Facebook

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Candidato Dadá se defende


O candidato a prefeito de Ninheira, Narques Rocha, o popular Dadá (PT), fez contato com nossa reportagem e explicou que não tem nenhum envolvimento com a operação realizada pelo Ministério Público na manhã dessa sexta, dia 31, na Prefeitura Municipal de Ninheira. “Eu sou candidato a prefeito e não tenho nada a ver com denúncias contra a prefeitura”, afirmou Dadá.
Quanto à denúncia de que gasolina estaria sendo fornecida para carreata do candidato a ser realizada neste sábado, Dadá afirmou que isso não existe. “Combustível é proibido em carreata e eu jamais faria isso, até porque não tenho motivo nenhum de pegar combustível em São João, já que meu irmão tem posto de gasolina aqui dentro da cidade”, explica Dadá, que lamenta o fato da oposição distorcer os fatos para tirar proveito político.
O candidato Dadá afirma que sua carreata vai acontecer amanhã a partir das 08 horas normalmente, pois sua campanha não tem nenhum envolvimento com a operação do Ministério Público. Segundo Dadá, o fato do prefeito Gilmar Ferraz está lhe apoiando não significa que sua campanha tenha envolvimento com as denúncias e apurações do promotor. “Gilmar é prefeito e eu sou candidato. Não tenho nada com essas denúncias e amanhã vou fazer a minha carreata normalmente” garantiu Dadá. 
Quanto à informação de que a operação teria apreendido vários computadores, o auxiliar administrativo da Prefeitura, identificado por Vanderley, o popular Tata, fez contato com a redação e informou que nenhum computador da Prefeitura de Ninheira foi apreendido e que os policiais levaram apenas documentos.

Ministério Público faz varredura na Prefeitura de Ninheira


Momento exato em que os policiais adentraram na Prefeitura
Exclusivo - O promotor da Comarca de Rio Pardo de Minas, Daniel Castro, com o apoio da Receita Estadual e do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), da Polícia Militar, cumpriu Mandado de Busca e Apreensão na Prefeitura de Ninheira e nas Secretarias Municipais.
Os agentes também foram nas residências do prefeito Gilmar Ferraz e do ex-secretário de Educação, Willian Ferraz, que é candidato a vice-prefeito na chapa de Narques Rocha, o popular Dadá (PT).
A operação busca documentos de processos licitatórios e visa apreender veículos leiloados pelo prefeito. Os policiais já recolheram vários computadores e muitos documentos, especialmente de contratos e licitações.
Também estão sendo apuradas denúncias contra o Posto Pinheiro, de São João do Paraíso, que fornece combustível para a Prefeitura de Ninheira e que estaria fornecendo gasolina para a realização de uma carreata política do candidato Dadá, apoiado pelo prefeito Gilmar Ferraz. A carreata seria realizada neste sábado, dia 01.
Conforme as primeiras informações, a operação também está apurando denúncia envolvendo uma escola no povoado de Bananeira, terra do candidato Willian.
Conforme o promotor Daniel Castro, o prefeito Gilmar Ferraz e 10 servidores municipais envolvidos com os processos de licitações foram afastados do cargo. O promotor não quis informar mais detalhes da operação, alegando que é segredo de justiça.
Policial e Oficial de Justiça na porta da casa do prefeito Gilmar

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Carlito saiu da retranca e partiu para o ataque


Em reunião com jovens, na noite de quarta, dia 29, o candidato a prefeito de Taiobeiras, Carlito Arruda (PDT), disparou fortes críticas contra o seu opositor Danilo Rodrigues (PSDB). “Até hoje eu não sei se estou disputando a eleição com o prefeito Denerval ou com Danilo, pois ele não aparece. O candidato tem que sair pra rua e pedir votos, ao invés de ficar ‘nas barras da saia’ do prefeito e da máquina pública, pegando o dinheiro da prefeitura para fazer campanha, já que ele declarou não possuir um centavo e está fazendo uma campanha milionária”, disparou Carlito.
O candidato do PDT afirmou ainda que a campanha de Danilo se resume às compras de ‘cabos eleitorais’ e pagamento de gasolina para adesivar veículos. “Isso já é público. Todo mundo sabe”, disse Carlito. “Eu quero que apareça o candidato até o dia 7 de outubro para haver disputa e ganharmos a eleição”, completou. 
No sábado, dia 01, o candidato Danilo fará seu 1º comício e a expectativa fica no ar...

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Posse cancelada

Acaba de chegar a informação de que o prefeito de Indaiabira, Marcus Costa (PTB), candidato à reeleição, conseguiu aprovação do recurso impetrado no Tribunal de Justiça. Com isso, o vice-prefeito Leôncio Lopes não será mais empossado pela Câmara Municipal, ato que estava previsto para a tarde dessa quarta-feira.

