Facebook

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

PM de Divisa Alegre prende integrante de facção baiana

Cacau é acusado de integrar a facção MPA

Uma Guarnição da Polícia Militar de Divisa Alegre, composta pelos Soldados Carlos Sena e Daniel Alcântara, depois de levantamentos e monitoramento, conseguiram capturar um dos integrantes de uma perigosa facção criminosa de Porto Seguro, estado da Bahia. O indivíduo, conhecido por “Cacau”, 21 anos, estava sendo procurado pela polícia baiana. Ele é acusado de integrar a facção MPA (Mercado do Povo Livre), conhecida na Bahia devido diversos crimes, como tráfico de drogas e assaltos.

Conforme levantamentos da Guarnição, através de denúncias anônimas, Cacau estaria deslocando de São Paulo para Divisa Alegre. De posse da informações, os Soldados montaram campana e passaram a patrulhar as ruas da cidade, até que depararam com um veículo Golf, cor Prata, placa de Taiobeiras, na Avenida Hermínia Alves Ruas, no Centro de Divisa Alegre.

O veículo estava transitando em baixa velocidade e com os vidros escuros fechados. Ao avistar a viatura, foi feita uma manobra de retorno no meio da via, mas os policiais agiram rápido e bloquearam o veículo, deparando com o suspeito Cacau e com um comparsa, natural de Itaobim.

Com os dois indivíduos rendidos, os Soldados fizeram contato com as polícias Civil e Militar de Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz Cabrália, que confirmaram a caça à Cacau, ressaltando que ele é um dos líderes da facção criminosa 'MPA', que, inclusive, executou um policial na Bahia. Posteriormente, foi enviada a cópia do Mandado de Prisão.

Em vistoria ao veículo Golf, os policiais localizaram três porções de maconha. O comparsa de Cacau, que conduzia o Golf, também foi preso, pois estava embriagado ao volante, mas foi liberado após pagamento de fiança. Ele alegou que apenas deu carona ao denunciado Cacau, que foi levado para a delegacia de Pedra Azul, com escolta apoiada pela Guarnição de Águas Vermelhas.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

PM de Taiobeiras persegue “Cara da Falcon Preta”

Conforme a PM, moto Honda Falcon, cor preta, era constantemente usada em crimes
Constantemente são registradas ocorrências envolvendo um indivíduo que pilota uma moto Honda Falcon, cor preta. O “Cara da Falcon Preta”, como é identificado, só anda armado e, conforme os policiais, tem envolvimentos com roubos e homicídios, além da suspeita de chefiar o tráfico no bairro Planalto.

Na tarde de sexta (06), uma Guarnição da Polícia Militar deparou com o “Cara da Falcon Preta” no bairro Vila Formosa, momento em que foi iniciada uma ferrenha perseguição pelas ruas do bairro, mas o indivíduo, que estava com arma na cintura, conseguiu evadir.

A partir de então, as guarnições da PM passaram a fazer rastreamento pela cidade, pois existia a forte suspeita de que o “Cara” estava planejando algum crime. Por volta das 19 horas os policiais voltaram a deparar com o autor, dessa vez no bairro Planalto, quando aconteceu outra perseguição, que se estendeu para as ruas do Vila Formosa. Foram cerca de 35 minutos de perseguição, até que o autor seguiu para as ruas Barbacena e Turmalina, conseguindo pegar uma estrada vicinal sentido à Barragem de Cima.

Como os policiais não desistiram da perseguição, pois percorreram cerca de 25 quilômetros pelo mato, o autor foi obrigado a abandonar a Falcon Preta e se esconder no matagal. A moto foi apreendida e o autor continua sendo procurado pelos militares.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

PM combateu o tráfico em quatro cidades da região

Em uma das operações, os policiais apreenderam uma arma
O dia 03 de fevereiro foi de combate ao tráfico de drogas na região.  A Polícia Militar registrou ocorrências nas cidades de Taiobeiras, Salinas, Padre Carvalho e São João do Paraíso.

