sexta-feira, 22 de maio de 2015

Polícia Civil busca provas sobre a morte de jornalista decapitado

Policiais militares no local do crime. Foto: Valseque Bomfin / Lente do Vale
Equipe do DHPP buscou vestígios no local em que o corpo foi encontrado e vai intensificar investigações

A equipe do Departamento de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil de Minas Gerais esteve nesta manhã (21/5) no local em que o corpo do jornalista Evany José Metzker foi encontrado na segunda-feira (18/5). Os policiais liderados pelo delegado Emerson Morais foram em busca de algum vestígio que possa ajudar na sequência das investigações iniciadas, na segunda-feira, pela equipe da delegada de Padre Paraíso, Fabrícia Noronha.

Nesta fase da investigação, estão sendo ouvidas pessoas do convívio de Evany, assim como há uma tentativa de reprodução dos últimos passos da vítima. Até agora, oito pessoas já foram entrevistadas e ouvidas formalmente em cartório, pelas duas equipes. Segundo o delegado Emerson Morais, os trabalhos continuam nos próximos dias, sem prazo previamente determinado para a conclusão, porque não há somente uma linha de investigação. “Nenhuma linha investigativa pode ser descartada. Temos de trabalhar com todas as possibilidades, com apuração detalhada, criteriosa e abrangente”, enfatizou.

Ainda de acordo com o delegado Emerson Morais, não há qualquer registro formal de ameaças que Evany tenha recebido. No entanto, as possíveis ameaças serão investigadas, inclusive com novo depoimento da viúva, Ilma Chaves Silva Borges.

Por determinação do governador Fernando Pimentel, a viúva receberá todo o atendimento que cabe ao Estado em casos como esse. Uma equipe de assistência social da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social vai entrar em contato com ela para sondar sobre possíveis necessidades e orientá-la sobre a possibilidade de utilização de serviços municipais de assistência social, além de apoio jurídico e psicossocial, que pode ser dado pelo Núcleo de Atendimento a Vítimas de Crimes Violentos (NAVCV) da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac).

Corpo do jornalista é recolhido no local do crime
Repercussão internacional – A morte do jornalista Evany Metzker causou repercussão internacional e foi noticiada em jornais da Espanha, Argentina, Inglaterra e Alemanha. Com a pressão de toda as classes de jornalistas e sindicatos, o governador Pimentel determinou que a equipe do Departamento de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) entrasse no caso. Os investigadores estão tentando reproduzir os últimos passos da vítima.

Assaltantes levam mais uma moto na zona rural de Taiobeiras

Na quinta, 21 de maio, dois assaltantes atacaram uma vítima de 55 anos em uma estrada vicinal da Fazenda Catulé, zona rural de Taiobeiras. Conforme a vítima relatou aos policiais militares, ao transitar pela estrada, dois indivíduos encapuzados saíram de repente do matagal, sendo que um deles estava com arma em punho.

Ainda conforme a vítima, um dos autores era baixo e magro, já o outro, que estava armado, possivelmente com um revólver calibre 22, era alto e magro. De forma muito rápida, eles anunciaram o assalto e levaram a motocicleta Honda CG 150 Titan, de cor vermelha, placa HAJ-4639, além de um aparelho celular da marca Nokia.

A polícia foi acionada e foi feito rastreamento pelas imediações no intuito de localizar os autores, porém, ninguém foi preso.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Pesquisadores apresentam resultados de estudos sobre Chagas no Norte de Minas

Coordenadora dos estudos Ester Sabino, da USP
Droga utilizada no tratamento da doença, capaz de levar à cura ou prevenir complicações cardíacas, é um dos destaques de simpósio que reuniu especialistas

Por Léia Oliveira

Simpósio “Atualização em doença de Chagas”, promovido no campus-sede da Universidade Estadual de Montes Claros, apresentou os conteúdos de atualização cientifica, avaliação clinica e tratamentos da doença, O destaque foi o uso do Benzonidazol – droga utilizada para tratamento específico da enfermidade, que pode levar à cura ou prevenir complicações cardíacas.

