragem, que estão divididos entre drama, comédia, animação e documentários”, anuncia Welton.

Assaltantes aterrorizam Josenópolis

Moradores de Josenópolis estão apavorados

Duas pessoas ficaram feridas e até o prefeito da cidade foi feito de refém

Por Luiz Montes


A população da pequena cidade de Josenópolis viveu momentos de terror na manhã quinta, dia 13. Por volta das 08 horas, assim que a agência dos Correios e Banco Postal foram abertos, no centro da cidade, funcionários e clientes foram surpreendidos por quatro bandidos que chegaram armados e anunciaram um assalto. Todos que estavam na agência e no banco postal foram rendidos.

Segundo informações de moradores da pequena cidade, os assaltantes foram agressivos e chegaram a atirar em duas mulheres, uma delas está grávida e ficou ferida gravemente, essa mulher foi encaminhada para o hospital de Salinas. Uma funcionária da agência também foi atingida no ouvido por um tiro e está sendo atendida no posto de saúde da cidade.

Toda ação durou 40 minutos. Além da violência, os quatro bandidos fugiram levando o prefeito José Nilson como refém, mas o prefeito fingiu ter levado um tiro e os assaltantes decidiram soltá-lo a 100 metros da agência. Uma mulher também foi tomada como refém e levada pelos bandidos. Um morador tentou acertar os bandidos com tiros de espingarda e segundo informações dos moradores um bandido foi ferido e conseguiu fugir com os demais comparsas em direção à cidade de Padre Carvalho.

Moradores relataram que a polícia só chegou até o local do assalto 20 minutos depois. Neste momento lojas e o comércio local estão de portas fechadas e a população está amedrontada.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Prefeitura de Salinas pagará servidores amanhã


Pagamentos serão disponibilizados amanhã, dia 13
O setor de Recursos Humanos da Prefeitura de Salinas acaba de informar à reportagem que o pagamento dos servidores municipais será liberado amanhã, na agência do Banco do Brasil. “O novo programa adotado pela prefeitura está sendo enviado ao banco e amanhã os pagamentos serão feitos”, informou Aline, do setor RH da prefeitura.

O dinheiro já está disponibilizado na agência, mas os pagamentos ainda foram autorizados devido a troca do sistema, motivo pelo qual ocorreu o atraso no pagamento, que geralmente é feito até o 5º dia útil de cada mês.

Segundo informações de Mauro Lúcio Dias, presidente do Sindicato dos Servidores, a direção do Banco do Brasil está aguardando a prefeitura enviar o arquivo para gerar os pagamentos. “Conforme Aroldo (sub-gerente), assim que o arquivo for enviado ao banco a geração do programa é automático”, explicou Mauro.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Investigadores pegam Naninho e interrogam Nagilton

Naninho foi preso no Centro de Belo Horizonte
As investigações em torno do Caso Fabiano não param.

Na tarde de hoje, dia 11, investigadores conseguiram prender Hernani Marinho Fernandes, o popular Naninho, de 19 anos. Ele estava foragido desde o início do mês de janeiro e foi encontrado hoje no Hotel Vitória, Centro de Belo Horizonte.

Conforme as investigações do DEOESP, Naninho teria sido o autor do disparo na cabeça do motorista Fabiano de Oliveira, vítima de assalto no último dia 30 de novembro na BR-251.

Também hoje à tarde, investigadores estiveram no Hospital de Taiobeiras para interrogar Nagilton Xavier, que foi baleado após operação de recaptura da Polícia Civil de Salinas. Ele se encontra em recuperação após cirurgia na perna.

Os esforços da Polícia agora é para tentar capturar Wagner Almeida, o popular Vazão, de 32 anos, único acusado pelo crime que permanece foragido.

Polícia não tem pistas dos assaltantes que levaram R$ 18 mil de Farmácia em Mirandópolis

Bandidos levaram R$ 18 mil em dinheiro. Foto: ilustração

A polícia – e ninguém – ainda tem pistas dos dois motoqueiros assaltantes que embolsaram R$ 18 mil em plena luz do dia no povoado de Mirandópolis, zona rural de Taiobeiras. O assalto ocorreu na Farmácia Pinho, localizada na Rua Ezequiel Bispo, por volta das 11 horas do dia 06, quando o estabelecimento estava lotado de clientes, inclusive crianças.

Conforme testemunhas, os dois assaltantes estavam numa moto Honda Falcon e usavam toucas e capacetes. No momento do assalto, os correspondentes do Bradesco estavam fazendo pagamentos aos aposentados.

Após o assalto, o proprietário do estabelecimento decidiu cancelar a prestação de serviço para o Bradesco, pois o povoado de Mirandópolis não possui guarnição policial. Com isso, os moradores terão que retornar o deslocamento à Taiobeiras para sacar os benefícios e pagar boletos. 

