Facebook

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Jovem de 17 anos é executado com seis tiros em Taiobeiras

Corpo de Warley é encaminhado pelos agentes funerários. Não existem pistas dos autores

Na manhã de hoje, dia 31, a Polícia Militar de Taiobeiras registrou outro homicídio no bairro Planalto. A vítima é Warley Braga dos Santos, o popular “Quem-quem”, de 17 anos, que foi encontrado em um terreno baldio da Rua Guaxupé, com seis tiros pelo corpo.

Moradores das imediações contam que ouviram os tiros por volta das 22 horas de ontem, mas ninguém acionou a polícia e o corpo só foi encontrado ao amanhecer de hoje, quando a PM foi avisada.

O perito Bruno, acompanhado do agente Reginaldo, fez os levantamentos de praxe e o corpo foi liberado. Como sempre, o delegado da Polícia Civil, Alessandro da Silva, não compareceu no local do crime.

Rafael é transferido para o Hospital Aroldo Tourinho

Além da lesão na coluna, Rafael reclama de dores na clavícula
Na madrugada de hoje, por volta das 04 horas, Rafael Ramos da Cruz, de 48 anos, uma das vítimas que caiu em um poço da comunidade Lagoa Grande, zona rural de Taiobeiras, foi transferido para um leito do Hospital Aroldo Tourinho, em Montes Claros. Ele estava internado no Hospital de Taiobeiras desde o dia 27, onde aguardava a vaga para tratar de uma lesão na coluna.

Companhia de Taiobeiras conta com Aspirante feminina

Aspirante Juliana é egressa da 1ª Turma de Oficiais da PM
Pela 1ª vez, a Companhia Independente da Polícia Militar de Taiobeiras conta com uma Aspirante feminina. Juliana Alves de Souza, natural de Salinas, é formanda da 1ª Turma de Oficiais da Polícia Militar que teve como requisito para ingresso o Bacharelado em Direito. Ela iniciou na PM em 2002 e formou-se em Direito pela Unimontes em 2006. Já em 2011 fez curso para Sargento e no final de 2012 tornou-se Aspirante. “A Companhia de Taiobeiras é muito boa para trabalhar, pois aqui passamos por todas as funções, tornando-se uma oportunidade única de colocar em prática os conhecimentos adquiridos na Academia, colaborando assim com a melhoria da Segurança Pública e ganhando experiência profissional e pessoal”, disse Juliana.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Rafael continua no Hospital de Taiobeiras aguardando leito em Montes Claros

Rafael está dependendo de uma vaga na Santa Casa de Montes Claros

É angustiante a situação de Rafael Ramos da Cruz, de 48 anos, uma das vítimas que caiu em um poço da comunidade Lagoa Grande, zona rural de Taiobeiras. Desde a noite do dia 27 que ele está internado no Hospital de Taiobeiras, com fratura na coluna, esperando uma vaga na Santa Casa de Montes Claros.

Em contato com a direção do Hospital Santo Antonio, a reportagem foi informada que Rafael está internado e recebendo todos os cuidados necessários, mas, até então, não surgiu a abertura de um leito para a sua transferência. “É melhor ele ficar aqui recebendo medicação e os cuidados necessários do que ir para Montes Claros sem a vaga garantida”, explicou Edinei Brito, diretor do hospital, que garantiu ainda humanização no atendimento.

A esposa de Rafael, Rosimeire dos Santos, que presenciou o acidente, relata que a situação é muito difícil e não acha ninguém para ajudar, pois tudo que precisa ser feito deve ser em Montes Claros. “Rafael está sentindo muitas dores e precisa do atendimento de um neurocirurgião, mas não acha vaga em Montes Claros. Não sei mais o que fazer”, disse a esposa, informando também que Rafael reclama de dores na clavícula e na bacia.

Muitas das vezes, o paciente é transferido para Montes Claros na “vaga zero” e quando chega à Santa Casa não encontra leito disponível e acaba ficando nos corredores ou no Pronto Socorro, caso de Fernando Antonio dos Santos, que também caiu no poço e está em Montes Claros desde a tarde do dia 28 esperando por um leito.

No Hospital de Taiobeiras também acontece de receber pacientes das cidades vizinhas na “vaga zero”, mas, quando não existe leito disponível, a direção encaminha o paciente para internação, através de necessário trabalho de humanização. Já em Montes Claros, o caos é total.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Fernando aguarda vaga na Santa Casa de Montes Claros

Foto do vendedor Fernando e do momento do resgate. Ele está na Santa Casa de Montes Claros à espera de leito
O vendedor Fernando Antonio dos Santos, 30 anos, que caiu em um poço de 30 metros de profundidade na comunidade de Lagoa Grande, está em uma sala de emergência da Santa Casa de Montes Claros com suspeita de fratura na coluna. Ele foi encaminhado ontem e chegou à Santa Casa por volta das 14 horas, mas até o momento não existe leito disponível para atendê-lo.

Fernando caiu no poço juntamente com outras duas pessoas: Rafael Ramos, de 48 anos e Kemilly Souza, de 07 anos. Os três foram resgatados pela Polícia Militar.

Os familiares estão desesperados, pois Fernando perdeu o movimento das pernas. Em contato com a reportagem, o irmão Djairo dos Santos, que está acompanhando Fernando em Montes Claros, relatou que não está, sequer, recebendo informações da Santa Casa. “Desde ontem Fernando está numa maca tomando soro e eles fizeram apenas exame de sangue”, disse Djairo.

O Secretário de Saúde de Taiobeiras, Eduardo Luiz, explicou para a reportagem que Fernando foi transferido via Central de Regulação do Samu, pois está com suspeita de fratura na coluna. “Ele foi para a vaga zero e assim que surgir uma vaga ele sobe para o leito, enquanto isso, está recebendo os cuidados necessários e medicação”, informou Dr. Eduardo, explicando ainda que a medicação visa combater a inflamação na medula para operação, caso necessário.

Familiares procuraram a redação de Jornal Folha Regional para reclamar que Fernando não deveria ter sido transferido para Montes Claros sem o leito garantido. Eles estão preocupados com a demora no atendimento, fato que pode comprometer ainda mais o quadro clínico.