Participaram alguns dos principais pesquisadores, profissionais e acadêmicos da área de saúde do país. O simpósio faz parte de um estudo aprofundado, feito em 22 cidades do Norte de Minas, onde se concentra maior número de pacientes com a doença. O grupo de pesquisa em Chagas é liderado pela pesquisadora Ester Cerdeira Sabino, professora-doutora da USP, que idealizou o projeto e buscou as parcerias entre Unimontes e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para um trabalho inicial (REDS 2), em 2008.

Com os excelentes resultados da primeira pesquisa, novos estudos receberam incentivo e foi criado o grupo Samitrop (Centro de Referência São Paulo-Minas Gerais para Biomarcadores em Doenças Tropicais Negligenciadas). O centro de pesquisas reúne pesquisadores de instituições parceiras, sob a coordenação da doutora Ester Sabino e do professor Antônio Luiz Pinho Ribeiro, da UFMG.  O projeto atual, iniciado há três anos, é financiado peloNational Institute of Health, a maior agência de fomento em pesquisa médica dos Estados Unidos.

Rede de Teleassistência – Para mapeamento dos pacientes com doença de Chagas no Norte de Minas, o estudo utilizou-se da base de dados e da expertise da Rede de Teleassistência de Minas Gerais, composta por seis instituições de ensino superior do Estado: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Federal Juiz de Fora (UFJF), Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e a Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ).

Os estudos estão em fase final, que é a consolidação das estatísticas e dos dados coletados. Posteriormente, a meta é iniciar novas pesquisas com ensaios clínicos, visando avaliar tratamentos para os pacientes chagásicos e propiciar mais investigações científicas sobre doenças infecciosas negligenciadas no Brasil.  

O coordenador da Rede de Teleassistência de Minas Gerais, professor Antônio Luiz Pinho Ribeiro, destaca o trabalho feito na região, envolvendo 2.200 pacientes. “O Norte de Minas tem um número elevado de chagásicos e temos atuado em algumas cidades com a finalidade de pesquisar e conhecer melhor sobre a doença e as pessoas. Nossa proposta aqui é apresentar os resultados parciais das pesquisas feitas na região”, ressalta o pesquisador.

Durante os estudos prévios feitos no Norte de Minas, os pesquisadores verificaram que, a cada ano, um percentual de 2% dos portadores de Chagas – até então assintomáticos – passou a apresentar evidências de acometimento cardíaco, mostrando a evolução progressiva dos pacientes para quadros mais graves.

O reitor da Unimontes e também médico infectologista, João dos Reis Canela, participou do simpósio. Desde a década de 1970, ela atendeu a aproximadamente 3 mil portadores da doença. “A Unimontes, em conjunto com outras instituições de ensino, tem papel importante na investigação cientifica que servirá como instrumento para os serviços e também para as politicas de saúde pública. Os pacientes chagásicos necessitam de um acompanhamento mais direto na busca do maior controle da doença”, diz o professor.

Monitoramento – Os 2.200 pacientes atendidos no Norte de Minas são acompanhados com avaliação de sintomas e realização de exames específicos, como o eletrocardiograma e o ecocardiograma, além de outros. O professor André Pires Antunes, coordenador do polo Montes Claros na Rede de Teleassistência, ressalta a importância da pesquisa para os estudos sobre o Mal de Chagas. “É necessário investir cada vez mais na ciência como forma de colaborar com o controle de doenças, em especial a doença de Chagas, que necessita de estudos científicos em busca da cura”, enfatiza o coordenador.

Durante o simpósio, foram abordados temas como formas de contaminação, avaliação clinica, uso do Benzonidazol, os tratamentos e os resultados parciais do projeto de pesquisa da região. Participaram do evento as pesquisadoras Ester Cerdeira Sabino (USP), Clareci Silva Cardoso e Claudia Di Lorenzo Oliveira (UFSJ) e Noemia Barbosa Carvalho (USP).

