Facebook

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Prefeitura de São João está sendo disputada nos bastidores


Indefinições deixam população de São João do Paraíso na expectativa pelo cargo de prefeito
Vereadores Zezinho de Mabel, França, Farlinho, Cirino e Branquinho articulam presidência da Câmara

Os bastidores da política estão pegando fogo em São João do Paraíso. Até o momento os 11 vereadores eleitos ainda não entraram em acordo para a presidência da Câmara, que dará direito a assumir o cargo de prefeito por quatro meses, até que seja realizada a eleição extemporânea, no dia 07 de abril.

A base do atual prefeito Manoel Capuchinho elegeu seis vereadores e, teoricamente, deveria eleger a presidência sem maiores dificuldades, no entanto, os vereadores eleitos Branquinho, Cirino e Farlinho têm interesse no cargo e ainda não chegaram a um consenso, fato que pode beneficiar o vereador de oposição França, atual presidente da Câmara e que vem articulando junto aos dois grupos.

O imbróglio é tão grande que já foi proposto até sorteio entre os vereadores da situação. Por outro lado, a prefeita eleita e cassada Mônica Mendes tem preferência pelo vereador Zezinho de Mabel, mas, nesse caso, a presidência da Câmara está mais difícil, já que conta com apenas cinco vereadores na base e ainda tem a pretensão de França, que dificilmente abre mão de lançar uma chapa para votar em Zezinho.

Certo é que, a presidência da Câmara vale a cadeira de prefeito e a decisão só deverá ocorrer na última volta do ponteiro. Outra expectativa é a eleição extemporânea, pois quem assumir o cargo de prefeito terá grandes chances de concorrer às eleições de 07 de abril, já que estará com a “máquina na mão”, que mesmo falida faz grande diferença no processo eleitoral.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Professores protestam na Prefeitura de Indaiabira


Desde a manhã dessa quarta, dia 26, vários professores da rede municipal de ensino do município de Indaiabira estão na porta da Prefeitura para cobrar seus vencimentos e 13º salário. Conforme os próprios professores, os contratados não receberam o mês de novembro, já os efetivos não receberam o mês de dezembro e nenhuma parcela do 13º salário.
Durante o pacífico protesto, ninguém recebeu os professores para prestar explicações, pois a Prefeitura está fechada, funcionando apenas para serviços internos. O prefeito Marcus Costa e a tesoureira Cléia não compareceram na Prefeitura durante a manhã.
Por telefone, nossa reportagem questionou o prefeito Marcus Costa e ele explicou que o pagamento será feito dia 28. “Eles estão cobrando uma coisa que não venceu ainda. Hoje é dia 26, e o vencimento do prazo é dia 28. Portanto, o protesto não justifica”, esclareceu o prefeito, lamentando os interesses políticos por trás da manifestação dos professores. “Isso só pode ser política, pois estão cobrando os salários antes do vencimento”, completou.

domingo, 23 de dezembro de 2012

PM faz grande apreensão de drogas em Taiobeiras

Operação resultou nas prisões de três traficantes com 1,2 kg de cocaína e crack

Através de denúncia anônima, via 190, a Polícia Militar de Taiobeiras foi informada que um homem, identificado por Charles Braga dos Santos, 25 anos, estaria armado e pronto para viajar para o estado de São Paulo, de onde traria armas e drogas dentro de pneus de motocicletas.
Diante do relato, três equipes de militares, de forma rápida, abordaram o suspeito em ponto conhecido de transporte clandestino de passageiros na cidade, sendo encontrado com o mesmo alguns documentos de motocicletas, identificando a propriedade de Ronaldo Alves Martins.
Em seguida, os policiais foram até a casa de Ronaldo, momento em que tentou fugir pulando muros da vizinhança, todavia foi contido pelos policiais. Ao revistar a residência, os militares encontraram uma motocicleta, sendo que dentro do pneu dianteiro havia vasta quantidade de drogas, inclusive cocaína e crack.
Também foram encontradas drogas dentro da geladeira e, para surpresa da Equipe, no interior da casa, o vaso sanitário também era utilizado como esconderijo da droga, local onde foi localizado mais cocaína e crack.
O total das apreensões de drogas foi de 1,2 kg (um quilo e duzentos gramas), sendo também apreendida uma balança de precisão para comercialização do entorpecente.
Foi presa também a jovem Karina Cardoso Oliveira, de 25 anos, amásia de Ronaldo, por associação ao tráfico. Os presos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil e encontram a disposição da Justiça.
Em contato com a reportagem, o Capitão Paulo Veloso disse que os traficantes podem estar envolvidos com a “onda de assaltos” ocorrida recentemente em Taiobeiras, fato que será investigado. “Estamos trabalhando para restabelecer a sensação de segurança de cidade”, garantiu o comandante.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Januário consegue recurso no TRE-MG e será diplomado