Em Taiobeiras, a ocorrência foi lavrada após denúncia anônima, quando o cidadão informou que vários jovens não identificados estavam entrando e saindo constantemente de uma construção abandonada na Rua Canápolis. Ao apurar a denúncia, os militares descobriram que os jovens estavam usando o terreno para consumir, comercializar e esconder drogas ilícitas. Mas, durante a averiguação, os policiais não encontraram nenhum infrator, localizando apenas 13 invólucros plásticos com maconha, que estavam enterrados.

Em Salinas, a Guarnição da PM também recebeu denúncias anônimas dando conta de que indivíduos estariam fazendo uso de drogas embaixo da ponte do rio Bananal. Ao deslocar até o local, os policiais depararam com cinco indivíduos, sendo três menores e dois maiores. Eles estavam com cigarros de maconha e três porções da droga, além de R$ 110,00 reais em dinheiro. Os usuários relataram que adquiriram a droga no bairro Alto São João.

Em Padre Carvalho, os policiais foram até à Fazenda Curral de Varas, zona rural do município, onde deparou com uma motocicleta e dois ocupantes. Ao avistar a viatura, o piloto empreendeu fuga sentido a uma plantação de pinus e o garupeiro dispensou uma sacola plástica com 422 gramas de cocaína. O material foi apreendido, mas os traficantes conseguiram evadir.

Em São João do Paraíso, durante operação policial na Rua Ângelo Pinheiro de Carvalho, bairro São Joãozinho, os Militares foram abordar um indivíduo de 28 anos que estava em um bar, ocasião em que dispensou um revólver calibre 38 atrás de uma motocicleta. O autor alegou que estava com a arma por que estava sendo ameaçado por traficantes. Ele disse também que havia comprado a arma por R$ 1.000,00, mas não quis identificar o vendedor.


Dinheiro devolvido pela Câmara já está na conta da Prefeitura de Salinas

Presidente André Santana devolveu R$ 186 mil do exercício de 2015 para o prefeito Kinca Dias
A bolada de R$ 186 mil que foi devolvida pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Salinas já está conta da Prefeitura de Salinas. O prefeito Kinca Dias, que sacou o cheque no último dia 20 de janeiro, prometeu abrir uma conta específica para guardar o dinheiro.

O presidente da Câmara, vereador André Santana, disse que houve um grande esforço em sua gestão para gerar economias e cortar gastos, possibilitando a sobra de mais de R$ 186 mil ao final de 2015. “Agradeço aos colegas vereadores pela colaboração e ajuda no controle dos gastos”, disse.

André Santana deixou clara a vontade unânime dos vereadores para que a totalidade dos recursos fosse aplicada na construção de um novo cemitério para a cidade. “Com muita dificuldade conseguimos economizar essa quantia e esperamos que o prefeito entenda os anseios dos vereadores e de toda a população e se empenhe na construção do necessário cemitério”, disse André.

Mas, ao receber o cheque, o prefeito Kinca Dias deixou a diplomacia de lado e fez uma afirmação dura e polêmica. “Com esse valor não se compra nem o terreno pra fazer o cemitério”, disse o prefeito, afirmando ainda que o problema para se construir o novo cemitério não é dinheiro e sim o local. “A única área encontrada foi na propriedade de Israel Pinheiro, mas existe um débito com o Banco do Nordeste. Com isso, vamos entrar com a desapropriação da área e depositar o valor em juízo”, informou o prefeito, dizendo ainda que os recursos para a obra serão levantados através de um leilão de três pontos no Mercado Municipal, onde pretende arrecadar R$ 750 mil.

Alguns vereadores, especialmente da Mesa Diretora, não gostaram da fala do prefeito e consideraram que houve menosprezo com o esforço feito para economizar os R$ 186 mil. “O prefeito pode gastar os recursos devolvidos onde quiser. Nós fizemos o que foi possível e estamos apenas indicando onde os recursos devem ser gastos, mas cabe ao prefeito tomar a decisão”, rebateu André Santana, deixando claro que a indicação foi de todos os vereadores.