Conheça a doença – O Mal de Chagas foi descoberto em 1909 pelo cientista mineiro Carlos Chagas, no município de Lassance (Norte de Minas).  A doença é endêmica na América Latina, onde existem cerca de 8 a 10 milhões de pessoas infectadas. É transmitida pelo protozoário Trypanosoma cruzi. Normalmente, os barbeiros vivem nas áreas rurais onde se adaptam facilmente ao ambiente domiciliar.

A forma de transmissão mais conhecida é pelo inseto contaminado pelo parasito. O barbeiro pica, suga o sangue da pessoa e defeca ao mesmo tempo. Nas fezes do barbeiro estão as formas infectivas do parasito. Pelo contato das mãos com as fezes do barbeiro, ao coçar o local da picada ou levar a mão à boca ou aos olhos, o parasito penetra na corrente sanguínea da pessoa.

Em Berizal, homem sem habilitação é preso com carro irregular e maconha

Na tarde do dia 20, a Polícia Militar de Berizal recebeu denúncia anônima dando conta de que indivíduos estariam deslocando para o povoado de Machado Mineiro em busca de drogas. Diante da denúncia, os militares montaram operação em local estratégico e abordaram o veículo Fiat Uno, de cor vermelha, no retorno à cidade.

Ao efetuar a ordem de parada, os policiais encontraram três indivíduos dentro do veículo: J.A.O, de 52 anos,  E.L.S, de 18 anos e H.A.R, de 15 anos. No porta-malas do veículo haviam duas porções de maconha, que seriam do homem de 52 anos, condutor e proprietário do Fiat Uno, que alegou ter adquirido a droga para consumo próprio. Já os dois passageiros alegaram que não sabiam da existência da droga no carro.

Para piorar a situação, o condutor não tem carteira de habilitação e o veículo não estava devidamente licenciado, com isso, o carro foi guinchado. Os dois autores maiores foram presos e encaminhados para a Delegacia de Taiobeiras, já o menor de 15 anos foi apreendido. Além da droga, os militares recolheram R$ 35,50 em dinheiro e dois celulares.

PM recupera moto de funcionário da Prefeitura de Taiobeiras

Na tarde do dia 20 de maio, uma Guarnição da Polícia Militar foi acionada para comparecer ao Aterro Sanitário de Taiobeiras, próximo ao local denominado "Barragem de Cima", onde um funcionário da Prefeitura de Taiobeiras relatou que estava trabalhando com a máquina que cobre o lixão quando indivíduos não identificados furtaram sua motocicleta Honda Bros, cor branca, placa HCP-8704 e um capacete vermelho.

Depois de colher as informações, os militares passaram a fazer rastreamentos pelas imediações, até que encontraram marcas dos pneus da motocicleta em uma trilha de vegetação densa. Depois de um percurso de aproximadamente 500 metros, os policiais depararam com a referida motocicleta.

Os policiais militares continuaram com o rastreamento com o intuito de localizar os indivíduos, porém, sem êxito. O capacete pertencente à vítima não foi encontrado.

Funcionários não concursados da Educação poderão ficar nos cargos até dezembro, diz STF

Decisão, que atende pedido do governador Fernando Pimentel, foi tomada durante reunião do Supremo Tribunal Federal na quarta (20/05).

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (20/5), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram adiar para o fim de dezembro o prazo máximo para substituição de funcionários não concursados da área de educação de Minas Gerais por servidores concursados.

A decisão atende a um pedido do governador Fernando Pimentel para modular uma sentença anterior do STF, que havia determinado, no ano passado, que a substituição ocorresse até abril deste ano. O pedido do governador teve, como objetivo, manter os funcionários nos cargos até o final de 2015. No recurso ao STF, ele pediu que o adiamento atendesse tanto para professores de nível médio quanto para os da educação básica, para evitar prejuízo aos alunos numa eventual troca durante o ano letivo.