Conforme relatos do próprio Fernando, quando estavam no fundo do poço, ele e Rafael perceberam a ausência da menina Kemilly, de 07 anos, que estava enterrada na lama. Mesmo com a coluna fraturada, Fernando conseguiu remover o lamaçal e puxar a criança, que já estava quase afogando.

A criança passa bem e Rafael continua internado no Hospital de Taiobeiras a espera, também, de uma vaga em Montes Claros.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Militares de Taiobeiras resgatam três pessoas de um poço

Militares resgatam vítima com ajuda de populares
Exclusivo: em ato de heroísmo, Tenente Fernando usa rapel para salvar vítimas


Numa ação espetacular, militares de Taiobeiras, com o apoio do SAMU, conseguiram resgatar uma criança e dois homens de um poço com profundidade de 30 metros na comunidade de Lagoa Grande, zona rural do município.

Conforme a ocorrência, a criança Kemilly Sabrinny Santos Souza, de 07 anos, acompanhada de Rafael Ramos da Cruz, 48 anos e Fernando Antonio dos Santos, 30 anos, andavam por um terreno em obras quando caíram no poço, que estava tampado com vigas e lajotas.

Após resgate, Kemilly estava com sintoma de hipoglicemia
A dona de casa Rosimeire dos Santos, mãe da criança Kemilly, também estava no terreno e acionou a Polícia. “As vítimas estavam em choque e ainda não tiveram condições de relatar como ocorreu o acidente”, informou Cabo Clemente.

O Samu também chegou ao local, mas com a profundidade do poço, seria necessário o acionamento do Corpo de Bombeiros, mas, por sorte da família, o Tenente Fernando, comandante do pelotão, possui treinamento e equipamentos específicos para este tipo de resgate. Rapidamente ele chegou ao local e desceu no poço com um rapel, conseguindo resgatar as três vítimas com vida, demonstrando incrível técnica. “O Tenente amarrou as vítimas no rapel e nós, com a ajuda de populares, arrastamos para fora do poço”, explicou Cabo Clemente, que estava acompanhado Sargento Trindade.

Todas as vítimas sofreram graves ferimentos e foram socorridas no Pronto Socorro do Hospital Santo Antonio, onde estão recebendo o tratamento necessário.
Heróis: Tenente Fernando e Sargento Trindade após o resgate das vítimas

Susto no ‘Viva Vida’ de Taiobeiras: patinador tenta raptar criança de 08 anos

Criança estava brincando nessa praça quando foi levada por patinador

A advogada Helenice Mendes Miranda, de Taiobeiras, fez contato com a reportagem para relatar o terrível drama vivido pelo seu neto K.M.L.V, de 08 anos, ao anoitecer de ontem, dia 26, quando brincava na Praça Viva Vida. “Aconteceu um absurdo e por isso estou acionando a Imprensa e cobrando investigação”, disse a advogada.

Ela relatou que seu neto estava na praça com a mãe de três amiguinhos. Eles jogavam futebol na quadra. De repente, a criança sumiu. Momento depois retornou chocado, contando que tinha sido capturado por um homem forte, moreno, usando bermuda e patins. “Ele tampou a minha boca, me colocou nas costas e saiu correndo”, contou a criança, dizendo ainda que conseguiu morder a mão do patinador duas vezes e se livrar. “Quando comecei a correr, ele tirou uma faca”, relata o menino.

A confusão chamou a atenção das pessoas que passavam pela rua e o patinador evadiu. A criança retornou correndo para o Viva Vida, quando a avó Helenice chegou para pegá-lo e ficou sabendo da história. A Polícia Militar foi acionada e iniciou rastreamentos, mas nenhuma pista do patinador foi encontrada.

O menino mora em Belo Horizonte e estava passando férias com a avó em Taiobeiras. Hoje de manhã, Dra. Helenice o levou para Montes Claros, onde embarcou de volta para a casa da mãe Vanessa Miranda Lima. “Amanhã retornarei à Taiobeiras e cobrarei investigação do caso, pois isso não pode voltar a acontecer com outras crianças que frequentam a Praça”, disse a advogada.

Advogados garantem inocência de Alex Zoí

Exclusivo: advogados afirmam que estudante não teve nenhum envolvimento com a morte do caminhoneiro

Dr. Adriano: "Ele vai provar sua inocência"

A prisão temporária do estudante Alex Power Caldeira, o popular Alex Zoí, de 27 anos, foi revogada após 15 dias. Segundo seus advogados, ficou provado que Alex não teve envolvimento com o latrocínio do caminhoneiro Fabiano de Oliveira, morto após assalto no último dia 30 de novembro na BR-251.

Conforme o advogado Adriano Cardoso, o inquérito está tramitando em sigilo e nada foi relatado ainda, mas está claro que Alex não teve nenhuma participação no latrocínio do caminhoneiro. “A defesa não apresentou o contraditório ainda, mas não há elementos para indiciamento por envolvimento no crime”, informou Dr. Adriano, explicando que Alex é citado apenas pelo crime de favorecimento, já que emprestou o seu apartamento para os acusados. “Não existem indicativos para indiciamento por latrocínio ou roubo de cargas”, emendou.

O advogado Antonio Januzzi explicou para a reportagem que o delegado do Deoesp, Hugo Arruda, responsável pelas investigações do latrocínio, optou pela revogação da prisão temporária de Alex por entender que não tinha indícios de participação no crime. “No momento em que Alex emprestou o apartamento para os amigos acusados, ele não sabia do crime e o Deoesp ainda não tinha chegado à região”, explicou Dr. Januzzi, dizendo ainda que questionará o crime de favorecimento na Justiça, pois não houve dolo ao emprestar o apartamento. “A prisão temporária para crimes hediondos tem prazo de 30 dias e meu cliente foi solto com 15 dias, pois não existe nenhum indício de sua participação no inquérito, prova disso é que foi solto antes do prazo”, completou.