O vereador Douglas Gomes também não gostou a postura do prefeito. “Ele foi indelicado. Se o dinheiro devolvido não dá pra comprar o terreno, que ele também faça suas economias e junte mais dinheiro para resolver o problema do cemitério, que é urgente”, rebateu Douglas.

O vereador Eilton Santiago também respondeu. “O prefeito achou o dinheiro devolvido pouco, mas fizemos o que foi possível”, disse o vice-presidente, demonstrando descontentamento. “Nós fizemos apenas uma indicação, mas quem tem a caneta na mão é o prefeito. Acho que ele deve pensar direito, pois o desejo é de todos os vereadores”, completou.

O vereador Fernandes Vicente disse que não entendeu o motivo da exaltação do prefeito, pois os vereadores devolveram os recursos que sobraram e fizeram apenas uma indicação onde deve ser gasto. “A indicação foi feita, mas cabe ao prefeito tomar a decisão”, disse.

O vereador João de Deus, líder do prefeito no plenário, elogiou o trabalho da presidência e defendeu o prefeito Kinca. “Foi apenas uma força de expressão do prefeito ao citar o valor devolvido”, disse João.


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Governo investe em captação de água da chuva na região

Barraginhas visam maior qualidade de vida para a população que enfrenta e convive com a seca no sertão mineiro
O Governo do Estado pretende beneficiar mais 4.810 famílias no semiárido mineiro com a construção de 962 pequenas barragens com maior capacidade de captação de água de chuva. A informação é da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Norte (Sedinor), responsável pela execução das ações de enfrentamento à seca.

As pequenas barragens visam captar volume médio de 7 mil a 7,5 mil metros cúbicos de água em 151 municípios compreendidos na área mineira da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O Edital dos projetos deve ser publicado neste mês de fevereiro.

As regiões Norte e Nordeste já contam com aproximadamente 120 barreiros e 872 barraginhas implantadas por meio do programa Água para Todos. Até o final do ano, a Sedinor pretende somar 133 barreiros e 1.736 barraginhas.

As barraginhas vai contemplar 24 municípios mineiros do Norte, dentre eles: Riacho dos Machados, Mato Verde e Rio Pardo de Minas. Já os barreiros, que são reservatórios que armazenam água da chuva que escoa da superfície de uma área pré-determinada, contemplarão 17 os municípios, maioria do Alto Rio Pardo: Fruta de Leite, Novorizonte, Salinas, Taiobeiras, Rio Pardo de Minas, Indaiabira, São João do Paraíso, Ninheira, Vargem Grande do Rio Pardo, Santo Antônio do Retiro e Montezuma.


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Depois de estresse, flagrante é ratificado

Autores do tiroteio em lanchonete e tentativas de homicídios em Taiobeiras são presos
video

Os bastidores da segurança pública pegaram fogo na noite de segunda, 1º de fevereiro. Motivo: a Polícia Militar conseguiu prender dois autores de tentativas de homicídios, mas quando os encaminhou para a Delegacia da Polícia Civil não havia delegado de plantão para lavrar os flagrantes.

O furo chegou à redação do Jornal Folha Regional e a repercussão foi estrondosa, pois de tratava de dois indivíduos de alta periculosidade. Um deles efetuou quatros disparos  de pistola contra dois desafetos dentro da Lanchonete D’Itália, na noite de sexta (29). A tentativa de homicídio foi gravada pelas câmeras de segurança e as imagens viralizaram nas redes sociais. Um das câmeras gravou o momento exato em que as duas vítimas viram o autor e saíram correndo. Uma das vítimas foi baleada na perna e a outra no braço. (veja vídeo).

O mesmo autor, com a ajuda do mesmo comparsa, atirou duas vezes contra um adolescente de 14 anos na tarde do dia 1º de fevereiro. O crime foi na Rua Pedra Azul, bairro Santo Cruzeiro, em frente à portaria do clube AABB. Os tiros acertaram na perna e no braço do menino, que foi socorrido pelo Samu.

Para pegar os dois autores que estavam aterrorizando na cidade, a Polícia Militar de Taiobeiras empenhou o Serviço de Inteligência e suas guarnições, que os localizaram em uma casa abandonada na Rua Canápolis.