O recurso foi deferido pelo desembargador Edgard Pena Amorim

Vice toma posse hoje em Indaiabira

Pela 2ª vez, o vice-prefeito de Indaiabira, Leôncio Lopes, foi intimado a tomar posse como prefeito do município hoje, dia 29, às 16 horas. Ele assume o lugar de Marcus Costa (PTB), que foi afastado do cargo através de uma decisão judicial, que lhe acusa de envolvimento com a grilagem de terras públicas. No entanto, existe uma incógnita no caso, pois o recurso de Marcus poderá ser julgado a qualquer momento. Na 1ª vez que tomou posse, Leôncio ficou no cargo pouco mais de 60 horas.

Anastasia e Aécio pedirão votos em Salinas

Exclusivo: O prefeito Zé Prates acaba de anunciar que o governador Antonio Anastasia e o senador Aécio Neves estarão em Salinas pedindo votos no palanque da candidata Seleide (PSB). A visita de Anastasia, conforme o prefeito, será no dia 15 de setembro, já Aécio Neves estará no palanque no dia 20.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Zé de Sidney é o novo vice de Deda em São João do Paraíso


Zé de Sidney e Deda: a nova dupla da situação
Exclusivo: O novo candidato a vice-prefeito na chapa de Deda (PTB), em São João do Paraíso, coligação Moraliza São João, é o empresário Zé de Sidney (PSL). Ele foi escolhido através de reunião com líderes dos 10 partidos aliados e o pedido de registro já foi protocolado. A outra opção de Deda era Dr. Antônio, que preferiu não disputar a vaga por achar que Zé de Sidney já estava entrosado no processo eleitoral.
Em São João, José Gomes Sobrinho, o popular Zé de Sidney, 50 anos, formado em Administração de Empresas, é empresário no ramo de farmácia, produção de cachaça, doce de marmelo, confecções e presidente da fundação hospitalar de São João do Paraíso. No período das convenções, ele era pré-candidato a prefeito, mas havia cedido para coligar com Deda.
Zé é filho do ex-prefeito Sidney Gomes. Ele substitui o ex-prefeito Zé Pedro, que teve problemas com o registro devido problemas com o Tribunal de Contas da União (TCU).

Seleide vai protocolar recurso amanhã


SALINAS – Em entrevista, a candidata a prefeita desta cidade, Seleide Guimarães (PSB), informou à nossa reportagem que seus advogados estão preparando o recurso contra a cassação do registro de sua candidatura, proferida em sentença da juíza eleitoral Roberta Sousa Alcântara, da Comarca local. “Não quero comentar a decisão da juíza, mas tenho plena esperança de que vamos reverter a situação”, disse Seleide.
A chapa de Seleide e Eli Sousa foi cassada através de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), impetrada pela oposição, sob a alegação de que os candidatos “teriam sido beneficiados pelo abuso de poder de autoridade do prefeito Zé Prates, que distribuiu pela cidade panfletos vinculando os candidatos às ações da Administração Municipal”. A sentença foi publicada na manhã do dia 27.
A candidata explicou que a ‘Carta ao Povo de Salinas’ foi um ato da sua Coligação, que inclusive arcou com os custos de impressão. No entanto, Seleide informou que não fez parte da confecção e só viu o material quando já estava pronto para ser distribuído. “Como a responsabilidade foi da Coligação, não existem culpados e nossa campanha continua normalmente, pois acreditamos que o recurso será prontamente deferido”, disse Seleide, afirmando que primeiramente acredita na Justiça de Deus.
Também em entrevista, o advogado Farlley Freire, informou que o recurso será protocolado amanhã e demonstrou plena convicção de que será deferido, haja vista que o Ministério Público, em parecer, manifestou que não houve abuso de poder por parte do prefeito Zé Prates. “O promotor, que é o fiscal da Lei, disse que não houve nenhum abuso do prefeito. Ele apenas usou o seu direito de expressar o apoio aos candidatos. No entanto, a juíza entendeu que a Carta poderia interferir no resultado da eleição e optou pela cassação, mas acredito que o entendimento do Tribunal será o mesmo do Ministério Público”, destacou Dr. Farlley.
O advogado disse também que toda decisão só tem efeito a partir do encerramento do processo. “Até que seja transitado e julgado, nada impede a Seleide de manter a campanha normalmente”, informou Dr. Farlley, que espera o julgamento do recurso num prazo de 15 dias.