Os advogados destacam ainda que Alex é réu primário, tem bons antecedentes e não representa nenhuma ameaça para a sociedade, além de está disposto a colaborar com a Justiça em eventuais novos esclarecimentos, sem atrapalhar a conclusão das investigações. “Ele vai provar a sua inocência, pois não contribuiu em nada no crime”, garante Dr. Adriano.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Vice-prefeito defensor da Saúde e amante do Esporte

Vice-prefeito Adaildo: desenvoltura na Saúde e Esporte

Após a final do 6º Campeonato Municipal de Futebol de Curral de Dentro, a reportagem do Jornal Folha Regional entrevistou o vice-prefeito Adaildo Rocha, que também é secretário de Saúde e voluntário nas realizações de eventos esportivos na cidade. O vice-prefeito falou sobre as dificuldades e conquistas no setor de Saúde, além do prazer de colaborar com as promoções do setor de Esporte.

FR – Depois de sete anos à frente da Secretaria de Saúde de Curral de Dentro, qual o balanço que você faz dos trabalhos realizados?
Adaildo – A maior dificuldade foi a falta de experiência no início, mas com o apoio do então prefeito Tião Muquiba, que me deu total autonomia para trabalhar, aos poucos os resultados foram aparecendo. Destaco também o suporte técnico da rede de Saúde da região e apoio dos profissionais que trabalham e se dedicam ao município. Na época, o município não tinha nenhuma Unidade Básica de Saúde, não tinha laboratório de análises clínicas e faltava atendimento básico em Maristela. Diante disso, trabalhamos muito e hoje temos três Unidades de Saúde, com completa equipe de profissionais. Também montamos o Laboratório, que realiza todos os exames básicos. E, hoje, Maristela possui o Programa de Saúde da Família, que é fundamental para a Atenção Básica de Saúde. Portanto, acredito que o balanço é altamente positivo.

FR – Diante de tantas crises financeiras, como você encara os desafios da Saúde?
Adaildo – Desde a gestão do amigo Tião Muquiba aprendemos que o recurso público é pouco e, às vezes, demora muito a chegar, então temos que trabalhar dentro das prioridades. Buscamos desenvolver trabalhos voltados para a qualidade de vida das pessoas, mas, muitas das vezes, o momento não nos oferece condições de fazer o que realmente gostaríamos. Hoje, com o prefeito Hermilino, nosso desafio é manter as ações básicas, como assistência médica, farmacêutica e atendimentos e exames especializados fora do domicílio, sempre priorizando a qualidade dos serviços prestados. Quem acompanha os noticiários sabe que as dificuldades do setor de Saúde acontecem no Brasil inteiro e não é só em Curral de Dentro, mas, mesmo com os poucos recursos encaminhados pelos governos estadual e federal, estamos sendo multiplicadores de ações.

FR – Você trabalhava como professor e no setor de Esportes, então como adentrou no setor de Saúde?
Adaildo – No ano de 2005, o então prefeito Tião Muquiba, ao assumir a prefeitura, me nomeou como Coordenador do Setor de Esportes, ocasião em que realizamos muitas ações e eventos, elevando a auto-estima dos amantes do esporte. Com isso, ganhamos reconhecimento em todo o Norte de Minas, pois fomos campeões da Copa Intertv de Futsal e obtivemos boas colocações em outras competições. Neste período, o Setor de Saúde atravessava problemas de gestão e os secretários nomeados não conseguiam dar prosseguimento aos trabalhos. Diante disso, em 2007 Tião Muquiba me convidou para assumir a Secretaria de Saúde, pois viu a minha capacidade de gestão. Inicialmente, muitos criticaram, mas o desafio foi encarado com muita seriedade e desejo de oferecer uma saúde pública de qualidade. Nós dois tínhamos o mesmo desejo: cuidar do nosso povo. E fizemos isso juntos. Hoje, depois de sete anos, o sentimento é o mesmo, pois nossa missão, agora sob comando de Hermelino, é atender o clamor de um cidadão que busca por uma solução para o seu problema.

FR – Vivemos em um país capitalista e você como vice-prefeito não pode acumular renumeração, então, o que te leva a trabalhar na Secretaria de Saúde sem receber salário?
Adaildo – Sempre defendi a tese que não precisamos provar para ninguém quem você é. As suas ações responderão por você. O município vive em crise financeira e não seria justo, com a experiência que tenho, ficar em minha casa sem fazer nada, apenas recebendo o salário de vice-prefeito. Minha missão é colaborar e me sinto muito bem quando sou procurado para ajudar alguém. Por isso, pretendo continuar colaborando na administração da cidade enquanto o prefeito Hermelino entender que posso ser útil.

FR – Mesmo sendo Secretário de Saúde, que exige grande dedicação, como você consegue tempo para promover os Esportes?
Adaildo – O esporte é minha paixão. Sou formado em Educação Física e vejo no esporte o maior elo entre os homens e as boas ações. A prefeitura ainda não nomeou um responsável pelo setor, enquanto isso, vamos realizando alguns eventos. Mas isso só é possível porque tenho o apoio da minha família, uma boa equipe que trabalho na Saúde, o apoio incondicional do prefeito Hermelino e, acima de tudo, muita vontade de fazer diferente. Acho que o segredo está no querer, e sempre quis e vou escrever o meu nome na história de Curral de Dentro, sempre colaborando com todas as áreas. Afinal de contas, foi para isso que fomos nomeados pelo povo.

FR – Depois de sete anos à frente da Saúde, qual é o maior desafio?
Adaildo – Podemos citar vários, mas acredito que o individualismo e a inveja sejam uns dos principais vilões do mundo de hoje. Precisamos nos conscientizar que as ações são coletivas e, se todos fizerem a sua parte, com certeza, o resultado será positivo. O Setor de Saúde é complexo e demanda muitos recursos financeiros e profissionais, por isso, precisamos encarar os desafios com Deus em nossos corações, pois as demandas são diárias. Tenho a consciência tranquila de que faço o possível para resolver os problemas e se algo não der certo, pode ter a certeza que não foi por falta de esforço.