Com os autores detidos, restava o flagrante. Depois de muitas ligações, trocas de mensagens e terrível interferência política, uma fonte informou para a reportagem que o delegado regional de Montes Claros foi acionado, até que, por volta das 22h:30min, o flagrante foi lavrado.

Polícia Civil terá mais 1.000 investigadores

Novos investigadores serão empossados no próximo dia 12
A Polícia Civil de Minas passará a contar com mais 1.000 novos investigadores, que foram aprovados no último concurso. A lista completa dos nomeados foi publicada no Diário Oficial do Estado e também está disponível no endereço eletrônico www.acadepol.mg.gov.br.

Os novos servidores vão tomar posse no dia 12 de fevereiro e vão iniciar o curso de formação técnico-profissional na Acadepol, em Belo Horizonte, no dia 15 de fevereiro. Após o curso, os novos policiais civis irão reforçar o trabalho de investigação em todo o estado.


O diretor da Acadepol, delegado Anderson Alcântara, destaca que o curso terá duração de cinco meses. “Após tomarem posse, iremos realizar na Acadepol o curso de formação. Os investigadores serão divididos em 36 turmas, que compõem as disciplinas específicas de acesso ao cargo de investigador”, comenta o delegado.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

PM de Taiobeiras prende traficantes, mas a cidade não tem delegado para fazer o flagrante

PM conseguiu prender os dois autores, mas, até o momento não tem nenhum delegado para fazer o plantão
Escândalo!!!

É inacreditável, mas neste momento dois dos mais perigosos traficantes de Taiobeiras podem ser soltos por falta de delegado em Taiobeiras.

A Polícia Militar, depois de uma grande operação, prendeu no final do dia dois jovens acusados de aterrorizar na Lanchonete D’Itália no último dia 29, quando adentraram no estabelecimento e dispararam quatro tiros contra dois desafetos que estavam lanchando no balcão.

O atentado, gravado pelas câmeras de segurança, foi uma das ações criminais mais ousadas da história de Taiobeiras. Por isso, o comando da PM tratou a ocorrência como prioridade máxima, culminando na prisão dos dois autores, um de 18 anos e outro de 17, capturados em uma casa abandonada na Rua Canápolis.

E na tarde dessa segunda, um dos autores do atentado no D’Itália tentou matar outro desafeto no final da Rua Pedra Azul, bairro Santo Cruzeiro, quando disparou dois tiros contra um menor de apenas 14 anos, acertando o braço e a perna.

Um dos autores saiu de um Centro de Recuperação há menos de um mês, onde cumpriu pena por homicídio, e retornou à Taiobeiras para acertar contas.

Mas, lamentavelmente, neste momento a PM está com os dois autores detidos, mas, conforme a Polícia Militar, não existe delegado para fazer o flagrante, algo escândalo, deprimente, ridículo.

Caso não apareça algum delegado de plantão, os militares terão que soltar os dois indivíduos, tidos como de alta periculosidade.

A situação da segurança pública em Taiobeiras, especialmente da Polícia Civil, é de calamidade. E para piorar a situação, nenhuma autoridade se manifesta diante do caos, não existe ação política, ninguém faz nada.
Nessa segunda (01/02) um menino de 14 anos foi baleado no bairro Santo Cruzeiro

Cemitério embargado em Salinas vira “maternidade” da dengue

Terreno seria o novo cemitério de Salinas, mas depois do embargo foi transformado em depósito de pneus velhos
Enquanto todo o Brasil está preocupado com a proliferação do mosquito da dengue, em Salinas foi criado um perfeito criadouro para o terrível Aedes aegypti, responsável pela transmissão da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.

Inacreditavelmente, a Prefeitura de Salinas transformou o terreno que seria o novo cemitério da cidade em um depósito a céu aberto de pneus velhos. As várias fotos conseguidas pela reportagem são assustadoras, algo quase que inacreditável.