O vereador eleito em Taiobeiras, Januário de Castro (PDT), que obteve 360 votos nas últimas eleições, acaba de conseguir um recurso no TRE-MG para ser diplomado. Com isso, ele deverá ocupar a vaga de Jefferson Nana, que é o 1º suplente da Coligação.

Januário foi o 2º mais votado de sua coligação e teve sua candidatura cassada pela Juíza de Taiobeiras, Marcela Decat, por acusação de distribuição de combustível. 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Museu da Cachaça é inaugurado

Museu está instalado em um terreno de 13.120m², entre área construída, área expositiva, espaço de convivência e espaços administrativos


O Governo de Minas e a Prefeitura de Salinas inauguraram na manhã dessa quinta (20/12), um novo espaço cultural. Trata-se do Museu da Cachaça, cuja implantação irá oferecer à população um equipamento cultural completo. Os ambientes foram criados com base em dois conceitos. O primeiro é o socioeconômico, no qual a cachaça artesanal está retratada em aspectos de produção, circulação e consumo, gerando uma visão antropológica do produto. O segundo é sociocultural, que mostra o significado da bebida como fruto do imaginário coletivo, unindo grupos sociais por meio de seu uso. O museu fica na avenida Antônio Carlos, nº 1.250 – Salinas / MG.
O Museu da Cachaça, inicialmente, será administrado pela Unimontes, por meio da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior do Norte de Minas (Fadenor). Entre suas propostas de atuação estão a difusão do conhecimento sobre a produção da cachaça como bem patrimonial da comunidade local e do Estado, assim como a promoção e a preservação de todo o patrimônio da cadeia produtiva desse artigo genuinamente brasileiro.
Além disso, serão promovidas ações educativas para o público escolar e a comunidade em geral sobre o consumo responsável da bebida, os processos de produção e de circulação. Também o setor turístico será valorizado ao atrair público variado para a cidade: empresarial, pedagógico, cultural, local, regional, nacional e internacional.
Para a secretária de Estado de Cultura, Eliane Parreiras, o potencial de Minas Gerais para produzir cachaça já é fato conhecido no país e no mundo. Historicamente, a cachaça é produto símbolo do Brasil e carrega em si histórias, folclores e cultura. “O Norte de Minas é uma das regiões que melhor representa a riqueza e a diversidade cultural do Estado, com a produção de manifestações artístico-culturais únicas, que servem inclusive como referência cultural da região, como o artesanato, a música, as artes visuais e a gastronomia", aponta a secretária.
"Nesse sentido, o Museu da Cachaça terá o importante papel de atuar como polo cultural convergente do Norte do Estado, promovendo ações de preservação, valorização e democratização de acesso ao patrimônio cultural da região e servindo como ponto de encontro e de disseminação da produção cultural local. Ele terá, ainda, o importante papel de referência da rica gastronomia do Norte de Minas, com ênfase na cachaça”, observa Eliane.
Orgulho regional
Tendo como base a concepção moderna dos museus estruturados como veículos de afirmação cultural, o Museu da Cachaça valoriza o símbolo e o orgulho da região. O setor gera cerca de 240 mil empregos no Estado, sendo que a maior parte da produção mineira se concentra nas regiões Norte e nos Vales do Jequitinhonha e do Rio Doce.
Para o prefeito de Salinas, José Antônio Prates, o Museu da Cachaça vem completar um ciclo, talvez o mais lúcido e significativo, de reconhecimento e expressão da identidade local, uma vez que valoriza a alma criativa de Salinas na vasta diversidade dos municípios brasileiros.
Do ponto de vista da nossa economia, o Museu vem completar e compor, de forma singular, um conjunto de equipamentos turísticos, cujo combustível foi e será a engenhosa capacidade do povo de Salinas de criar um produto reconhecido e desejado em todo o Brasil e em diversos países. Além disso, o prédio onde o Museu está instalado é uma obra arquitetônica belíssima, audaciosa, que enobrece o conjunto de nossa cidade, verdadeiro paradigma que nos destaca em um patamar elevado no conceito das cidades brasileiras”, diz o prefeito.