FR – Quais são suas metas para 2014? 
Adaildo – Acredito que as coisas vão melhorar, espero que consigamos realizar um trabalho digno da confiança que obtivemos do nosso povo. Não podemos pensar em agradar meia dúzia de pessoas, precisamos é fazer o que é certo e que traga benefícios para toda população. Precisamos unir os poderes, pois entendo eu que toda instituição ou entidade tem uma finalidade, que é prestar serviço de qualidade à população. Precisamos trazer o povo para mais próximo da administração, para ter participação direta. Sempre vamos ouvir críticas, umas com razão, outras por inveja, mas o que vai distinguir uma da outra é a nossa consciência. Neste ano queremos estender as nossas ações para todo o município, com qualidade nos serviços de saúde básica para todos, além de intensificar os trabalhos voltados para os grupos especiais, como: hipertenso, diabéticos, gestantes e saúde na escola.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Taiobeiras ganha Base Avançada do Samu

Autoridades fazem o descerramento da placa inaugural
Na manhã dessa quarta, dia 22, o Secretário de Estado de Saúde, Alexandre Silveira e o prefeito de Taiobeiras, Danilo Mendes, acompanhados por lideranças locais e regionais, inauguraram uma Base Avançada do SAMU Macro Norte na cidade. A unidade irá dar suporte a 16 municípios que fazem parte da microrregião Alto Rio Pardo, beneficiando uma população de mais de 200 mil pessoas, além de atender às ocorrências de acidentes de trânsito da BR 251.

Na obra foram investidos mais R$ 300 mil em recursos estaduais. A unidade terá uma equipe de socorristas composta por vinte e seis profissionais, sendo seis técnicos de enfermagem, dez condutores-socorristas, cinco enfermeiros e cinco médicos.

Na base, os profissionais irão contar com uma estrutura equipada com câmeras de segurança, sistema de comunicação, almoxarifado para armazenamento de medicamentos e insumos, local de desinfecção de material médico-hospitalar adequado, sala de prescrição, sala de desestresse, local adequado para estacionamento e higienização das ambulâncias.

Nova Base conta com completa infraestrutura
Em entrevista ao Folha Regional, o secretário Alexandre Silveira disse que o Samu é um dos mais belos projetos de saúde pública do Brasil. “No momento mais difícil da preservação da vida humana, especialmente em acidentes, temos profissionais capacitados e estrutura para socorrer os cidadãos”, ressaltou o secretário.

Entrevista e reportagem completa na próxima edição do Jornal Folha Regional.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Raridade nacional: vereador de Salinas abre mão do 13º salário

Vereador Eilton, de Salinas, encaminha ofício ao presidente abrindo mão do recebimento do 13º salário durante todo o mandato
Revoltado com a aprovação e sanção do Projeto de Lei que criou o 13º salário para políticos de Salinas, o vereador Eilton Santiago notificou a presidência da Câmara Municipal, através do ofício nº 002/2014, recusando o recebimento do benefício, no qual o vereador considera imoral e vergonhoso. “Solicito de Vossa Excelência que autorize o Departamento Pessoal a não executar o pagamento da gratificação natalina junto ao meu subsídio do mês de dezembro”, disse o vereador Eilton Santiago no ofício encaminhado ao presidente Dorivaldo Ferreira, popular Dorinha.

Eilton deixou claro ainda que, a notificação é válida até o final do seu mandato, em caráter irrevogável. “Não quero o 13º salário por que existem outras prioridades para aplicação do dinheiro público em Salinas”, declarou o vereador, que também nunca gastou os recursos da verba indenizatória mensal, no valor de R$ 1.000.

A Lei nº 2.392, que altera a Lei Municipal nº 2.325/2012, aprovada através do Projeto nº 057, foi promulgada no último dia 10 pelo presidente Dorinha. O projeto institui pagamento de 13º salário para vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais de Salinas.

O projeto foi aprovado por oito vereadores no último dia 19 de dezembro e encaminhado para sanção do prefeito Kinca Dias, que não se manifestou pela sanção ou veto no prazo de 15 dias, sobrando para o presidente Dorinha fazer a promulgação da Lei com base no Inciso 7º do artigo 81 da Lei Orgânica Municipal.

Policiais de Taiobeiras usarão taser

Policiais foram capacitados para usar a nova arma

Três policiais da Companhia da Polícia Militar de Taiobeiras receberam treinamentos em Montes Claros para utilizarem instrumentos de menor potencial ofensivo. Um dos focos é o manuseio do taser, arma de imobilização por pulso elétrico e pode fazer disparos de um até cinco segundos. É uma arma de incapacitação neuro muscular e utiliza uma tecnologia que reproduz os impulsos elétricos produzidos pelo cérebro humano, fazendo com que a pessoa seja incapacitada instantaneamente.

Conforme o tenente Rodrigo Saldanha, que ministrou o curso, a taser deve ser utilizada em situações de menor perigo, nas quais não é necessário o uso da arma de fogo. O equipamento pode ser usado em pessoas com marcapasso, já que não afeta o coração. Como parte do treinamento, os equipamentos são utilizados nos militares para que eles tenham a real noção dos efeitos.
Taser imobiliza o infrator

Tenente Saldanha exemplifica que se uma arma de choque fosse utilizada no caso de um criminoso armado, a resposta dada pelo corpo permitiria que ainda houvesse um disparo, já o teaser paralisaria os movimentos, impossibilitando o tiro. "Em uma ocorrência os primeiros a chegar são os militares que estão na viatura básica, eles têm que saber como agir para dar uma primeira resposta, até a chegada da tropa especializada", explicou o instrutor.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Ex-Guarda Mirim de Salinas é o “campeão’ do vestibular da Unimontes

A meta de Weliton é atuar na Pediatria
Por Leia Oliveira

Primeiro lugar geral no 1º Processo Seletivo/2014 da Universidade Estadual de Montes Claros, Weliton Durães foi aprovado para o curso de Medicina. Ele conquistou 214,29 pontos em 230 possíveis. Inscrito na categoria de egresso de escola pública – carente, concluiu o ensino médio na Escola Estadual Coronel Idalino Ribeiro, em Salinas, onde nasceu. Aos 26 anos, enfatiza que o ingresso na Unimontes é a realização de um sonho de vida. “Estou entrando numa instituição que é referência na região e que permite que pessoas como eu tenham acesso ao ensino superior”, disse Weliton. E completou: “Por isso, agradeço à minha família e a Deus, em especial, que é a fonte principal de meu conhecimento”. 