O terreno no bairro São Miguel seria o novo cemitério de Salinas, idealizado pelo ex-prefeito José Prates, mas foi embargado pelo Ministério Público devido irregularidades ambientais.

A reportagem aguarda Nota de Esclarecimento do prefeito de Salinas, Kinca Dias.
Centenas de pneus velhos estão espalhados pelo terreno, se transformando em abrigos perfeitos para o mosquito da dengue

Polícia Rodoviária da região realizará “Operação Carnaval”

Operação Carnaval será entre os dias 05 e 10 de fevereiro
Na manhã do próximo dia 05 de fevereiro, o pelotão da Polícia Rodoviária da microrregião Alto Rio Pardo vai lançar a Operação Carnaval na região. Os trabalhos serão iniciados no Km 05 da Rodovia MG-404, em Salinas.

Conforme Sargento Hoberdan, comandante do Pelotão, a Operação contará com a participação dos agentes do DER, Secretaria Municipal de Saúde e Serviço de Atendimento Médico de Saúde - SAMU.

Durante o período da Operação será lançado diariamente 04 (quatro) viaturas e um efetivo médio de 10 (dez) Militares dia. “O objetivo da Operação é propiciar à comunidade, bem como aos cidadãos visitantes da nossa região e aos usuários das rodovias um clima de segurança e convivência pacífica e harmoniosa”, disse Sargento Hoberdan, ressaltando que a prevenção de acidentes é a maior prioridade.

A operação, que vai até o dia 10 de fevereiro, também visa coibir as infrações, crimes de trânsito e o tráfico de drogas e armas.

sábado, 30 de janeiro de 2016

Bandidos disparam quatro tiros no "point" de Taiobeiras

video

Na noite de sexta 29) foram disparados quatro tiros no principal ponto de encontro da sociedade de Taiobeiras: a lanchonete D'itália. Conforme a Polícia Militar, a motivação dos tiros pode ter envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

A PM informa que ainda não existem pistas dos autores dos disparos. As imagens da câmera de segurança mostram um ambiente tranquilo, quando, de repente, começou a correria e as pessoas saíram desesperadas das mesas.

A ousadia dos bandidos de Taiobeiras é sem precedentes. Eles não escolhem os locais para acatar, não tem o mínimo receio de andar armados e muito menos se importam com a vida dos inocentes.

E para sorte da malandragem, as autoridades, em sua grande maioria, são omissas e covardes, pois fingem que nada está acontecendo.

Situação do Samu no Norte de Minas é preocupante

Prefeitos não comparecem à Assembleia Geral do Cisrun e a situação do Samu no Norte é de crise
Ambulâncias quebradas, falta de recursos, atrasos nos atendimentos e uma enxurrada de reclamações, essa é a atual realidade do Samu no Norte de Minas.

A crise ficou escancarada na Assembleia Geral realizada, no último dia 28, pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun), que gerencia o Samu na região. E para piorar ainda mais o cenário, a Assembleia Geral não atraiu os prefeitos que integram o Cisrun. As presenças foram mínimas. Exemplo foi o prefeito de Taiobeiras, que mandou representantes.

Nem mesmo o anúncio de um aditamento de R$ 7 milhões e liberação de 4 novas ambulâncias para o Norte de Minas foram suficientes para atrair a atenção dos prefeitos dos 86 municípios do consórcio.

Historicamente, as Assembleias do Samu sempre eram prestigiadas pelos prefeitos, já que o serviço é fundamental para todas as cidades. Até então, ninguém soube explicar o esvaziamento da Assembleia. A Assessoria de Comunicação do Samu alegou que devido às condições climáticas, alguns prefeitos não puderam chegar a tempo, mas, em outra reunião da Amams quase a totalidade dos prefeitos estavam presentes.

A pauta da Assembleia era discutir a aprovação do Regimento Interno e, durante a explanação do presidente Kinca Dias, prefeito de Salinas, o que prevaleceu foi a reclamação pela falta de recursos para custear o serviço. Se os 86 prefeitos tivessem comparecidos, Kinca pretendia colocar na pauta um aumento do repasse de contribuição dos Municípios, mas a medida foi prorrogada.