A Equipe de Inteligência da Polícia Militar chegou a pegar um suspeito, que teve os capacetes usados no crime reconhecidos, mas ele não confessou o crime e foi liberado.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Pestana retira pré-candidatura

PSDB mineiro demonstra unidade em torno da candidatura de Pimenta da Veiga
Ao lado de José Prates, ex-prefeito de Salinas e fiel companheiro, o deputado federal Marcus Pestana, presidente do PSDB-MG, fez hoje, na sede do partido, em Belo Horizonte, pronunciamento retirando sua pré-candidatura ao governo do Estado e declarando apoio à candidatura de Pimenta da Veiga, assim como quer o senador Aécio Neves.

No pronunciamento, Pestana pediu que os companheiros entusiastas de sua pré-candidatura faça por Pimenta da Veiga o que faria por ele. “Vamos à luta. Unidos, venceremos. Vencendo, continuaremos a transformar, com ousadia e coragem, Minas e o Brasil”, disse o deputado.

Exploração do minério está emperrada

Projetos com protocolos de intenções assinados com o Governo de Minas

ALTO RIO PARDO – Os tão propagados projetos de exploração de minério de ferro nessa região, anunciados como a nova meca da mineração, permanecem apenas nos discursos, e pelo que tudo indica, vai demorar para sair do papel. Motivo: todos os projetos estão parados, com sérias pendências de licenças ambientais, revisões e investimentos.

Inicialmente, as mineradoras falaram em investimentos de até US$ 8 bilhões de dólares e a Sul Americana de Metais (SAM), do Grupo Votorantim, era a mais animada, pois teria viabilizado US$ 3 bilhões em parceria com a chinesa Honbridge Holding, inclusive com assinatura de protocolo de investimentos junto ao Governo de Minas. O mesmo fez a Miba (Mineração Minas Bahia) e a Vale. As promessas de operação eram para 2013 e 2014, mas, até então, nada. No lugar dos milhares empregos prometidos e milhões de impostos, ficou apenas a expectativa furada.

Como o minério da região é de baixo teor de ferro e prevê mais despesas com beneficiamento, o preço atual (US$ 132 a tonelada) é um desestímulo ainda maior ao investimento, pois em fevereiro de 2011 a tonelada custava US$ 187. As mineradoras não admitem abertamente que o preço gera desânimo, geralmente elas culpam a burocracia estatal pela demora.

Em Grão Mogol, a Miba chegou a contratar 60 funcionários, mas, paralisou os trabalhos em setembro de 2013 e demitiu todos, gerando grande frustração na cidade, que sonhava com o progresso. Hoje, os moradores pouco sabem sobre o projeto de produzir 25 milhões de toneladas/ano.

A Sam ainda não “jogou a toalha”, mas os planos foram adiados para o ano de 2017. Inicialmente, planejava escoar a produção por mineroduto, inclusive chegou a traçar o trajeto até o porto de Ilhéus/BA, distante 482 quilômetros, mas parou por aí, pois algumas lideranças da região gritaram contra a inconveniência do transporte por mineroduto, em vez de ferrovia, já que a água da região é escassa.

Em audiências públicas, a SAM defendeu a construção do mineroduto e apontou como medida compensatória as construções de duas barragens. Uma no córrego do Vale, com investimentos previstos de R$ 6 milhões, e outra no rio Vacaria, de R$ 46 milhões. As barragens atenderiam a população das cidades do entorno e cerca de 12 milhões de metros cúbicos de água seriam consumidos anualmente pelo mineroduto, num prazo mínimo de 25 anos. Dois anos depois, as construções dessas barragens simplesmente sumiram do projeto, pois a SAM conseguiu junto à Agência Nacional de Águas (Ana) outorga para captação de 6.200 metros cúbicos de água por hora na Barragem de Irapé.

No calor dos anúncios mirabolantes em torno da exploração do minério, vários movimentos sociais se mobilizaram e chegaram a protestar contra as mineradoras.

O Diário Oficial do Estado publicou decreto do governador Antonio Anastasia declarando de utilidade pública áreas em nove municípios a serem desapropriadas por causa do projeto, mas a tal fase de licenciamento ambiental pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) não acaba nunca. Enquanto isso, as promessas iniciais das mineradoras estão evaporando com o calor do sertão.

Em nota, SAM afirma que projeto está em andamento
Por Gizelle Andrade

“A Sul Americana de Metais está implementando o Projeto Vale do Rio Pardo, que é um empreendimento integrado que prevê, além de uma mina e uma Unidade Industrial de Concentração do minério no norte de Minas Gerais, um mineroduto de 482 km para escoamento da produção de minério concentrado. O uso do mineroduto no Projeto Vale do Rio Pardo é vital à sua concretização, uma vez que ele viabilizou economicamente o empreendimento, pois o minério de ferro da SAM na região norte de Minas Gerais é de teor muito baixo (20%) e necessita de altos investimentos em seu processo de tratamento e concentração.