O secretário de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Helvécio Magalhães, comemorou a decisão do STF. “O governo de Minas Gerais recebeu com satisfação a decisão do Supremo de acatar o recurso. Foi uma vitória dos servidores atingidos pela Lei 100 e também do governador Pimentel, que se empenhou pessoalmente em conseguir o adiamento da decisão do próprio STF até dezembro. Isso dá ao governo tempo para analisar todas as questões individuais de tempo de serviço, promover as aposentadorias para quem já tiver tempo para se aposentar dentro das regras do STF”, frisou.

Ainda segundo Helvécio, a decisão tem outro aspecto positivo. “Teremos tempo para promover as nomeações dos novos concursos e de acertar com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por meio de um grupo de trabalho, a transição dos servidores que não têm tempo completo de serviço. O governo vai continuar trabalhando firme para proteger os direitos de cada servidor”, garantiu.

Para o secretário de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais, Marco Antônio de Rezende Teixeira, o entendimento do STF reflete os esforços do Governo de Minas Gerais no sentido de amenizar os efeitos provocados pela inconstitucionalidade da Lei 100. “Os beneficiados diretos por esta decisão são o calendário escolar, os estudantes e, claro, os servidores mineiros. O calendário não precisará sofrer alterações bruscas, já que, até dezembro, os educadores permanecem em suas funções. Agora, vamos buscar as demais soluções possíveis quanto aos danos causados por essas efetivações frustradas”, afirmou.

O relator do caso no Supremo, o ministro Dias Toffoli, já havia votado favoravelmente ao pedido no fim de março. A decisão final ficou à espera do voto dos demais ministros, que acompanharam o relator por unanimidade na sessão desta quarta.

Em março de 2014, o plenário do Supremo decidiu que a chamada “Lei 100”, que efetivou servidores não concursados, era inconstitucional e determinou que os funcionários deixassem os cargos até 1º de abril de 2015. A decisão afetaria cerca de 80 mil servidores que hoje atuam no estado sem ter passado por concurso público.

Na decisão do ano passado, o STF deu ao estado um ano para a realização de concursos. O governo demonstrou que vem realizando diversos concursos para a substituição, mas nem todos foram concluídos.

Em seu voto, Toffoli reconheceu os esforços da administração em cumprir a sentença. “Nota-se que o governo do estado efetivamente tem envidado esforços no sentido de garantir o cumprimento da decisão, mas o enorme volume de cargos sujeitos a substituição e a complexidade dos trâmites a ela relacionados sinalizam para a inviabilidade de se proceder a todas as substituições até 1º de abril do corrente ano, quando teria fim o prazo de modulação”, destacou.

O ministro acrescentou ainda que as eleições do ano passado dificultaram a conclusão dos concursos, “o que certamente impactou os procedimentos voltados à regularização dos quadros funcionais abrangidos pelo artigo 7º da Lei Complementar estadual 100/2007”.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Governador determina rigorosa apuração da morte de jornalista em Padre Paraíso

Polícia Civil encaminhou equipe especializada em homicídios para assumir as investigações do caso

O governador Fernando Pimentel determinou ao chefe da Polícia Civil, delegado Wanderson Gomes, apuração rigorosa no caso da morte do jornalista Evany José Metzker, de 67 anos, ocorrida na última segunda-feira (18/5), na cidade de Padre Paraíso, no Vale do Jequitinhonha. Pimentel também solicitou ao secretário de Defesa Social, Bernardo Santana, que todos os esforços da área de Segurança Pública do Estado sejam no sentido de assegurar total esclarecimento sobre a motivação do crime, identificação e prisão dos culpados.

Uma equipe do Departamento de Investigação de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) chega nesta quarta-feira (20/5) a Padre Paraíso e se reúne com a delegada da cidade, Fabrícia Nunes, responsável pelas primeiras investigações sobre o caso.