Novidade do Museu da Cachaça
O projeto do Museu da Cachaça traz como novidade a implantação do ‘Núcleo de Imagem Projetada’ (NIP), que pretende ser um local de introdução formativa na tecnologia digital para jovens e adultos.
Segundo o Superintendente de Museus e Artes Visuais da Secretaria de Estado de Cultura, Léo Bahia, a produção multimídia gerada em oficinas, que devem problematizar os conceitos em torno da cachaça, deverá ser transformada em conteúdo de exposição de forma que a população tenha o espaço do museu como um ponto de referência para a discussão da vida cotidiana em torno do produto que gera o reconhecimento internacional da cidade.
O museu também poderá ser usado para rodadas de negócios, festivais, exposições e ações formativas com as escolas e com as comunidades.

Os espaços do Museu da Cachaça
Situado no Norte de Minas Gerais, o Museu da Cachaça nasce como o mais importante aparelho cultural da região. Não se trata apenas de um museu, mas de um grande centro cultural e de convivência.
O espaço está instalado em um terreno de 13.120m², sendo 2.200 m² de área construída, 1.250m² de área expositiva, 2.500m² de espaço de convivência e 950m² de espaços administrativos. A proposta museológica está distribuída entre as nove salas – Hall de Entrada, Sala dos Canaviais, Sala das Garrafas, Sala do Engenho, Sala do Moinho, Sala do Aroma, Sala Multiuso, Sala de Terra Batida, Sala de Depoimentos.
A arquiteta Jô Vasconcellos, responsável pelo projeto do Museu da Cachaça, teve ajuda de museógrafos para pensar o espaço, elaborado com base nas características do acervo do museu e da cidade de Salinas.
Pela primeira vez elaborei um projeto que reunisse a arquitetura e a museologia, pois contei com a colaboração de profissionais atuantes na área de museus. Juntos, tomamos o cuidado de projetar a tipologia e tecnologia do Museu da Cachaça levando em consideração as peculiaridades locais, como o clima quente, elaborei também um espaço dedicado à degustação de cachaças. A edificação aliada à museografia contempla em suas salas todo o ciclo histórico, produtivo e distributivo da bebida. Outro objetivo foi o de criar um espaço que fosse um referencial de urbanidade na cidade, com preocupação educativa e social, como por exemplo, a praça aberta utilizada para o ensino de trabalhos manuais a crianças", explica a arquiteta.

A terra da cachaça
O município de Salinas é conhecido como centro na produção da melhor cachaça do mundo. A bebida começou a ser produzida no município com a chegada dos primeiros fazendeiros à região, vindos para exercer a atividade da pecuária.  Elaborada sob alto padrão de qualidade, em pequena escala de produção desde 1946, por Anísio Santiago (1912-2002) a marca Havana consolidou Salinas como a "terra da cachaça".
A cana utilizada para fabricação da Havana é a Java, plantada em pequenos talhões. Alguns deles têm a mesma idade do início da atividade na fazenda onde se produz a Havana, o que significa que há mais de 50 anos eles não sofrem modificação genética. Portanto, o manejo deve ser por metodologia rigorosa no que se refere à qualidade, cumprindo determinações do dono da marca, Anísio Santiago. Em 10 de julho de 2006, a Havana foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial de Salinas, por meio do decreto número 3.728.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Museu da Cachaça está pronto

O governador Antonio Anastasia estará em Salinas para inauguração da obra

A cidade de Salinas, umas das maiores produtoras de cachaça do país, ganhará, no próximo dia 20, às 10 horas, um museu dedicado à bebida. A iniciativa é do Governo de Minas Gerais e da Prefeitura de Salinas. O empreendimento custou cerca de R$ 6 milhões.

O Museu vai abrigar, desde as formas de produção, até a comercialização e consumo, possibilitando ao visitante conhecer o processo de fabricação e histórico da bebida. A obra integra o projeto estruturador "Circuitos Culturais do Interior" e vai reunir valores relacionados à fabricação e à circulação da bebida.