O “campeão” do vestibular da Unimontes fez questão de contar sua história de vida até a conquista da vaga. Considera o primeiro lugar “um exagero”, mas, ao mesmo tempo, o vê como um troféu diante de inúmeras adversidades. De família humilde, Weliton teve que trabalhar aos sete anos para ajudar em casa. “Vendia salgados e sucos nas ruas, mas nunca abri mão dos estudos. Depois entrei para a Guarda Mirim de Salinas, que é um projeto social no qual jovens carentes se tornam aprendiz em bancos, escritórios e empresas”, relatou.

Weliton revela que o interesse pela Medicina foi despertado depois de traumas pessoais: a doença degenerativa do avô e uma crise de convulsão que o seu pai teve em casa. “Já era para eu ter saído de casa, mas me atrasei e foi justamente neste tempo a mais que fiquei por lá que o meu pai passou mal. Eu que o socorri com massagem cardíaca e respiração boca a boca. Conseguir salvar a vida dele”. Nos exames a seguir, seu pai teve detectada uma disritmia cerebral, mas sem sequelas.

O mal súbito do pai o fez adiar um sonho: de se mudar para Montes Claros e tentar o ingresso num curso superior. Somente um ano depois se mudou para tentar um vestibular. Não conseguiu a vaga em Medicina, mas foi aprovado em Odontologia, na própria Unimontes. Weliton chegou a vender doces na Universidade para custear os gastos extras. Neste intervalo, se casou.

Um ano e meio depois de cursar as aulas de Odontologia, apesar com os atropelos - como ele mesmo diz, Weliton desistiu do curso. “Eu queria mesmo era Medicina; um objetivo de vida. Durante um ano acordava às seis da manhã e dormia às onze da noite, todos os dias. Era apenas os livros e eu, em casa. Só minha esposa trabalhava e tive que contar com a ajuda da família para comer, me vestir, calçar; praticamente tudo. Minha esposa só  conseguiu trabalho há seis meses”.

Segundo ele valeu a pena. “Quero não ser mais um acadêmico de Medicina, quero fazer diferença”. Nos planos, se tornar um cirurgião e pediatra. “Ainda não tenho filhos, mas gosto muito de crianças. A pediatria é uma área carente de profissionais. Mais um motivo para ter um compromisso com a causa”.

Programa Ver Minas chegará a Taiobeiras

Ação presta serviços oftalmológicos em unidades móveis
Programa fará cirurgias de catarata gratuitamente. Foto: Henrique Chendes
Moradores de Taiobeiras vão ter acesso ao programa Ver Minas a partir de segunda-feira, dia 20. As unidades móveis vão estar na cidade atendendo a população acima de 50 anos. O objetivo do programa é diagnosticar e reduzir a prevalência da catarata e de outras doenças oculares na população com dificuldade de acesso aos serviços e em regiões que não dispõem de prestador para as consultas e cirurgias oftalmológicas.

Os exames serão realizados em duas carretas, uma equipada com consultório e sala para exames e outra com uma sala de cirurgia. A equipe é composta por 11 médicos oftalmologistas, 01 médico anestesista, 01 Psicóloga, 02 Enfermeiras, 10 Técnicos de Enfermagem, 60 Técnicos Auxiliares, 01 Técnico em Tecnologia da Informação e 01 Técnico em Eletricidade.

Os atendimentos em Taiobeiras vão até o dia 27. Já em fevereiro, entre os dias 18 e 25, o programa atenderá a população de Francisco Sá.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Projeto obriga bares e restaurantes disponibilizarem canudos em embalagens individuais

Conforme projeto, canudos devem ter embalagens individuais
Projeto do deputado Arlen Santiago foi sancionado e entrará em vigor no próximo mês de abril


Proprietários de bares, restaurantes, lanchonetes, entre outros estabelecimentos, terão até o final de abril, para fornecerem canudos separados individualmente em embalagens fechadas. A proposta, de autoria do deputado estadual Arlen Santiago, já foi sancionada pelo governador Antonio Anastasia e publicada no Diário Oficial do Estado.

A proposição tem como objetivo evitar a contaminação por partículas do ambiente e micro-organismos provenientes do contato com as mãos dos consumidores e, ainda, a indevida reutilização.

Pesquisas recentes detectaram, por meio de testes laboratoriais, a presença de contaminação com coliformes fecais, bactérias e fungos, nos canudos plásticos, sendo encontrados em um único exemplar mais de 10 mil micro-organismos, o que representa 90% de sua superfície.

Segundo Arlen Santiago, que também é médico, “apesar da aparência inofensiva e o costume que temos em usá-lo, um simples canudo plástico pode provocar no consumidor infecções gastrintestinais como diarreia, vômitos e dores abdominais intensas. Pessoas com sistema imunológico debilitado, com alguma lesão na mucosa bucal, como gengivite, afta ou herpes labial, são as mais vulneráveis a uma contaminação direta”.

É por meio das mudanças de pequenos hábitos que conseguiremos uma melhoria da saúde da população, evitando assim, a sobrecarga do sistema público de saúde do Estado”, concluiu o Deputado.

Em Vargem Grande, bandidos explodem caixa eletrônico e levam R$ 24 mil

Agência do Bradesco de Vargem Grande ficou totalmente destruída. Foto: Edimar Rocha

Na madrugada de hoje, dia 16, por volta das 03 horas, cinco bandidos explodiram um caixa eletrônico do Bradesco, localizado na Rua Gregório Braz, nº 138, Centro de Vargem Grande do Rio Pardo. A explosão destruiu totalmente a agência.

Conforme testemunhas, os bandidos estavam em um carro sedan escuro, mas ninguém conseguiu anotar a placa ou fornecer maiores informações. Conforme informação da Polícia Militar, foram roubados cerca de R$ 24 mil e a fuga foi sentido às cidades de Montezuma e Santo Antonio do Retiro.