Coordenada pelo delegado Emerson Morais, a equipe de quatro investigadores e uma escrivã do DHPP vai dar sequência à investigação que já tem, pelo menos, dois depoimentos colhidos em cartório nessa terça-feira (19/5) pela equipe da Delegacia de Padre Paraíso, assim como outros levantamentos obtidos no local a partir de diligências preliminares e das primeiras impressões da perícia criminal.

Policiais civis de Belo Horizonte já estão em Padre Paraíso, auxiliando nas investigações. A determinação do governador Pimentel atende a pedido feito pelo presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG), Kerison Lopes. “A providência garantirá agilidade e neutralidade nas apurações. As estatísticas mostram que assassinatos de jornalistas quase sempre tem relação com o poder local”, disse Kerison.

Segundo a mulher do jornalista, a professora Ilma Chaves Silva, de 51 anos, Metzker investigava uma quadrilha envolvida com a prostituição de adolescentes e denunciava ações de políticos corruptos da região.

Governo inicia processo de concessão de estradas estaduais

Secretário Murilo Valadares (centro), secretário da Fazenda, José Afonso Bicalho (direita), diretor geral do DER, Célio Dantas de Brito
Rede rodoviária do Estado tem 28,7 mil km; investimentos previstos para este ano são de R$ 378 milhões

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) publicou no Minas Gerais de terça-feira (19) aviso de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI 01/2015) para orientar a participação de interessados na estruturação de propostas para exploração da rede rodoviária estadual. A PMI abrange, inclusive, as rodovias federais de que trata o art. 11 da Lei Federal 12.872, de 2013, por meio de concessão comum, concessão patrocinada ou concessão administrativa.

A malha rodoviária a ser analisada tem 28,7 mil quilômetros. Em 2015, estão previstos investimentos da ordem de R$ 378 milhões em recuperação e manutenção das estradas estaduais mineiras.

Para o secretário de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares,  o grande diferencial da PMI das estradas estaduais está na liberdade de escolha, uma vez que o interessado poderá selecionar qualquer trecho dos 28,7 mil quilômetros da malha rodoviária de Minas – e não, necessariamente, por lotes, como foi feito no ano passado.

As manifestações de interesse deverão ser encaminhadas até o dia 16 de novembro de 2015. Os interessados em participar apresentarão, por sua própria conta, estudos, levantamentos e planos, tais como estimativa de tráfego, estudo de capacidade das rodovias, avaliação de traçado, levantamento das condições da infraestrutura implantada, avaliação das obras de arte especiais, estudos de acidentes e segurança de trânsito e planos de exploração rodoviária, dentre outros.

terça-feira, 19 de maio de 2015

Seleção de Rio Pardo vence Retiro e lidera a Chave B

Seleções de Retiro e Rio Pardo fizeram um jogo de muita marcação

Na tarde de domingo (17), aconteceu um grande clássico regional entre as seleções de Retiro e Rio Pardo, válido pela 3ª rodada da Chave B da Copa Folha Regional.

O clássico é conhecido como “mãe e filha”, já que a cidade de Retiro foi emancipada de Rio Pardo de Minas. A partida foi muito equilibrada e as duas seleções tiveram poucas oportunidades de gols no 1º tempo. A melhor chance de Rio Pardo foi com Mailson, que quase marca um golaço de bicicleta. Já a melhor oportunidade de Retiro foi em cobrança de falta do meia Eré, que obrigou o goleiro Jeferson a falta ótima defesa e a bola ainda bateu na trave.

No 2º tempo, logo aos 3 minutos, em jogada de contra-ataque, a seleção de Rio Pardo, através da velocidade do atacante Toninho, fez 1x0. Depois disso, Retiro passou a atacar o tempo todo, mas os rio-pardenses souberam se defender e passaram a explorar os contra-ataques.

Aos 14 minutos, o atacante Murilo foi na linha de fundo e cruzou na medida para Arlindo, que, livre de marcação, testou pra fora. Aos 20 minutos, em cobrança de falta em dois toques dentro da área, a defesa de Rio Pardo tirou a bola em cima da linha, e após bate-rebate, o atacante Murilo testou livre de marcação, mas a bola foi por cima.