Na ocasião, Kinca anunciou que em breve o prefeito Luís Rocha, de São Francisco, assumirá o comando do Samu, pois irá se afastar para tentar a reeleição em Salinas.

Em resposta, o prefeito Luiz Rocha, vice-presidente do Cisrun, demonstrou muita preocupação com a situação do Samu. “Só espero que quando eu assumir o consórcio tenha recurso no caixa para dar continuidade ao trabalho”, disse o prefeito de São Francisco. 
Prefeito Kinca Dias, de Salinas, anunciou que vai deixar a presidência do Cisrun para tentar reeleição

PM flagra mulher de 53 anos com armas

Revólver e faca estavam na bolsa da senhora de 53 anos
A Polícia Militar de Padre Carvalho, durante patrulhamento pela Rua Santiago, no Centro da cidade, deparou com uma mulher em atitude suspeita. Ao avistar a viatura, a mulher, que não teve o nome revelado, demonstrou nervosismo e foi abordada pelos militares.

Durante a abordagem, os militares pediram que a mulher abrisse a bolsa que carregava, quando foi descoberto que ela portava um revólver calibre 32 e uma faca. A autora não quis revelar por que carregava as armas. Ela foi presa e encaminhada para Delegacia de Polícia.


PM encontra mercadorias roubadas em Curral de Dentro

Após de calçados, militares encontraram rolos de arame
A Polícia Militar de Curral de Dentro, em cumprimento a Mandado de Busca e Apreensão, expedido pela Comarca de Taiobeiras, foi à uma residência da Rua Vereador Batista dos Santos, no bairro Bela Vista, averiguar suspeitas de mercadorias roubadas.

No local, os militares depararam com o autor de 32 anos e encontraram rolos de arame liso, galões de aditivo de caminhões e diversas sandálias, todos produtos de procedência duvidosa.

Ao ser questionado, o autor alegou que os rolos de arame foram adquiridos pelo valor de R$ 100,00 cada e que as sandálias foram conseguidas após o acidente de uma carreta na BR-251.

A mercadoria foi apreendida e o autor encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Taiobeiras.


PM de Taiobeiras pega motoqueiros com maconha

Garupeiro estava com 102 gramas de maconha
Uma Guarnição da Polícia Militar de Taiobeiras estava fazendo patrulhamento na Avenida do Contorno, bairro Sagrada Família, quando os militares depararam com uma motocicleta Yamaha/YBR, cor preta, conduzida por um individuo de 47 anos e com um garupeiro de 18 anos.

Quando os autores avistaram a viatura, ambos se assustaram e tentaram evadir, mas foram abordados. Durante a revista, os militares encontraram com o garupeiro um tablete de maconha, pesando 102 gramas.


Com o condutor da motocicleta, os policiais encontraram R$126,10 e um celular. Os autores foram encaminhados para Delegacia e a motocicleta apreendida. 

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Ajudem a combater a dengue


Copasa explica desabastecimento em Salinas

Peça de 400mm só foi encontrada em Belo Horizonte
Em entrevista ao Jornal Folha Regional, o engenheiro de Produção e Operação da Copasa de Salinas, Felipe Marchisotti de Souza, explicou o motivo da falta de água na cidade de Salinas desde às 12 horas de terça-feira, 25 de janeiro. “Tivemos problema com uma peça da adutora na estação de captação, que rompeu com a pressão, e a peça de 400 milímetros só foi encontrada em Belo Horizonte”, explicou Felipe.

A peça chegou à Salinas ontem (27/01), por volta das 11 horas e a troca foi finalizada às 19 horas, quando a captação e o tratamento foram reiniciados. “A cidade consome seis milhões de litros por dia e por isso o abastecimento não foi normalizado totalmente”, explicou Felipe, informando que hoje por volta da meia noite a água deve chegar a todas as residências, para isso vai operar até no intervalo de ponta da Cemig, das 18 às 21 horas.


Felipe também explicou que inicialmente a água chega com a cor amarelada devido à oxidação da tubulação sem água, mas água está devidamente tratada. “As pessoas podem dar descarga na rede até a coloração voltar ao normal, mas a água é potável”, garantiu.