A SAM possui uma outorga, expedida em 2012, pela Agência Nacional de Águas na represa de Irapé. Situação essa que consta no licenciamento ambiental do projeto em andamento no IBAMA.

É importante esclarecer que em negociações com o Governo do Estado de Minas Gerais, a SAM assinou um Protocolo de Intenções com o Governo, e se comprometeu a construir duas novas barragens de água: a Barragem do Rio Vacarias, que é um sonho antigo da comunidade local, cujo projeto estava paralisado há várias décadas e a Barragem do Córrego do Vale.

O investimento previsto para a Barragem do Rio Vacarias é de 46 milhões de reais. A barragem do Rio Vacarias permitirá o suprimento de água para o projeto da SAM e também a disponibilização de cerca de 4.000m3/h de água para o Governo para atendimento às populações locais. Está previsto ainda, um investimento de R$ 8,5 milhões em um projeto de irrigação a ser desenvolvido em parceria com o Governo de Minas. O investimento para a Barragem do Córrego do Vale é de 6 milhões de reais e ela disponibilizará água para fornecimento ao Vale das Cancelas, comunidade na região de atuação da SAM.

A SAM está realizando os estudos necessários para implementar estas barragens. O processo de licenciamento ambiental da Barragem do Rio Vacarias está em andamento junto ao Estado de Minas Gerais, uma vez que seu EIA/RIMA (Estudo de Impacto ambiental e relatório de impacto no meio ambiente) já foi contratado e está em fase de elaboração e segue termo de referência da Secretaria estadual de Meio Ambiente. A Barragem do Córrego do Vale já integra o licenciamento do Projeto Vale do Rio Pardo. Além disso, a SAM também está elaborando o projeto conceitual de engenharia das barragens, etapa importantes para a sua implementação”.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Um dos acusados no ‘Caso Fabiano’ é baleado durante operação de recaptura

Nagilton será operado no Hospital de Taiobeiras

Na tarde desse domingo, dia 09, a Polícia Civil de Salinas, durante operação para recapturar um dos acusados de envolvimento no caso do caminhoneiro Fabiano, acabou baleando, na perna, Nagilton Xavier de Oliveira, 34 anos. Segundo informações, foram dois tiros, pois o acusado teria tentado fugir.

Os acusados Nagilton e Antonio Marcos Gomes Cardoso, o popular Marquinho, teriam conseguido, através de liminar, um alvará de soltura, mas, pouco tempo depois, o alvará foi cancelado e a Polícia Civil voltou a montar operação para prendê-los novamente.

Na tarde deste domingo, os policiais abordaram Nagilton na Avenida Antônio Carlos, bairro São Geraldo, quando, segundo informações, houve tentativa de fuga e foram efetuados os disparos nas pernas. Já Marquinho, segundo fonte, foi preso na rodoviária de Montes Claros.

Em contato com a reportagem, Dr. Fábio Leônidas, advogado de Nagilton, não soube explicar o que realmente aconteceu. “Só amanhã terei condições de checar os autos e conferir os estranhos procedimentos”, disse o advogado.

Ainda conforme Dr. Fábio, Nagilton foi socorrido no Hospital Municipal de Salinas e não corre risco de vida. Ele será transferido para o Hospital de Taiobeiras, onde será submetido a uma cirurgia.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Tático Móvel de Taiobeiras realizou quatro importantes operações em janeiro

Soldado Magalhães, Sargento Lauro e Soldado Naílson: Tático Móvel apresenta resultados para a sociedade
A Guarnição Tático Móvel, da Polícia Militar de Taiobeiras, comandada pelo Sargento Lauro e composta pelos Soldados Naílson e Magalhães, registrou importantes ocorrências durante o mês de janeiro de 2014, dentre elas, destaque para a prisão, no dia 03, do foragido da justiça Arley Barbosa dos Santos, o popular Naninha, que recebeu o indulto de natal na penitenciária de Unaí e não retornou no prazo estipulado. Ele é considerado de alta periculosidade e estava escondido em Taiobeiras.

Em outra ocorrência, no dia 14, a guarnição também conseguiu êxito na captura do foragido Marclúsio Alves Ramos, o popular Cuínha, que estava foragido da penitenciária de Montes Claros, também após receber indulto de natal. “Para conseguirmos capturá-lo tivemos de fazer um grande trabalho de monitoração, pois Cuínha é um indivíduo perigoso e possui vários comparsas na cidade”, explicou o Sargento Lauro, informando ainda que o foragido já estava aliciando menores para execução de furtos.