Religiões: Encontros, desencontros, diálogo e serviço

Padre Gledson Eduardo

ARTIGO - Não é raro, no contexto atual, ouvirmos falar de conflitos religiosos. Eles se dão pelos mais diversos motivos e, geralmente, até por motivos banais. Certamente, ocorreriam em menor escala ou, talvez, nem aconteceriam de houvesse mais diálogo entre as pessoas que professam um modo diferente de crer e os líderes religiosos procurassem se deter a objetivos comuns que possam fazê-los, ao menos, dialogar.

Não raro é, também, vemos os noticiários dizer que “pessoas matam em nome de Deus” ou, ao menos, em nome do Sagrado, do Transcendente. No diálogo interreligioso, mesmo não se pensando em termos de “unidade”, é preciso considerar os elementos comuns que fazem das religiões pontes de comunicação entre o ser humano e o Transcendente, em vista da salvação. Dentre eles, ressaltamos como fundamentais a vivência do amor (sobretudo explicitado no respeito pela dignidade da vida humana do outro/próximo) e a promoção da paz que o mundo hoje tanto necessita.  

É certo que, no passado, as religiões viveram muitos desencontros. Por vezes algumas delas até nasceram desses desencontros. Hoje em dia, tais desencontros também se fazem presentes na vida dos grupos sociais. Contudo, a iniciativa do diálogo interreligioso se faz necessária para que, de outra parte, belos encontros aconteçam, talvez não com todas as religiões, mas pelo menos com grande parte das mais significativamente representadas e seguidas no contexto mundial.

Mas esse chamado “diálogo interreligioso” é realmente possível? A resposta é positiva se consideramos um elemento comum: todos manifestam a crença num “transcendente”, que até varia muito entre as próprias religiões (basta considerar o fato de que algumas são monoteístas e outras politeístas).

Fundamentalmente, a religião só tem razão de ser quando se faz serviço. E nisso talvez o cristianismo tenha certa precedência, quando Jesus Cristo, Verbo Encarnado do Pai, diz que “não veio para ser servido, mas sim para servir”, dando sua vida em resgate de muitos. Além disso, lava os pés dos seus discípulos e lhes diz: “Dei-lhes o exemplo para que vocês façam a mesma coisa que eu fiz” (Jo 13,15). Assim podemos nos perguntar: que “serventia” teria uma religião que mata e fere a dignidade humana em nome de Deus (Sagrado/Transcendente)? Ou o que dizer da religião que se preocupa, pura e simplesmente, com o proselitismo, sem nenhum tipo de respeito e consideração pela religião do outro?

Um elemento, constantemente apresentado, nos mostra bem uma realidade que talvez seja mais apropriada para usarmos aqui e que certamente não cabe de modo algum no diálogo interreligioso: INTOLERÂNCIA!

De um lado, temos pessoas que se dispõem, mesmo sem serem seguidores cristãos, a fazer o bem a comunidades de outro credo religioso, nos mais diversos serviços (tanto na saúde quanto no auxílio à retirada de documentos e promoção da dignidade da vida em todos os níveis). De outro lado, temos a morte de pessoas por iniciativa de grupos religiosos, que muitas vezes acontece sem nenhum motivo aparente.

Da parte de nós, cristãos, quando nos firmamos na grande assertiva: “Jesus Cristo é o único salvador de toda a humanidade”, não estamos desconsiderando que Jesus também viveu num contexto interreligioso. Contudo, nunca condenou outras religiões, embora sempre tenha censurado os costumes e normas morais errôneas, que deixavam em segundo plano a promoção da dignidade de vida humana e a prática da caridade, fosse de quem fosse.

Na verdade, consideramos que o embate entre as Igrejas é mais cultural que propriamente religioso. Por isso, no que se refere ao quesito religião, o diálogo deveria, pelo menos em tese, ser mais simples e receber de todos maior dedicação. Como ação concreta disso temos as várias iniciativas de reflexão, diálogo e oração pela paz e pela justiça no mundo, numa tentativa de partilhar as experiências religiosas em suas mais diversas formas.

Que as diversas crenças sejam, pois, vias complementares na promoção da verdade, da justiça e da paz e faça, realmente, desses elementos fundamentais que devem ser comuns a todas as religiões, a razão de ser da caminhada de todas as religiões.
*Padre Gledson Eduardo é da Paróquia de Montes Claros

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Escola de Taiobeiras é arrombada novamente

EDITORIAL - Bandidos voltam a depredar Escola Oswaldo Lucas e as autoridades permanecem inertes

Supervisão da escola foi totalmente depredada
Na madrugada dessa terça, dia 14, a gangue especializada em atacar escolas públicas de Taiobeiras voltou a atacar, e como sempre, com toda a liberdade possível.

Dessa vez, os delinquentes atacaram a sala da Supervisão da Escola Estadual Oswaldo Lucas Mendes, onde quebraram uma máquina de Xerox e estraçalharam um computador. Não satisfeitos, os bandidos ainda danificaram os arquivos do educandário, algo incrivelmente estranho.

Os prejuízos para as escolas são enormes, pois recentemente dezenas de arrombamentos foram registradas em todas as escolas públicas da cidade e, mesmo assim, ninguém foi preso. Algo inaceitável!

As dezenas de arrombamentos deixam os investigadores de Taiobeiras no “fio da navalha”, pois, até então, eles não divulgaram o desvendamento de nenhum caso, algo que já se tornou desafiador e até mesmo vergonhoso para os detetives, haja vista que, pelos “Modus operandi” são coisas executadas por jovens gangues.

O mais estranho de tudo é que os representantes legais da cidade não se manifestam, não dão nenhum tipo de satisfação para a sociedade. A única coisa que se percebe é a Polícia Militar fazendo ocorrências e rastreamentos, nada mais!

Também chama a atenção a omissão da sociedade, que nada reclama, nunca cobra, deixando as “coitadas” das diretoras desguarnecidas, desoladas, sem saber o que fazer e a quem recorrer.
Arrombamentos desafiam investigadores de Taiobeiras

domingo, 12 de janeiro de 2014

Ex-prefeito de Ninheira é condenado pela Justiça Federal

Sentença é resultado da Máfia dos Sanguessugas
No dia 10, a Justiça Federal publicou sentença e acórdão expedidos contra o ex-prefeito de Ninheira, Juvêncio Companheiro de Matos, que foi condenado a três anos e três meses de detenção e pagamento de multa.