Danilo e aliados inauguram comitê e fazem passeata


TAIOBEIRAS – Na manhã de sábado, dia 18 de agosto, o candidato a prefeito desta cidade, vereador Danilo Mendes Rodrigues (PSDB) e o candidato a vice-prefeito vereador Vitor Hugo Teixeira (PSDB), acompanhados do prefeito Denerval Germano da Cruz, lançaram oficialmente a campanha da situação, oportunidade em que inauguraram o Comitê Central.
A coligação que sustenta a candidatura de Danilo é formada por sete partidos: Partido Progressista (PP), Partido Social Cristão (PSC), Partido Popular Socialista (PPS), Democratas (DEM), Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e Partido Verde (PV), além do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que abriga os dois candidatos da chapa.
O Comitê Central da coligação “Unidos Faremos Muito Mais” fica localizado na Praça José Americano Mendes, número 166, no Centro de Taiobeiras. Durante a solenidade de inauguração, as imediações do Comitê ficaram lotadas de adeptos e simpatizantes, todos com bandeiras e camisetas amarelas.
Depois do corte da fita, marcando simbolicamente a abertura do Comitê, e dos discursos, a caravana saiu em caminhada pelo Centro Comercial de Taiobeiras, tendo à frente os candidatos e o prefeito Denerval. Com muita animação, eles iniciaram a caminhada saindo da Praça José Americano Mendes, passando pela Rua Rio Pardo, Praça Joaquim Teixeira, Ruas Pedra Azul, Saudade, Salinas, Bom Jardim, Avenida Liberdade (contornando próximo à Feira Livre) e novamente pela Rua Bom Jardim, Praça Januário Martins e retornando ao ponto de partida. Eles fizeram muito barulho com apitos, carro de som e até megafone.
Ao longo do percurso, as pessoas foram chegando, com suas bandeiras amarelas, para acompanhar a caravana que, já na Rua Saudade, demonstrava a força da nossa coligação”, disse o candidato Danilo.
A adesão e a felicidade das pessoas em nos acompanharem mostra que estamos no caminho certo, que o trabalho feito ao longo desses anos foi o que o povo esperava e que essa nossa parceria com o taiobeirense, tendo a continuidade assegurada pelo Danilo e Vitor, ainda vai trazer muitos bons frutos para a nossa cidade”, comentou o prefeito Denerval Germano.    
Com a inauguração e a subsequente passeata, o PSDB de Taiobeiras e coligados deram início, de forma efetiva, à campanha eleitoral de Danilo. Até então, os candidatos ao principal cargo do pleito pouco se movimentaram, concentrando suas ações em visitas e reuniões com variados setores da sociedade. 
Já neste sábado, dia 25, Danilo e Vitor Hugo vão inaugurar o Comitê em Mirandópolis, onde pretendem fazer a mesma movimentação.

Carlito abriu campanha com o Ministro do Trabalho


TAIOBEIRAS – O candidato a prefeito desta cidade pela oposição, Carlito Arruda (PDT), abriu oficialmente a sua campanha rumo à prefeitura com três renomadas autoridades: o deputado estadual Arlen Santiago (PTB), mais votado do Norte de Minas; o deputado federal Zé Silva (PDT), o governista mais votado do Norte de Minas e o ministro do Trabalho Brizola Neto, que coordena uma pasta com orçamento anual de R$ 38 bilhões.
Mesmo num horário impróprio, sábado (18) às 13 horas, o candidato mandou o recado. “Não podemos ficar olhando para o passado. É o futuro que nos espera”, disse Carlito, reconhecendo o que todos os prefeitos já fizeram por Taiobeiras, mas alertando os eleitores a pensar no que vem pela frente. “Eu quero ser prefeito para trabalhar para o povo. Eu me preparei para esse momento. Não sou um candidato que surgiu nos últimos dois meses, pelo contrário, tenho uma história de vida e de trabalho no município. Conheço o sofrimento e as demandas do povo e sei o que fazer para ajudar, especialmente as pessoas da zona rural, que não tem estrada e muito menos água”, destacou o candidato.
Carlito também criticou o grupo da situação, é claro. “Eles falam que valorizam nossa gente, mas na verdade valorizam é uma panelinha. Eu quero valorizar é o povo de Taiobeiras, que clama por muitas demandas”. O setor de saúde também foi alvo de críticas. “Atualmente, as consultas são distribuídas por vereadores e cabos eleitorais em busca de votos, em detrimento das pessoas carentes. Isso precisa acabar. O povo precisa de respeito”, detonou.
O candidato ainda lamentou o aumento da violência e do consumo de drogas, especialmente dos assassinatos na cidade. “Não se combate violência apenas com polícia nas ruas, é preciso gerar oportunidades aos jovens, por isso vamos fazer parcerias com escolas, igrejas e outras entidades e precisamos do apoio do ministro para desenvolvermos projetos voltados para as oportunidades de emprego e renda”, disse.
O adversário também foi criticado. “O candidato a prefeito precisa conhecer o povo. Não adianta ficar só jogando vídeo game e baralho de R$ 100,00. Não disso que Taiobeiras precisa. O povo precisa de alguém que conhece as suas demandas e dificuldades”. Alfinetou Carlito, que finalizou entregando uma cópia de seu Plano de Governo ao ministro Brizola Neto.
O deputado Zé Silva disse que Taiobeiras não pode experimentar quem não tem experiência administrativa, pois a cidade não pode correr o risco de parar por falta de gestão. “Ninguém tem um cabo eleitoral como o competente ministro Brizola Neto, que está disposto a ajudar gerar muitos empregos em Taiobeiras. Estamos juntos com Carlito, que é competente, tem compromisso com a cidade e sabe administrar”, disse o deputado. 
O ministro do Trabalho, Brizola Neto, considerou sua visita como o pontapé inicial de um “projeto de transformação social em Taiobeiras, a exemplo de Carlito que cresceu trabalhando e se tornou num grande empresário, que gera empregos para muitas pessoas”. “É com pessoas iguais a Carlito que queremos fazer parcerias para combater a droga, a violência e gerar empregos e renda. Assumo esse compromisso com Carlito e com o povo de Taiobeiras”, afirmou o ministro.