Com a bela vitória fora de casa, a seleção de Rio Pardo lidera a Chave B com 6 pontos em dois jogos e próximo sábado, às 19 horas, irá enfrentar a seleção de Taiobeiras, no estádio do Minas.
Torcida de Retiro empurrou o time, mas Rio Pardo soube segurar o resultado



 Classificação da 1ª Fase  
Chave A
Seleção
Pontos
Jogos
Gols pró
Vitórias
Saldo
- Ninheira
4
3
9
1
3
- Divisa
4
2
4
1
3
- Salinas
3
3
5
1
-6
Chave B
Seleção
Pontos
Jogos
Gols pró
Vitórias
Saldo
- Rio Pardo
6
2
3
2
2
- Retiro
3
2
3
1
0
- Taiobeiras
0
2
3
0
-2


Pai e filho são atacados por assaltantes, que levam R$ 20 mil

A polícia de Taiobeiras ainda não tem pistas dos assaltantes que atacaram mais duas vítimas em Taiobeiras. Conforme a ocorrência, o assalto aconteceu na Avenida Amazonas, nas imediações do número 300, no Centro da cidade.

A vítima relatou aos militares que saiu do comércio Elomax Distribuidora, localizado na Avenida Amazonas e seguiu para sua residência, na mesma Avenida, em companhia de seu filho. Ao adentrarem na residência, pai e filho foram surpreendidos por dois bandidos de estatura mediana, que usavam blusas pretas, tipo Adidas e calças jeans. Ambos estavam com capacetes e um deles com revólver em punho.

De forma violenta, os bandidos anunciaram o assalto, determinando que a vítima entregasse os R$ 5 mil em dinheiro que estavam no bolso da calça. Após o empresário entregar o dinheiro, os assaltantes, não satisfeitos, exigiram mais dinheiro e o obrigou a abrir o cofre da residência, onde haviam mais R$ 15 mil em dinheiro.

Com os R$ 20 mil em mãos, os bandidos trancaram pai e filho em um dos cômodos da casa e evadiram, tomando rumo ignorado. As vítimas não reconheceram os autores e ninguém soube explicar as características da motocicleta usada para a fuga.

As Guarnições da Polícia Militar fizeram rastreamento, mas, até o momento ninguém foi preso.

Jornalista investigativo é encontrado decapitado em Padre Paraíso

Evany José Metzker estava desaparecido desde o dia 13 e foi encontrado em uma estrada rural

Jornalista Evany morreu aos 67 anos
Mais um jornalista investigativo foi encontrado morto em Minas Gerais. O corpo de Evany José Metzker, de 67 anos, foi localizado decapitado e já em avançado estado de decomposição na manhã de segunda (18) em uma estrada na zona rural de Padre Paraíso, na região Vale do Jequitinhonha. O jornalista estava desaparecido desde a última quarta feira, dia 13 de maio.

Até o momento, a Polícia Civil trabalha com duas linhas de investigação: queima de arquivo, devido aos levantamentos que ele vinha fazendo de uma organização criminosa; ou passional, praticado por vingança, diante de um suposto envolvimento íntimo da vítima com uma pessoa da cidade. A possibilidade de latrocínio parece improvável, já que a carteira do jornalista, com documentos e cartão de crédito, um relógio e a aliança de ouro foram encontrados próximo ao corpo.

A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima por volta das 11h30 de ontem. Os militares foram até o local e encontraram o corpo seminu e com as mãos amarradas com uma corda. A cabeça de Evany foi encontrada em uma vala a cerca de 100 metros do corpo, muito dilacerada. A perícia também foi acionada e constatou que o corpo já estava ali há cerca de cinco dias.