Já no dia 25, o Tático Móvel conseguiu prender em flagrante Jerry Adriano Pereira, acusado de ser o autor de um assalto na estrada que liga Taiobeiras à comunidade do Barreiro, ocasião em tomaram a motocicleta da vítima. Conforme a ocorrência, Jerry e um comparsa menor de idade foram flagrados após rastreamentos e a moto recuperada.

No dia seguinte, 26, a guarnição flagrou três menores com uma motocicleta tomada em assalto dias antes na estrada que liga Taiobeiras à Fruta de Leite. Eles tinham escondido o veículo em uma casa abandonada no bairro Planalto. Como não confessaram o assalto, foram apreendidos pelo crime de receptação.

O patrulhamento do Tático Móvel tem por missão atuar preventiva e/ou repressivamente contra a chamada "criminalidade violenta". A patrulha tem ágil deslocamento e atua diuturnamente, sempre com armamento pesado. “Com muito empenho, temos conseguido êxito em várias ocorrências e colocado vários infratores à disposição da Justiça”, destaca o Sargento Lauro.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Tático Móvel da PM flagra crianças de 10 e 12 anos que arrombaram boutique em Taiobeiras

Nos últimos dias foram registrados mais de 10 arrombamentos em Taiobeiras
É de assustar!!!

Na noite de ontem, a Guarnição Tático Móvel da Polícia Militar de Taiobeiras, comandada pelo Sargento Lauro, conseguiu identificar e apreender três crianças que destruição a vitrine da loja ‘Xica Bakana’, localizada na Avenida da Liberdade, Centro da cidade. Já são mais de 10 arrombamentos nos últimos dias.

Dessa vez, a destruição ocorreu por volta das 22 horas. As três crianças, uma de 10 anos e duas de 12 anos, atiraram uma pedra contra a porta de vidro e conseguiram levar dezenas de calças jeans e blusas de grife, avaliadas em R$ 6 mil.

Rapidamente, o Tático Móvel fechou o cerco e passou a abordar os suspeitos, até que conseguiu localizar as crianças e as roupas, que estavam escondidas em um terreno baldio da Rua Pompeu. Por força da Lei, a criança de 10 anos, sequer, pôde ser levada à Delegacia, mas já possui várias passagens pela polícia.

Em outra ocorrência, registrada recentemente, as mesmas crianças foram flagradas com uma arma de fogo. As 51 peças furtadas foram recuperadas.
Crianças tinham escondido as peças em um terreno baldio

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Projeto que visa aumento de 15% para servidores da Câmara de Salinas será votado hoje

Vereador João de Deus considera aumento abusivo


Na noite de hoje, dia 03, os vereadores de Salinas debaterão o Projeto de Lei 001/2014, que visa reajustar os vencimentos dos servidores comissionados e efetivos da Câmara Municipal. O Projeto, apresentado pela Mesa Diretora, visa reajuste médio de 15% nos salários, tendo como justificativa a correção de situações injustas e a valorização profissional. A Mesa Diretora ressalta também que o projeto tem respaldo nos relatórios de impacto financeiro e orçamentário emitido pela contabilidade da Câmara.

Mesmo antes da votação, o Projeto já gera polêmica, pois o vereador João de Deus, popular João Pela, declarou que o aumento de 15% é abusivo, pois os mesmos salários já tiveram reajuste de 12% no ano anterior. “Se continuar desta forma em breve teremos os super salários na Câmara de Salinas”, declarou o vereador. “Não sou contra o reajuste, mas sim contra o aumento abusivo, temos que defender o dinheiro do povo salinense”, emendou João Pela.

sábado, 1 de fevereiro de 2014

PM prende dupla que estava aterrorizando Fruta de Leite e Padre Carvalho

Policiais que participaram da operação

Através de operação conjunta, policiais militares de Fruta de Leite e Padre Carvalho conseguiram prender um menor e um jovem, identificado por Fábio Júnior (foto), acusados de efetuar vários assaltos na região, especialmente em comércios às margens da BR-251.

Conforme a Polícia Militar, os suspeitos são membros de uma quadrilha de Padre Carvalho, e foram presos após assalto a uma mercearia no povoado de Campim. Eles também são acusados de assaltar o Posto Solar e comércios de Vale das Cancelas.

Ainda conforme os militares, os dois suspeitos estavam armados com uma espingarda calibre 12 e um revólver 32. Segundo levantamentos da PM, os vários assaltos ocorridos nas imediações têm os mesmos ‘modus operandi’ e foi usada a mesma moto.
Autor Fábio Júnior é suspeito de vários assaltos, juntamente com um menor, que também foi flagrado