Candidatura de Mônica é registrada pelo TRE-MG


BELO HORIZONTE – O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), por unanimidade, 6 votos, deferiu a candidatura a prefeita de Mônica Mendes (PMN), de São João do Paraíso. Assim que a decisão foi anunciada, correligionários e eleitores de Mônica e César Lagarto, candidato a vice-prefeito, foram para as ruas, pois a decisão era aguardada com muita ansiedade.
A candidatura de Mônica havia sido impugnada em 1ª instância no dia 03 de agosto pelo juiz eleitoral Alexandre de Almeida Rocha, da Comarca de Rio Pardo de Minas. O pedido de impugnação foi pelo candidato adversário José Aparecido dos Santos, o popular Deda (PTB). Na ação, Deda alegou que Mônica era casada com o ex-prefeito José de Souza no decorrer de seus dois mandatos consecutivos e que só ajuizou ação de separação litigiosa contra o ex-prefeito no intuito de afastar a inelegibilidade, sendo que logo após a posse do ex-prefeito, Mônica foi nomeada como Secretária de Planejamento.
Em sua defesa, Mônica argumentou que a separação ocorreu antes do ano de 2008 e se concretizou no dia 06 de outubro de 2008, momento em que foi entrado com o pedido de divórcio. Mônica também provou que já na posse do 2º mandato de Sousa já possuía união estável com José Aparecido, o popular Cidinho, sendo que em fevereiro de 2009 estava grávida.

Cachaça Havana falsificada é vendida na Internet


Produtor da Havana-Anísio Santiago preocupado com onda de falsificação alerta consumidor

SALINAS – O apreciador da legítima cachaça Havana-Anísio Santiago, considerada uma das mais tradicionais marcas de cachaça artesanal do Brasil, deve ficar atento na hora de comprar a bebida, principalmente na internet.
Consumidores estão sendo enganados com preços de cachaça Havana em torno de 149 e 159 reais. Pasmem, há oferta de até 100 reais. Não compre, pois se trata de garrafas falsificadas. Para ludibriar o consumidor o falsificador vende garrafas com rótulos antigos. Aqui vai um alerta, garrafas antigas originais somente existem nas mãos de colecionadores e valem um bom dinheiro. Uma garrafa antiga original dos anos 70 ou 80, por exemplo, vale cerca de 800 reais ou mais. As mais antigas ainda, dos anos 60, valem mais de dois mil reais.
Osvaldo Santiago, filho de Anísio Santiago (1912-2002), atual responsável pela produção na fazenda Havana, em Salinas, diz que “está impressionado com a onda de falsificação das marcas Havana e Anísio Santiago na internet com preço inferior ao praticado na fábrica. O consumidor deve ficar atento. Todo cuidado é pouco.” Inconformado, diz, ainda, que “desde a década de 70, ainda na época do meu pai, convivemos com onda de falsificação da cachaça Havana. Com a internet, o controle está ficando difícil”.
Recomenda-se ao consumidor exigir nota fiscal do revendedor e, ainda, procurar saber a sua idoneidade. Osvaldo Santiago diz que providências estão sendo tomadas para combater a falsificação junto aos órgãos competentes (Receitas Estadual e Federal e Polícias Civil e Federal).
Por ano são produzidos em média 15 mil litros de cachaça na fazenda Havana e envelhecidos cerca de 10 anos em dornas de bálsamo. Entretanto, no máximo, somente são vendidas dez mil garrafas de 600ml por ano para não comprometer a qualidade do produto. Na fábrica, atualmente, uma garrafa da marca Anísio Santiago custa 120 reais e uma garrafa da marca Havana custa 200 reais. Em média, são revendidas no mercado para o consumidor final ao preço de 250 reais (marca Anísio Santiago) e 350 reais (marca Havana). Osvaldo Santiago diz que “temos poucos clientes cativos que revendem nossas duas marcas. Já para o consumidor final, vendemos poucas garrafas. Produzimos pouco e vendemos pouco. Não abrimos mão da qualidade em hipótese alguma”.
Em julho deste ano, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) deferiu a Indicação de Procedência (IP) para a cachaça produzida na região de Salinas. Com isso, a Associação de Produtores Artesanais da Cachaça de Salinas (APACS), que representa os produtores, tem a partir de agora condições legais para coibir a falsificação das marcas de Salinas, inclusive contra aqueles produtores de outras regiões que usam Salinas como origem de suas marcas, mas que na verdade não são ali produzidas.
Contudo, o consumidor que se sentir lesado por falsificações de marcas de cachaça de Salinas pode fazer denúncia junto à APACS pelo telefone nº. (38) 3841-3431 e, também, nas Polícias Civil e Federal. Vender produto falsificado é crime.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Exclusivo: Juíza de Salinas cassa as candidaturas de Seleide e Eli