A ideia é contar a história da produção, distribuição e consumo da cachaça, em torno da qual estabeleceram-se relações sociais e simbólicas de repercussão regional e nacional.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Não tem jeito: mineroduto será construído na região

Em audiência pública, deputados e empresários discutiram os impactos da exploração do minério

BELO HORIZONTE – A construção de um mineroduto ligando a região Alto Rio Pardo até o Sul da Bahia é apontado como solução logística para viabilizar a exploração de minério de ferro encontrado na região. O projeto foi defendido por participantes da audiência pública realizada, no dia 05 de dezembro, pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A audiência foi requerida pelo deputado Carlos Pimenta (PDT).
O parlamentar abriu a reunião com considerações a respeito de empreendimento da Sul Americana de Metais S/A, que pretende instalar na cidade de Rio Pardo de Minas e adjacências unidade de exploração de minério de ferro. O deputado afirmou que o projeto da empresa prevê a construção de um mineroduto, que demandará o consumo de grande volume de água em uma região que é castigada pela seca. “Estamos aqui justamente buscando esclarecimentos, precisamos saber quais são os impactos ambientais e por que a SAM optou pelo mineroduto e não pelo ferroduto, que, em tese, causaria menos danos”, enfatizou o deputado.
O secretário de Estado de Desenvolvimento da Região, Gil Pereira, afirmou que o projeto da mineradora havia sido questionado inclusive pelo governador Antonio Anastasia devido aos problemas de estiagem. O gestor explicou que o minério a ser extraído é de baixo teor e que, por isso, o seu processo de beneficiamento para retirar impurezas é oneroso: “O empreendimento só seria viável se a empresa optasse por uma logística compensatória, neste caso, o mineroduto”.
Segundo Gil Pereira, para compatibilizar o interesse público com as pretensões da SAM, o Governo do Estado e a empresa assinaram um protocolo de intenções, em que são oferecidas contrapartidas à região. Ele enfatizou que, para compensar a construção do mineroduto, serão construídas duas barragens, disponibilizando quantidade de água suficiente também para a população. Além dos barramentos, será instalado projeto de irrigação para beneficiar os pequenos agricultores.
As medidas compensatórias foram ainda detalhadas pelo Diretor de Relações Institucionais da SAM, Geraldo Magela Gomes. Ele disse que serão investidos R$ 52 milhões nas construções de barragens no Córrego do Vale e no Rio Vacaria, para abastecer a unidade mineradora, sendo que 40% do volume será destinado à população das cidades no entorno. A produção da Barragem Córrego do Vale será totalmente voltada às comunidades.
Outros quatro deputados da região participaram da reunião: Tadeu Martins (PMDB), Arlen Santiago (PTB), Paulo Guedes (PT) e Luiz Henrique (PSDB). O prefeito Antônio Pinheiro, de Rio Pardo de Minas, também participou da reunião. Todos se comprometeram a acompanhar sistematicamente o andamento do empreendimento para tentar assegurar que o desenvolvimento da região, de fato, se dê de forma sustentável.

SAM detalhou o projeto

O Diretor de Meio Ambiente e Geologia da SAM, Marco Túlio Naves de Carvalho, apresentou dados sobre o funcionamento da unidade e de estudos socioambientais. Ele afirmou que o empreendimento terá vida útil de 25 anos e que a estimativa é extrair 25 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. Para atender a essa produção, o diretor explicou que serão consumidos anualmente 50 milhões de metros cúbicos de água, sendo que 12 milhões serão utilizados no mineroduto. “Estamos trabalhando segundo o tripé: sustentabilidade ambiental, econômica e social”. 
A subsecretária de Desenvolvimento Regional, Beatriz Morais Correia, anunciou que já foi licitado um plano de desenvolvimento regional que fará um diagnóstico técnico do cenário social e ambiental da região com a instalação da mineradora. Segundo ela, o estudo irá verificar em que medida o aporte de recursos minerários serão revertidos em benefício social.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Taiobeiras é tri no Selo Unicef