Ainda conforme a sentença, a pena de detenção foi convertida à prestação de serviços comunitários. Juvêncio foi condenado por fraude em licitação para a compra de uma unidade móvel de saúde no ano de 2003.

Na época, a ação foi movida pelo Ministério Público Federal de Montes Claros, quando estourou o caso da “Máfia das Sanguessugas”, em que prefeitos e empresários fraudavam licitações para compra de ambulâncias.

Polícia continua procurando dupla que sequestrou idoso em Taiobeiras

Seu Zé, de 77 anos, ficou amarrado por 20 horas em matagal

Ainda não foi presa a dupla que sequestrou o idoso José Alves de Oliveira, de 77 anos, na manhã do último dia 06. O sequestro relâmpago durou cerca de 20 horas, período em que o idoso ficou amarrado em um matagal com olhos vendados e amordaçado. Seu Zé, como é conhecido na cidade, foi capturado no condomínio da família, localizado na estrada que liga Taiobeiras à Fruta de Leite.

Com o acionamento de uma equipe da Rotam e intensas buscas pela região, inclusive com equipe de motoqueiros, os bandidos sentiram-se acuados e resolveram liberar a vítima na madrugada do dia 07, sem pagamento de resgate. Inicialmente, os sequestradores haviam pedido resgate de R$ 1 milhão.

A população taiobeirense vive a expectativa de que o inédito crime na cidade seja desvendado. A caça pelos bandidos, que já teriam sido identificados, continua. Quem tiver alguma informação pode ligar, de forma anônima, para os fones 190 e 181.

sábado, 11 de janeiro de 2014

Polícia ainda não divulgou o autor de Salinas que encomendou carro roubado

Veículo roubado em São Paulo seria entregue em Salinas. Foto: PRF
Ainda não se sabe quem é a pessoa de Salinas que encomendou um veículo D20 roubado em São Paulo. O veículo foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal na BR-251 no último dia 09, próximo à cidade de Francisco Sá.

Na ocasião, o motorista de 52 anos, que não teve o nome divulgado, afirmou aos policiais que pegou o carro em São Paulo e iria entregá-lo em Salinas, mas não soube ou não quis informar de quem era a encomenda. O motorista, que foi preso, disse ainda que receberia R$ 500,00 pela encomenda.

Segundo os policiais rodoviários, o carro está com placa de Rio Claro (SP), mas o chassi pertence a outro veículo, de Bebedouro (SP), com queixa de roubo/furto.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

13º salário para políticos de Salinas é promulgado

Prefeito Kinca não se manifestou sobre projeto e o presidente Dorinha promulgou a Lei
Vereador Dorinha, presidente da Câmara de Salinas, promulgou a Lei e os políticos da cidade receberão 13º salário

Na manhã de hoje, dia 10, o Presidente da Câmara Municipal de Salinas, vereador Dorivaldo Ferreira de Oliveira, popular Dorinha, promulgou a Lei nº 2.392, que Altera a Lei Municipal nº 2.325/2012, aprovada através do Projeto nº 057, que institui pagamento de 13º salário para vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais de Salinas.

O projeto foi aprovado por oito vereadores no dia 19 de dezembro e encaminhado para sanção do prefeito Kinca Dias no último dia 20, mas, como o prefeito não se manifestou pela sanção ou veto no prazo de 15 dias, restou ao presidente Dorinha fazer a promulgação da Lei com base no Inciso 7º do artigo 81 da Lei Orgânica Municipal.

Com isso, baseado em Lei, os políticos de Salinas e os secretários municipais passarão a receber gratificação natalina correspondente a 1/12 (um doze avos), por mês de efetivo exercício do mandato ou nomeação. Ou seja: 13º salário nos meses de dezembro.

Caso Fabiano: Deoesp prende mais três

Marquinho Meio Dia e Nagilton foram presos em Belo Horizonte, já Alex Zoi, que emprestou o apartamento para esconderijo em BH, também foi preso
Numa velocidade espetacular, jamais vista na microrregião Alto Rio Pardo, a equipe de investigadores da Delegacia Especializada em Roubo de Cargas, comandada pelo delegado Hugo Arruda, conseguiu prender no início da noite de ontem, dia 09, mais dois acusados pelo homicídio do caminhoneiro Fabiano de Oliveira, de 32 anos, vítima de roubo no último dia 30 de novembro na BR-251.

A força tarefa para prender todos os suspeitos foi divulgada publicamente na Câmara de Vereadores de Salinas e os resultados prometidos começaram a aparecer no mesmo dia, pois por volta das 19 horas os investigadores capturaram em Belo Horizonte dois suspeitos de participarem diretamente do roubo seguindo de assassinato: Antonio Marcos Gomes Cardoso, popular Marquinho Meio Dia, 29 anos e Nagilton Xavier de Oliveira, 34 anos.

Segundo o Deoesp, houve também a prisão de um indivíduo identificado por Alex Zoi, acusado de ter emprestado o apartamento na capital mineira para os dois foragidos se esconderem. Dentre os acusados pelo homicídio, dois ainda estão foragidos: Wagner Almeida David Mendes, popular Vazão, 32 anos e Hernane Marinho Fernandes, popular Naninho, 19 anos. 

"Como prometido na inicial, podem ter certeza que ninguém que por ventura tenha envolvimento escapará de nós”, afirmou Adriano Lacerda, do Deoesp.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Deoesp desvenda latrocínio do caminhoneiro Fabiano

Delegado Hugo Arruda garante que prenderá toda a quadrilha

Na manhã dessa quinta, dia 09, o delegado Hugo Arruda, da Delegacia Especializada em Roubo de Cargas, convocou entrevista coletiva para apresentar o resultado parcial das investigações sobre o latrocínio do caminhoneiro Fabiano de Oliveira, de 32 anos, vítima de roubo no último dia 30 de novembro na BR-251.