Eli Sousa, prefeito Zé Prates e Seleide: todos estão inelegíveis
A juíza eleitoral Roberta Sousa Alcântara, da Comarca de Salinas, acaba de cassar a candidatura de Seleide Guimarães (PSB) e de seu vice Eli Sousa Santos (PMDB), além disso, os dois candidatos e o prefeito Zé Prates (PTB), padrinho da dupla, estão inelegíveis pelos próximos 8 anos.

A decisão foi dada em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) por “terem sido beneficiados pela interferência, pelo desvio ou abuso de poder de autoridade do prefeito Zé Prates, que distribuiu pela cidade panfletos vinculando os candidatos às ações do prefeito e das obras e serviços públicos”.

O imbróglio foi iniciado depois que a maioria dos vereadores de Salinas rejeitou um Projeto de Lei que previa suplementação em torno de R$ 6 milhões. Diante disso, o panfleto do prefeito Zé Prates criticou a atitude dos vereadores da oposição e relacionou as obras que seriam prejudicadas com a falta da suplementação. Na mesma carta, o prefeito pedia voto para Seleide prefeita e Eli vice.

Diante do exposto, a juíza entendeu que o prefeito vinculou obras e serviços públicos com as candidaturas de Seleide e Eli, ou seja: entendeu que ocorreu abuso de autoridade.

A reportagem acabou de falar com Maxuel, Analista do TRE em Salinas, mas a informação ainda não tinha chegado à sala dele. A Juíza Roberta não atendeu ao telefone para comentar a sentença.

Mais detalhes a qualquer momento. 

A reportagem está tentando falar com as partes interessadas.

Ônibus clandestino cai em ribanceira perto de Taiobeiras


ônibus caiu em uma ribanceira de 50 metros
Motorista de ônibus clandestino não conseguiu reduzir a marcha e veículo desce


Militares procuram por vítimas e bagagens no matagal
TAIOBEIRAS – O início da noite de domingo, dia 26, foi de muita correria para as equipes de resgate de cidade e para os militares da Rodoviária e Militar. Por volta das 18 horas, o motorista Edvaldo Cláudio de Oliveira conduzia o ônibus Scania/K112, placa GVJ-9421, de Patos de Minas/MG, na altura do KM 42 da MG-404 (sentido Salinas a Taiobeiras), e, em um aclive acentuado, conhecido pelos taiobeirenses por ‘Ladeirão’, tentou mudar a marcha do veículo, momento em que não conseguiu, vindo o veículo a voltar de ré, chocando-se contra o ‘meio fio’ existente à margem esquerda de sua mão de direção, aonde veio a cair em uma ribanceira de aproximadamente 50 metros.
Motorista Edvaldo hoje de manhã no local do acidente
O motorista, que não sofreu nenhum ferimento, explicou que, quando o ônibus estava voltando na ladeira estava vindo um Fiat Uno em sua direção, momento em que tentou desviar e perdeu o controle do veículo, caindo na ribanceira. Incrivelmente, o ônibus desceu o penhasco sem tombar, até que parou nas árvores.
Havia 45 passageiros no ônibus, entre adultos e crianças. Eles tinham saído de Altinópolis/SP, onde trabalhavam na colheita do café, para Rio Pardo de Minas/MG. A maioria dos passageiros era da cidade de Vargem Grande do Rio Pardo.