Prefeito Denerval (ao centro) e comitiva recebe o Certificado em Brasília
BRASÍLIA – O município de Taiobeiras é o único da microrregião Alto Rio Pardo que conquistou o Selo UNICEF três vezes. A última premiação de “Município Aprovado” aconteceu no dia 29 de novembro, no Museu Nacional, em Brasília, onde foram entregues os certificados para os 28 municípios mineiros vencedores. A solenidade contou com a participação do representante do Unicef no Brasil, Gary Stahl; da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello; da ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário; e da ministra de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros.
Além de Taiobeiras, outros três municípios do Alto Rio Pardo receberam o Selo: Montezuma, Ninheira e Novorizonte. Na edição deste ano, 123 municípios de Minas foram inscritos, mas apenas 28 foram certificados.
Para conquistar o Selo Unicef, o município assume o compromisso de avançar na garantia dos direitos da criança e do adolescente, além de desenvolver atividades de Participação Social e promover fóruns com a comunidade.
Neste edição de 2012, o Selo foi entregue aos municípios que melhoraram em, pelo menos, 15 indicadores num total de 33 dos Eixos de Impacto Social e Gestão de Políticas Públicas, além de ter pontuado em pelo menos três das atividades de Participação Social.
Taiobeiras venceu as três últimas edições do Selo (2006, 2008 e 2012), pois cumpriu todas as metas de trabalho e ações voltadas para o amparo e assistência às crianças e aos adolescentes. “Um esforço coletivo, envolvendo todas as secretarias e buscando sempre a melhoria da qualidade de vida da população, principalmente aquela em situação de vulnerabilidade”, destaca o prefeito Denerval Germano, que esteve em Brasília, na cerimônia de certificação.
Em Minas Gerais, apenas quatro municípios receberam o certificado nas três últimas edições: Cônego Marinho, Montalvânia, Ponto dos Volantes e Taiobeiras. O município de Ninheira recebeu a condecoração internacional do Unicef duas vezes (2008 e 2012).
Em reconhecimento aos avanços, o Governo de Minas destinará, em 2013, troféu e um prêmio de R$ 1 milhão para dividir entre os municípios contemplados com o Selo.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Geisa e Lizz estão no último chiqueirinho


Na manhã de hoje, dia 13, Geisa não deu sorte na última prova da imunidade e fez o pior tempo entre as participantes, com isso, ela estará disputando o último chiqueirinho, dessa vez com Patrícia e a filha Mel. Quem vencer vai disputar os R$ 100 mil na final com Jaqueline, mãe de Derick.
A última prova do Game de Bebês foi tensa, afinal, quem vencesse, já estaria na final. A taiobeirense Geisiane fez a prova em 5 minutos e 7 segundos,  e Patrícia, mãe da Mel, foi desclassificada, e, as duas, estão na berlinda. A sortuda Jaqueline, mãe de Derick, já está na grande final, com o tempo de 2 minutos e 47 segundos na prova!
Agora, os internautas de Taiobeiras, reforçados pelos da microrregião Alto Rio Pardo, vão fazer plantão de 24 horas para conseguir a permanência das taiobeirenses na final do “Game de Bebês”, promovido pelo programa global “Mais Você”, apresentado por Ana Maria Braga.
Geisa e Lizz já escaparam de dois chiqueirinhos do programa, no 1º obteve vitória com 74% dos votos, no 2º foi ainda melhor, 79% dos votos. Com isso, Geisa está mais forte e as concorrentes sabem que ela tem a simpatia do público.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Taiobeirense Lázaro Gomes lança livro em São Paulo




Natural de Taiobeiras, extremo Norte de Minas Gerais, o estudante de Jornalismo e Direito, Lázaro Gomes de Sousa, 24 anos, lança no dia 14 de dezembro o seu primeiro livro: “Longe de Casa – Sonhos e Saudades” (Editora All Print, São Paulo, 2012, 100 p.). O coquetel de lançamento acontece a partir das 20h00, na Câmara Municipal de Barra do Garças (Rua Mato Grosso, 617 – Centro).

Tudo começou, porque o autor guardava em seus pertences registros cronológicos da sua passagem pela EAFSAL (Escola Agrotécnica Federal de Salinas, localizada no Norte de Minas Gerais), instituição categoricamente chamada por ele de “Escola da Vida”. O sentimento de saudade movido pela distância dos “grandes amigos” conquistados na referida instituição colaborou para que o autor – incentivado por sua mãe - amadurecesse a ideia de publicar os escritos alusivos a essa trajetória. Deu início às escrituras de sua obra, no final do mês de fevereiro de 2007. “Este livro foi escrito por saudade, do meu início, do meu começo, dos meus amigos, e fala de situações e reflexões comuns entre pessoas, principalmente entre os jovens, fazendo com que o leitor se identifique com os textos", ressalta o autor.