Conforme o delegado, os cinco membros da quadrilha foram devidamente identificados, sendo que um deles, Milton Marques de Almeida, o popular Miltinho, de 51 anos, já foi preso. Os outros quatro membros da quadrilha estão foragidos. “Em pouco tempo nós vamos prender todos”, garantiu Dr. Hugo, informando ainda que as investigações continuam e novas prisões poderão acontecer.
Conforme Deoesp, os acusados Nagilton, Vazão, Naninho e Marquinho estão foragidos
Segundo a equipe do Deoesp, os quatros membros da quadrilha que estão foragidos são: Nagilton Xavier de Oliveira, 34 anos; Wagner Almeida David Mendes, popular Vazão, 32 anos; Antonio Marcos Gomes Cardoso, popular Marquinho Meio Dia, 29 anos e Hernane Marinho Fernandes, popular Naninho, 19 anos, que é apontado pelo Deoesp de ter efetuado o tiro na nunca do caminhoneiro Fabiano. “Os membros da quadrilha cometeram roubo seguindo de morte e ocultação de cadáver. A soma das penas pode chegar a 37 anos de cadeia”, explicou o delegado.

A carga roubada foi avaliada em R$ 28 mil e a quadrilha teria vendido para receptadores de Rio Pardo de Minas, que estão presos, pelo valor de R$ 8 mil.

Na próxima edição da Folha Regional todos os detalhes do crime e entrevista exclusiva com o delegado responsável pelas investigações e com o prefeito Kinca Dias, que cobra mais investigações de crimes em Salinas.
Familiares da vítima Fabiano e membros da sociedade salinense ficaram emocionados durante entrevista coletiva

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Expectativa para a Micareta de Salinas

Cantor Léo Santana será a principal atração da Micareta 2014

É grande a movimentação em torno da 10ª Micareta de Salinas, que será realizada entre os dias 17 e 19 de janeiro. Conforme os diretores da Trama Promoções, serão dois trios elétricos e sete bandas, que garantirão a agitação do bloco “Os Tigrões”.

A principal atração será o cantor Léo Santana, da Banda Parangolé, no dia 17. A expectativa é de que o artista arraste uma multidão para a Micareta. As outras atrações são: Levada Louca (dia 18), Chicabana (dia 19), Ymprovizo, Pankadão Baiano, Axé Love e Turma do Pagole.

Também conforme os organizadores, ainda restam algumas unidades do 2º lote de Abadás Vip, que podem ser comprados pelo site: www.micaretadesalinas.com.br ou na sede do bloco “Os Tigrões” pelo valor de R$ 140,00. Já o “Abadá Pista” está sendo vendido por R$ 70,00.

Depois de 10 dias sem chuvas, vazão do rio Pardo diminuiu 90%. Nível abaixo 1,62m desde a última chuva

Fotos mostram o nível máximo que o rio Pardo atingiu com a enchente e a quantidade que diminuiu após 10 dias sem chuvas
Está mais do que provado: a microrregião Alto Rio Pardo precisa de barragens.

Desde 1992 não chovia tanto na região e o rio Pardo, principal da região, atingiu vazão de 200 metros cúbicos de água por segundo, fato registrado no último dia 28 de dezembro, data da última chuva, de 10,2 milímetros.

Mas, bastou uma estiagem de apenas 10 dias para a vazão diminuir para “apenas” 20 metros cúbicos por segundo, uma incrível queda de 90%. “É uma coisa impressionante. Isso prova que o rio é uma calha, que só tem água quando chove, pois não existem mais afluentes. É por isso que a região precisa de investimentos em barragens”, destaca o produtor rural Carlos Humberto, que convive com o rio há mais de duas décadas.

No último dia 28, o nível do rio subiu cerca de 80 centímetros acima da soleira de nível da Fazenda HP e, 10 dias depois, 07 de janeiro, o rio estava 82 centímetros abaixo do nível máximo da soleira.

Veja matéria completa na próxima edição do Jornal Folha Regional.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Deputado anuncia celular para sete povoados da região

Telefonia móvel chegará à sete povoados da região

O deputado estadual Arlen Santiago acaba de comunicar que sete povoados da microrregião Alto Rio Pardo vão receber torres de telefonia celular por meio do Programa Minas Comunica II.

Os serviços de telefonia móvel serão disponibilizados nos seguintes povoados: Itamarati e Machado Mineiro (Águas Vermelhas); Maristela (Curral de Dentro); Barra de Alegria (Indaiabira); Ferreirópolis e Nova Matrona (Salinas) e Serra Nova (Rio Pardo de Minas). No total, serão 83 povoados beneficiados pelo Programa em toda Minas Gerais.

Conforme o deputado, o anúncio oficial será feito pelo Governo de Minas no próximo dia 13 de janeiro.

Sequestradores liberam idoso de 77 anos

Depois de 20 horas em cativeiro, idoso é liberado às margens da LMG 602
Vítima foi liberada duas horas após a chegada da Rotam

Na manhã de segunda, dia 06, foi registrado o primeiro caso de sequestro com pedido de resgate em Taiobeiras. Conforme relatos da Polícia Militar, por volta das 9 horas, o idoso José Alves de Oliveira, de 77 anos, foi capturado em sua chácara localizada na estrada que liga Taiobeiras à Fruta de Leite, onde a família está implantando um condomínio particular.

Por volta do meio dia, um dos filhos de Seu José recebeu a primeira ligação dos seqüestrados, feita através do aparelho celular da vítima, ocasião em que os bandidos pediram resgate de R$ 1 milhão e ainda exigiram que a Polícia não fosse acionada.

Logo depois, a família acionou a Polícia e todas as guarnições da região foram acionadas. Vários motoqueiros passaram a circular pelas imediações em busca de informações. Uma equipe especializada da Rotam também foi acionada.

O cerco foi fechado e na madrugada de hoje, por volta das 04 horas, os sequestradores resolveram liberar a vítima às margens da Rodovia LMG 602, que liga Taiobeiras à São João do Paraíso.

Seu José contou que teve os olhos vendados e ficou durante todo o tempo amarrado num matagal, sofrendo, inclusive, muitas picadas de insetos. Neste momento ele está hospitalizado.

Todos os detalhes do sequestro na próxima edição da Folha Regional.