Pronto socorro de Taiobeiras ficou lotado
Rapidamente toda a logística existente em Taiobeiras foi acionada. Vários policiais militares e rodoviários, inclusive os comandantes Capitão Paulo e Tenente Moreira, passaram a controlar o trânsito e as ambulâncias do SAMU, com o apoio de outras quatro da Prefeitura de Taiobeiras e três da Prefeitura de Rio Pardo, prestaram um rápido e eficiente socorro às vítimas até pronto socorro do hospital Municipal Santo Antônio, onde vários médicos foram acionados pelo plantão. Não houve vítimas fatais, mas três passageiros ficaram gravemente feridos e outros 12 tiveram ferimentos leves.
Na manhã de hoje (27), nossa reportagem retornou ao local do acidente e deparou com vários passageiros recolhendo suas bagagens. Eles contam que o ônibus já apresentava problemas mecânicos desde Altinópolis, pois a saída estava marcada para sábado, dia 25, às 11 horas e só conseguiu sair à meia-noite. “Quando a gente passava por Montes Claros o motorista já não conseguia colocar a 1ª e nem a 2ª marcha mais”, conta um dos passageiros. “Ele fez várias ultrapassagens proibidas para não perder o embalo, pois não estava conseguindo reduzir. Teve uma hora que nós passamos entre duas carretas. Todos estavam com medo dentro do ônibus”, relatou outro passageiro.

Capitão Paulo e Tenente Moreira comandaram operação
O Tenente Moreira, comandante da Polícia Rodoviária, informou para a reportagem que o condutor Edvaldo foi submetido ao teste do bafômetro, não sendo detectada nenhuma ingestão de bebida alcoólica. A documentação do motorista e do veículo está regular.
O comandante afirmou que o veículo efetuava transporte interestadual irregular de passageiros, por isso, as medidas cabíveis serão tomadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Como o ônibus saiu de São Paulo com destino à Minas Gerais, trata-se de transporte interestadual, por isso, o caso passa a ser de responsabilidade da ANTT”, explica o Tenente.

Passageiros foram atendidos no Pronto Socorro de Taiobeiras

Na manhã seguinte passageiros e seus familiares recolheram bagagens

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Infarto mata candidato em Rio Pardo de Minas


Faleceu agora a pouco Paulo Roberto de Paula, o popular Paulo da Sucam, 63 anos, que era um dos candidatos a prefeito de Rio Pardo de Minas pelo (PSDC). Ele estava em sua residência no Centro da cidade quando foi vítima de um infarto fulminante. O corpo está sendo velado na própria residência, localizada na Avenida Gumercindo Costa, nº 180.

Tribunal indeferiu recurso de Zé Pedro, candidato a vice em São João


O candidato a vice-prefeito de São João do Paraíso, Zé Pedro (PDT), teve o seu recurso junto ao TRE-MG negado pelo Juiz Relator Maurício Soares. Com isso, a candidatura de Zé Pedro, continua indeferida, mas ele pode recorrer ao TSE, em Brasília.
Zé Pedro havia entrado com recurso contra a decisão proferida pelo Juízo da 237ª Zona Eleitoral de Rio Pardo de Minas, Município de São João do Paraíso, que julgou procedente ação de impugnação proposta pelo Ministério Público Eleitoral, que indeferiu o registro de sua candidatura, por ter incidido em inelegibilidade decorrente da rejeição de contas públicas.
Zé Pedro alega que os motivos que levaram à rejeição de suas contas não podem ser considerados irregularidades insanáveis e não causaram danos irreparáveis ao erário público; e que não há nos autos provas ou indicação de dados que impliquem improbidade imputável a ele.
No entanto, o juiz relator negou provimento ao recurso e o candidato continua indeferido. Na decisão do juiz, foi esclarecido que, Zé Pedro foi parte em dois processos de tomada de contas especial perante o Tribunal de Contas da União, nos quais teve julgadas irregulares as contas relativas a convênios firmados enquanto era prefeito.
Está claro que os atos configuram atos de improbidade. A omissão no dever de prestar contas está expressamente prevista como ato de improbidade no art. 11, VI, da Lei 8.429/92”, destacou o relator. 
Não obstante, é também evidente que se trata de irregularidades insanáveis. A não execução das obras previstas no convênio, a má aplicação dos recursos e a aplicação em objeto diverso do previsto não têm como ser revertidas; também a omissão no dever de prestar contas é insanável quando o responsável nem mesmo apresenta documentação suficiente para análise de sua gestão”, completou o juiz.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Justiça afasta prefeito de Indaiabira novamente


Na tarde desta segunda, dia 20, o prefeito Marcus Costa (PTB), de Indaiabira, foi afastado novamente do cargo. A decisão foi da juíza da Comarca de São João do Paraíso, Aline Martins Stoianov, que deferiu o pedido do Ministério Público.