Dentre outras experiências, o autor fala da busca pela autorrealização, dos desafios da convivência múltipla, e das necessidades de adaptação. “Da forma mais simples possível, procurei fomentar uma postura propícia ao caminho da independência, estimulando à valorização da amizade”, revela. O livro estará disponível a partir do dia 14 de dezembro no site http://www.allprinteditora.com.br

O livro tem prefácio do professor Alfredo Costa, mais informações, acesse o blog: http://osbastidoresdeumsonho.blogspot.com.br

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Geisa e Lizz escapam do 3º chiqueirinho


Mobilização dos internautas de Taiobeiras garante 2ª vitória de Geisa, dessa vez com 79% dos votos
Taiobeirenses Geisa e Lizz brilham no programa global

Os internautas de Taiobeiras, reforçados pelos da microrregião Alto Rio Pardo, fizeram plantão de 24 horas e conseguiram a permanência das taiobeirenses Geisiane Cardoso e sua filha Lizz no “Game de Bebês”, promovido pelo programa global “Mais Você”, apresentado por Ana Maria Braga.

A vitória de Geisa e Lizz no 3º chiqueirinho do programa foi com 79% dos votos. Elas eliminaram Caroline e a filha Bia, de Canoas, do Rio Grande do Sul. Geisa foi parar no chiqueirinho pela 2ª vez porque se deu mal na prova "Quanto Pesa?". Na prova, as mães tinham que encher quatro potes com um produto diferente, como agrião, banana, mini-legumes e feijão, e levar até a balança. A ideia era que elas atingissem o peso de 700g de cada produto em cada recipiente. Geisa e Caroline ficaram longe da marca de 700g e disputaram a eliminação. “Essa vitória é muito importante pra mim, porque Lizz é a minha vida. Hoje, tudo que eu faço é por ela. Estou muito confiante e peço a ajuda de todos”, disse Geisa antes de encerrar a votação na manhã dessa sexta, dia 07.

No 1º chiqueirinho, Geisa e Lizz disputaram a eliminação com Bruna e seu filho Olavo, da cidade de Peruíbe, São Paulo. Na oportunidade, Geisa obteve 74% dos votos e a dupla adversária ficou com 26%. Nessa primeira prova, Geisa foi parar no tal chiqueirinho porque fez a prova “Maratona Hipoglós” em maior tempo.

Depois de escapar de dois chiqueirinhos, Geisa está mais forte e as concorrentes sabem que ela tem a simpatia do público. O jogo continua. A expectativa agora é saber como Geisa se sairá na próxima prova da imunidade.

Quem será que leva os R$ 100 mil?

São João retornará às urnas dia 07 de abril

A juíza Alice Birchal (foto), do TRE-MG, determinou a realização de novas eleições em São João do Paraíso para o dia 07 de abril. O prazo para as convenções e a formação de coligações será entre os dias 27 de fevereiro e 06 de março. Os registros serão feitos até o dia 08 de março. A propaganda eleitoral começará no dia 09 de março.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Foragido da Justiça “passeava” pelo Centro de Taiobeiras e foi preso


Durante patrulhamento da Polícia Militar pela Rua Belo Horizonte, Centro de Taiobeiras, os militares avistaram dois homens em atitude suspeita, sendo imediatamente abordados. E, após pesquisa informatizada, foi constatado que o autor Luiz Fernando Rodrigues Silva, 20 anos, encontrava-se com mandado de prisão em aberto, na condição de foragido da Justiça da Cadeia Pública de Taiobeiras.

Conforme os militares, Luiz Fernando deveria estar cumprindo pena em regime semi-aberto, aquele que o preso tem que dormir na cadeia, contudo, o autor havia deixado de comparecer à cadeia para se recolher no período noturno há vários dias. 

Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia, onde agora deve permanecer em tempo integral sem os benefícios que possuía anteriormente.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Menor ameaçado estava andando armado


No último sábado, dia 01, durante patrulhamento pela Rua Pirapora, policiais militares de Taiobeiras abordaram um menor em atitude suspeita. Durante a abordagem e busca pessoal foi localizada na cintura do menor infrator, uma faca com aproximadamente 20 centímetros de lâmina.

Segundo o menor ele portava a faca para se defender de outro indivíduo que estava lhe ameaçando de morte. O menor foi apreendido e encaminhado a Delegacia de Polícia.

Jovem embriagado quase atropela militares e equipe do Samu


Na noite de domingo, dia 02, a Polícia Militar foi acionada para auxiliar uma equipe do SAMU no atendimento de um acidente de Trânsito com vítima, na LMG 602, rodovia que liga Taiobeiras a São João do Paraíso. Durante o atendimento as vítimas, um veículo Gol, placa DAM 3475, não respeitou a sinalização e quase atropelou os profissionais que realizavam o resgate das vítimas.