Samu ganha 24 ambulâncias

Das 24 ambulâncias distribuídas, duas serão para a região Alto Rio Pardo
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou no dia 27, em Belo Horizonte, 24 ambulâncias a 11 municípios e três consórcios de saúde, que contam com o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

Fernando Pimentel destacou os recentes convênios assinados por ele para implantar Samus regionais em Minas Gerais. “Esse carinho que temos com o Samu nos levou, nesse primeiro ano, a ter uma preocupação em renovar as frotas”, disse Pimentel. “Aos poucos, nós vamos chegar com atendimento do Samu aos 853 municípios de Minas Gerais”, completou.

Das 24 ambulâncias distribuídas, o presidente do Cisrun, consórcio que controla o Samu no Norte de Minas, prefeito Kinca Dias, informou que duas serão para a região Alto Rio Pardo, sendo uma para Salinas e outra para Taiobeiras.

Hoje, a frota dos Samus Regionais e Municipais existentes no Estado é de 246 ambulâncias. Para distribuir mais 24 ambulâncias, o Ministério da Saúde investiu R$ 3,3 milhões.


quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Prefeito Kinca envia Nota sobre morte de andarilho

A Assessoria de Comunicação do prefeito de Salinas, Kinca Dias (PT), encaminhou Nota de Esclarecimento para o Jornal Folha Regional sobre o acidente que vitimou o andarilho Aristides na noite do dia 23 de janeiro.

A Nota informou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Macro Norte é um ente estadual gerenciado pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (CISRUN), situado na cidade de Montes Claros, e, como já explicado pela diretora do SAMU, Dra. Kely Cristina de Moura, “a ambulância que atende a Unidade de Salinas apresentou um problema mecânico que impossibilitou que o veículo chegasse até o local do acidente”, sendo este o real motivo do deslocamento da ambulância de Taiobeiras.

O prefeito, que também é o Presidente do CISRUN, aproveitou para anunciar que, na manhã dessa quarta (27) “recebeu novas ambulâncias para o SAMU Macro Norte, onde serão destinadas 1 (uma) ambulância para a Unidade de Salinas e 1 (uma) para a Unidade de Taiobeiras”.

Por fim, Kinca disse que “a Administração Inovação e Participação busca sempre um atendimento universal e equânime a toda população conforme os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e está aberto para esclarecimentos dentro daquilo que é de sua inteira responsabilidade”.
Anexo à Nota de Esclarecimento, prefeito Kinca encaminhou foto que registra o recebimento de novas ambulâncias para o Samu

Nível da barragem de Salinas subiu 4,1 metros

Faltam 2,1 metros para as águas atingirem o nível máximo da barragem. Foto: Ascom Salinas
Depois do pior período de seca dos últimos 50 anos, a barragem de Salinas volta a receber grande volume de água. O nível do açude baixou 6,2 metros no auge da seca, quando estava sendo retirado cerca de 6 milhões de litros por dia para atender as cidades de Salinas e Taiobeiras.

Com a chegada do período chuvoso, a primeira medição que constatou aumento do nível foi em 18 de janeiro, quando subiu 20 centímetros, isso depois de uma chuva de 52 milímetros registrada no dia 16 de janeiro, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). No dia 21 de janeiro o nível subiu 70 centímetros. Já no dia 25, o aumento foi de 2,17 metros, quando totalizou aumento de nível em 3,07 metros. No dia 22 de janeiro foi registrada outra chuva de 52 milímetros em Salinas, conforme o INMET.

Na tarde dessa quarta (27) a Prefeitura de Salinas divulgou uma nova medição do nível, com aumento de 4,1 metros do nível. Conforme o prefeito Kinca Dias, faltam 2,1 metros para que as águas cheguem no nível da tulipa, fato que aconteceu pela última vez no ano de 2010.

Do dia 1º de janeiro até tarde dessa quarta (27) a estação do INMET em salinas registrou 321 milímetros de chuvas.