A acusação é em relação à grilagem de terras, cuja investigação continua e envolve várias pessoas, inclusive o ex-secretário de Estado de Reforma Agrária, Manoel Costa e ex-proprietárias de Cartório de Registro de Imóveis de Taiobeiras.

A nova denúncia envolve os terrenos onde as construções das casas populares e da creche Pró-infância foram erguidas no povoado da Barra de Alegria. O Ministério Público acusa o prefeito de ser beneficiado por um documento falso, que teria sido emitido de forma errada por um Cartório de Taiobeiras. O terreno seria de um cidadão identificado por Ênio.

Conforme a decisão judicial, o afastamento do prefeito Marcus vai até o dia 31 de dezembro de 2012, quando o mandato do prefeito se encerra.

Em contato com o prefeito Marcus, nossa reportagem foi informada que os advogados vão recorrer contra a decisão em Belo Horizonte, pois o terreno onde as obras foram construídas é da prefeitura de forma legítima, inclusive, a propriedade do terreno foi reconhecida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. “Isso não tem fundamento. As obras foram construídas em terreno público, com documentação comprovada pelo próprio Tribunal”, afirmou o prefeito.

Ainda conforme a denúncia do Ministério Público, os desvios de terras públicas envolvem políticos da região, ex-chefes de Cartórios e empresários, sendo que os bens de vários acusados estão bloqueados. 

Todos os detalhes da decisão judicial na próxima edição do Jornal Folha Regional.

Mais um jovem é assassinado em Taiobeiras

Na madrugada desta segunda, dia 20, por volta das 03 horas, foi registrado mais um homicídio em Taiobeiras. Desta vez a vítima foi Cleiton Alves de Souza, 17 anos, conhecido como Cleitinho. Conforme a Polícia Militar, ele foi alvejado com 2 tiros na Rua Brasília de Minas. Ainda não se sabe o motivo do homicídio.

No final da tarde, a Polícia apresentou um suspeito do homicídio, que prestou depoimento na Delegacia, mas nenhuma informação foi fornecida.

sábado, 18 de agosto de 2012

Outro assalto em Taiobeiras


Polícia Militar de Taiobeiras continua procurando assaltante que levou R$ 600,00 em um clínica médica da rua Santa Rita de Cássia, Centro da cidade. A vítima identificada por Nilvânio, 38 anos, relatou que trabalha no local e surpreendido por um homem magro e alto, que armado de revólver anunciou o assalto em pleno meio dia. O bandido exigiu que as pessoas presentes fossem para os fundos da clínica, quando derrubou uma mesa, forçou a gaveta e levou o dinheiro.

Quem tiver alguma informação, ligue para o 190 ou 181.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Diretora de escola participará de intercâmbio nos Estados Unidos


Escola da Diretora Ivonilde fica em 1º lugar de Minas Gerais no Prêmio Gestão Escolar
TAIOBEIRAS – A diretora da Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, Ivonilde Rodrigues, desta cidade, foi selecionada pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil para participar do Intercâmbio Brasil-Estados Unidos de Diretores Escolares, a realizar-se nos Estados Unidos entre os dias 11 de outubro a 04 de novembro deste ano.
A diretora Ivonilde vai para os Estados Unidos porque a Escola Tancredo Neves foi escolhida em 1º lugar de Minas Gerais no Prêmio Gestão Escolar 2012, com isso, irá representar o Estado na etapa nacional do Prêmio. A escola vencedora do Gestão Escolar no Brasil deve ser divulgada no mês de setembro.
O intercâmbio Brasil-Estados Unidos faz parte do Prêmio Gestão Escolar, realizado pelo CONSED e instituições parceiras desde 1999. As escolas vencedoras (uma em cada estado brasileiro) recebem um certificado de excelência, prêmios em dinheiro e materiais educacionais. Os educandários recebem também destaque em suas comunidades por sua inovação e bom desempenho e servem de modelo para outras escolas em suas comunidades.
Já estávamos muito felizes em termos alcançado o 1º lugar da etapa regional do Prêmio Gestão Escolar 2012. Mais felizes nos sentimos agora em saber que obtivemos também o 1º lugar na etapa estadual”, vibra a diretora Ivonilde Rodrigues, que conhecerá na viagem de intercâmbio novas experiências de escolas públicas americanas.