Imediatamente, as outras viaturas de Taiobeiras foram avisadas via rádio, inclusive com as características do veículo, que acabou sendo abordado na Rua Benfica, bairro Vila Formosa.

Durante a abordagem foi constatado que o condutor, de apenas 18 anos, não possui habilitação para dirigir veículo automotor, além de estar com visíveis sintomas de embriaguês.

Ao ser indagado acerca da manobra que fez com o veículo na rodovia, quando quase atropelou os militares e a equipe, o jovem relatou que não viu a sinalização. Diante do cometimento dos crimes de trânsito, foi dada voz de prisão ao jovem, que foi conduzido para a Delegacia de Polícia.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Assaltantes voltam a assustar Taiobeiras


A Polícia Militar prende os bandidos de manhã, a Justiça solta à tarde. Prende à noite, solta de manhã.
A Polícia ainda não conseguiu prender todos os autores dos últimos assaltos à mão armada em Taiobeiras. Os bandidos atacaram, sempre armados com revólver, uma residência, uma farmácia, uma clínica, um supermercado, uma feirante, uma madeireira e até uma loja que aluga vestidos de noivas. Na maioria dos assaltos, eles usaram motocicletas para facilitar a fuga.
A onda de ataques foi iniciada numa residência do bairro Planalto, onde as vítimas foram surpreendidas por quatro homens, sendo que dois deles estavam armados, um com uma garrucha e o outro com uma faca. Os assaltantes levaram duas pulseiras de ouro.
A Polícia Militar foi acionada e de imediato foi acionado um plano de cerco e bloqueio, resultando nas prisões de dois acusados, identificados por Warley e Marcelo. Inicialmente, ambos negaram participação no assalto, contudo, as vítimas reconheceram os suspeitos, que foram presos, sendo o flagrante feito em Salinas, pois o delegado de Taiobeiras está de férias. Os outros dois assaltantes não foram localizados.
Farmácia – Num outro ataque, um assaltante, de cor clara, trajando blusa de frio azul, calça jeans escura e com um capacete preto na cabeça, além de armado com revólver, adentrou na Drogaria Curitiba e anunciou o assalto. Logo após, retirou todo o dinheiro do caixa, cerca de R$ 360,00. O bandido evadiu em companhia de um comparsa, que o aguardava nas proximidades com uma motocicleta.
Clínica – Na tarde do dia 20, dois bandidos, de cor clara, usando capacetes, sendo um armado de revólver, atacaram uma clínica e levaram da vítima identificada por Kaliny cerca de R$ 600,00 em dinheiro que estava numa gaveta do escritório. Antes da fuga, os assaltantes ainda pegaram dois celulares das funcionárias, uma corrente de ouro e mais R$ 200,00. Os autores evadiram do local em uma motocicleta.
Supermercado – Na tarde do dia 24, os bandidos atacaram o supermercado ‘Avistão Sena’. Na ocasião, a proprietária estava saindo do estabelecimento com o dinheiro do caixa, quando os bandidos chegaram numa moto e a abordaram com um revólver. Eles levaram cerca de R$ 3 mil, uma corrente e uma pulseira de ouro. Logo após tomaram rumo ignorado.
Também no dia 24, durante a feira livre, uma senhora identificada por Tiana foi abordada pelos bandidos, que levaram R$ 700,00 em dinheiro. No dia 26, os malandros atacaram a madereira Mademix, quando levaram celulares e uma quantia não divulgada em dinheiro.
Na tarde do dia 27, três menores adentraram numa loja que aluga vestidos de noiva e levaram pouco mais de R$ 800,00 em dinheiro, cerca de R$ 300,00 em cheques e uma Câmera fotográfica. Numa ação rápida, a Polícia Militar conseguiu fechar o cerco e acabou pegando os menores com os produtos do furto.
No sábado, 1º de dezembro, ocorreu outro assalto no bar do popular Ferrão, localizado na Rua Rio Pardo, onde os bandidos levaram dinheiro e três celulares. Numa ação rápida, a Polícia Militar conseguiu fechar o cerco e prender os dois menores, que foram levados para Salinas, onde foi lavrado o flagrante, pois Taiobeiras está sem delegado. No entanto, os bandidos não ficaram presos e provavelmente já estão planejando o próximo assalto.