O repórter mantinha o site de notícias “Coruja do Vale”, onde denunciava uma série de crimes e irregularidades políticas em prefeituras de cidades da região. Atualmente, ele investigava uma quadrilha de prostituição de adolescentes que agia em Catuji. José Metzker era morador de Medina, também na região Vale do Jequitinhonha, e estava hospedado na cidade para fazer uma série de reportagens.

A mulher e dois amigos do jornalista foram até a cidade de Padre Paraíso para reconhecer o corpo e buscar os pertences de Evany na pousada onde ele estava hospedado. Um notebook e as anotações do jornalista foram solicitados pela delegada responsável pelo caso, Fabrícia Noronha, para ajudar nas investigações do crime. Na noite de ontem, o corpo do jornalista foi levado por uma funerária de Padre Paraíso até a cidade de Medina, onde foi enterrado na manhã dessa terça.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Bandidos agridem e roubam idosos em povoado de Novorizonte

Ninguém sabe ainda que são os quatro bandidos que agrediram e roubaram um casal de idosos no povoado de Bitu, zona rural de Novorizonte, na madrugada da última sexta (15). O casal relatou aos militares que estavam dormindo, quando escutaram os bandidos arrombando a janela de um dos quartos com chutes. Logo após, foram atacados por quatro indivíduos armados com pedaços de pau, já dentro da casa.

Fazendo uso de violência, os assaltantes amarraram as vítimas, um com fita adesiva e outro com um pedaço de fio. O idoso tentou reagir, mas foi agredido e ameaçado de morte. Com as vítimas rendidas, os bandidos passaram a revirar a residência e exigiam dinheiro das vítimas, que não resistiram às agressões e entregaram uma carteira com todos seus documentos e a quantia de R$ 2 mil em dinheiro, além de um celular.

Após o roubo, os infratores pularam o muro e fugiram pela frente da casa. Conforme os vizinhos, eles estavam em um veículo Escort, cor prata, e seguiram pela estrada sentido Taiobeiras.

As vítimas informaram aos policiais militares que os quatro indivíduos eram jovens e morenos, todos de estatura mediana e estavam com máscaras e bonés. Até o momento, ninguém foi preso.

domingo, 17 de maio de 2015

Salinas vence Ninheira e se reabilita na Copa Folha Regional

O meia Du fez o 1º gol de Salinas e o atacante Pintinho fez o gol da vitória
No sábado, dia 16 de maio, a seleção de Salinas conseguiu a reabilitação ao vencer em casa a seleção de Ninheira, em jogo muito disputado. Logo no início da partida, aos 3 minutos, a seleção de Ninheira abriu o placar com gol do artilheiro Robson.

A seleção de Salinas chegou ao empate ainda no 1º tempo, quando aos 43 minutos, o meia Du dominou a bola no meio de campo e acertou um belo chute, cobrindo o goleiro de Ninheira: 1x1.

No 2º tempo, o jogo ficou ainda melhor. Logo aos 4 minutos, Ninheira voltou a marcar, novamente com o artilheiro Robson, a grande surpresa da Copa 2015. Mas, Salinas não desistiu e de forma surpreendente passou a atacar cada vez mais, chegando ao empate aos 10 minutos, com gol do meia Renato. E aos 25 minutos, os salinenses conseguiram a virada, com gol do atacante Pintinho.

Com a vitória por 3x2, os salinenses agora precisam de uma vitória contra Divisa Alegre em seu último jogo da fase para conseguir a classificação para o mata-mata. Na mesma situação está a seleção de Ninheira, que também precisa de uma vitória em casa contra Divisa Alegre para se classificar.

  Classificação da 1ª Fase  

Chave A
Seleção
Pontos
Jogos
Gols pró
Vitórias
Saldo
- Ninheira
4
3
9
1
3
- Divisa
4
2
4
1
3
- Salinas
3
3
5
1
-6
Chave B
Seleção
Pontos
Jogos
Gols pró
Vitórias
Saldo
- Rio Pardo
6
2
3
2
2
- Retiro
3
2
3
1
0
- Taiobeiras
0
2
3
0
-2