Entenda o Prêmio

A 13ª edição do Prêmio Gestão Escolar contou com 4.243 escolas inscritas, sendo 776 de Minas Gerais. Cada estado brasileiro selecionou sua escola destaque, no caso de Minas Gerais, a escola selecionada foi a taiobeirense Tancredo Neves. Em 2011, Minas Gerais foi representado na etapa nacional do Prêmio pela Escola Estadual Dom Pedro I, do município de Machado, na região sul de Minas.
Agora, uma comissão formada por representantes dos parceiros do prêmio escolherá seis finalistas, que concorrem ao título de “Referência Brasil”. Em todas as etapas, são avaliadas cinco dimensões: gestão pedagógica, gestão participativa, gestão de serviços e recursos, gestão de resultados e gestão de pessoas.
A escola vencedora da etapa nacional receberá R$ 30 mil. As seis finalistas ganham R$ 10 mil cada uma.

Consórcio internacional vai estudar viabilidade de ferrovia

Luiz Antônio Athayde e Gil Pereira durante a solenidade de assinatura do contrato com o consórcio
O principal objetivo é viabilizar o escoamento do minério de ferro que será explorado no Alto Rio Pardo

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE), assinou, no dia 16, contrato com o consórcio DB International GmbH, que será responsável pela realização de estudos de viabilidade econômica e o desenvolvimento de uma nova logística de infraestrutura ferroviária na região Norte, mais especificamente na microrregião Alto Rio Pardo. O principal objetivo é viabilizar o escoamento do minério de ferro, recém-descoberto na região e que será explorado a partir de 2014.
O projeto abrange também as regiões Noroeste e vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. Além dos estudos da viabilidade socioeconômica para implantação de uma nova ferrovia, o levantamento  poderá apontar, se for o caso, retificações de traçados para promover o uso mais intenso do transporte ferroviário.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Três prisões na BR-251


No dia 14 de agosto, três pessoas foram presas na BR-251 durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal próximo à Salinas. Um motorista de 19 anos foi flagrado transportando 87 pares de tênis e sapatos sem documentação fiscal, sendo 10 com indícios de falsificação. Ele foi detido no km 318 da rodovia e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Salinas junto com a mercadoria encontrada.

Numa outra ação, um motoqueiro, também de 19 anos, pilotava uma moto roubada em Santo André/SP no ano de 2009 e foi detido. Junto com ele foi preso também um homem de 24 anos, que seria o ‘dono’ do veículo. Ambos foram levados para a delegacia de Salinas.

Candidaturas indeferidas

Em Montes Claros, os candidatos a prefeito Jairo Ataíde e Athos Avelino (PSB), acusados de serem ‘fichas-sujas’, impetraram recurso contra o indeferimento de suas candidaturas em 1ª instância, sentenciada pela juíza Silvia  Oliveira, da Vara Eleitoral de Montes Claros. Os dois candidatos aguardam decisão do Tribunal Regional Eleitoral ainda nesta semana.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Diretor da SAM detallha investimentos que serão feitos na exploração do minério


De acordo o diretor-executivo da SAM, Haroldo Fleischfresser, a implantação da mina de minério de ferro consumirá investimentos de R$ 666 milhões, cuja conclusão está prevista para julho de 2015. Para isso, deverão ser criados 798 empregos diretos. A produção anual prevista é de 122 milhões de toneladas, quando atingir a capacidade operacional.
A Planta de Pelotização receberá investimentos de R$ 2,7 bilhões, com geração de 989 empregos diretos. O objetivo da unidade de beneficiamento é elevar de 20% para 65% o teor de ferro do minério extraído na mina. A capacidade de produção é de 25 milhões de toneladas por ano de pellet feed (pelotas de ferro). A conclusão da obra está prevista para julho de 2015.
Para a construção do mineroduto, com 482 quilômetros de extensão, serão investidos R$ 810 milhões, que transportará a produção até o porto de Ilhéus, na Bahia. Serão criados 40 empregos diretos, e o corredor terá capacidade para transportar, anualmente, 25 milhões de toneladas de pelotas de ferro. O mineroduto passará por 21 municípios, sendo nove em Minas Gerais.
A construção da Barragem no Rio Vacaria terá investimentos de R$ 46 milhões, incluindo os custos de desapropriações. A barragem terá 30 metros de altura e a SAM se compromete a disponibilizar 40% do volume outorgável de água para projetos do Estado e da iniciativa privada.
Também está prevista a construção de uma barragem na cabeceira do Córrego do Vale, com retenção de água para regularização hídrica, atendendo à comunidade do Vale das Cancelas, com investimentos de R$ 6,12 milhões.
Por fim, a SAM anuncia um projeto de irrigação para uma área de 950 hectares no município de Fruta de Leite, com investimentos de R$ 8,55 milhões para elaboração de projetos e fornecimento de equipamentos, como kits de irrigação para produtores rurais. A área mínima de irrigação será de 2 hectares por produtor.